Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Pesquisa mostra que 40% das cidades do país não investiram na folia

Levantamento da Confederação Nacional de Municípios comprova que a privatização do carnaval é fato


postado em 22/02/2020 04:00

(foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)
(foto: Túlio Santos/EM/D.A Press)

Este ano, o carnaval, a maior festa popular do Brasil, não foi tratado como prioridade na pauta de investimentos de lazer em grande parte das cidades do país. De acordo com pesquisa realizada pela Confederação Nacional de Municípios, cerca de 40% das prefeituras, devido à crise financeira, decidiram não aplicar verbas de qualquer porte em eventos carnavalescos. Preferiram destinar os recursos às áreas de saúde, educação e infraestrutura. Consequentemente, mesmo sem querer, aderiram ao escopo político do ministro da Economia, Paulo Guedes. Transferiram para a iniciativa privada a importante missão de bancar os festejos de Momo. Por falta de dinheiro, privatizaram o carnaval.

• • • 

Além das prefeituras que realocaram para setores prioritários o dinheiro do carnaval, houve o grupo dos municípios que alegaram não ter investido nesses festejos por absoluta falta de recursos, ou seja, cofres vazios, dívidas a vencer, quebradeira total. Obviamente, não será por isso que o carnaval deixará de acontecer nos 5.568 municípios do país. O povo se encarregará de bancar a folia. É a privatização popular. Salve, rei Momo.! E estamos conversados.

CAPITALISMO
ADVERTÊNCIA SÉRIA

O sociólogo paulista José de Souza Martins, às vésperas do carnaval, quando o brasileiro abre a bolsa e manda brasa (mesmo com pouca grana), advertiu que o capitalismo no Brasil foi feito só para ganhar e não para construir. Unicamente para ter lucro e nada mais. O tempo do capitalismo no Brasil não é o tempo histórico, tempo social ou tempo de avanços, mas o tempo breve do lucro imediato e do desdém. Se queimar a Amazônia der lucro, vamos em frente. Destruir a floresta não interessa, o que interessa é lucrar. E vocês, o que acham?

MARÇO
SAÚDE DA MULHER

Em 8 de março, comemora-se o Dia Mundial da Mulher, decretado pela ONU. Para aproveitar a deixa, a direção da Associação dos Ginecologistas e Obstetras de Minas Gerais (Sogimig) lançará a campanha Saúde da Mulher por Toda a Vida. O objetivo, segundo o presidente da entidade, Délzio Bicalho, é alertar o público feminino para a necessidade de adotar cuidados especiais, pois a mulher passa por diversos ciclos – menstruação, gravidez, contracepção, menopausa, pós-menopausa, etc. Pelo sim, pelo não, elas devem estar sempre alertas. Várias ações serão empreendidas pela Sogimig nesse sentido.

BARTUCADA
MILHARES NA COLA

O bloco carnavalesco Bartucada, fundado em Diamantina há cerca de 50 anos, resolveu emigrar para Belo Horizonte e acabou fazendo um sucesso danado devido, principalmente, à sua eficiente bateria. Em 2019, a apresentação do bloco na Avenida Brasil atraiu cerca de 300 mil foliões. Este ano, vai desfilar no mesmo local, na terça-feira, a partir das 14h. A expectativa da direção é reunir 500 mil foliões. Exageros à parte....

IRÃ
XÁ NO PODER

Em 22 de fevereiro de 1921, o general Reza Kahn, em um golpe de Estado, tomou o poder no Irã. Mais tarde, ele se proclamou o primeiro xá da Pérsia da dinastia Pahlavi. Modernizou o Irã e foi sucedido em 1941 pelo filho, Mohammed Xá Reza Pahlavi, que implantou autocraticamente medidas de modernização e perdeu o comando do país para o aiatolá Khomeini. Desde então, o Irã virou fonte de preocupação para o Ocidente devido ao governo ditatorial religioso, antiamericano e anti-Israel. Está caminhando para ter a bomba atômica. A primeira figura a alertar os Estados Unidos e o mundo sobre o radicalismo islâmico do Irã foi um mineiro, o embaixador Hugo Gouthier, amigo íntimo do xá Reza Pahlavi e da imperatriz Soraya.

FLÓRIDA
NEGÓCIO DE OCASIÃO

Uma das maiores vendas a preço de ocasião na história do planeta foi registrada em 1819, quando o reino da Espanha, dono de toda a península onde se encontra hoje a Flórida, vendeu o belo território aos Estados Unidos pela bagatela de US$ 5 milhões. O negócio foi fechado na data de hoje, 22 de fevereiro. A primeira providência dos americanos foi expulsar os índios seminoles que viviam naquela região há 40 mil anos. Em seguida, foram civilizando o território, onde plantaram algodão e laranjais, construíram a Disney World, a base de lançamentos da Nasa e apartamentos para brasileiros e latino-americanos morarem em Miami, que se transformou na nova colônia luso-espanhola nos EUA.

EXPANSÃO
DIAMOND MALL

A respeito da nota da coluna sobre a expansão do Diamond Mall, que ganhará mais um andar e 49 lojas, a ampliação será feita onde funciona o estacionamento superior do shopping. Essa transformação dá a entender que em vez de um novo andar, o Diamond deve ganhar dois. Um para as novas lojas e outro para estacionamento. Com a ampliação, o Diamond passará a contar com 218 lojas.

COOPERAÇÃO
CASO ÚNICO

No lançamento do plano estratégico envolvendo Minas Gerais e Espírito Santo, realizado na Federação das Indústrias de Minas Gerais, o governador capixaba, Renato Casagrande, lembrou que a iniciativa é inédita no país. O projeto prevê ações conjuntas nos setores econômico, agrícola, financeiro e de obras viárias. Não há exemplo de dois estados que tenham se unido para defender metas e propósitos. A prática sempre foi de concorrência. Um querendo engolir o outro.

PROMOÇÃO
CÔNSUL RUI ALMEIDA

O cônsul de Portugal em Minas Gerais, Rui Almeida, recebendo cumprimentos em BH por sua recente promoção a ministro-conselheiro de embaixada, o que o coloca funcionalmente apenas a um posto abaixo do cargo de embaixador. Portanto, é quase certo que o diplomata, agora ministro-conselheiro, quando for removido de BH poderá sair daqui promovido a embaixador, seja lá qual for a representação para a qual for designado.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade