Publicidade

Estado de Minas

Universidade Federal de Minas Gerais comemora seus 92 anos

Na segunda-feira, solenidade vai homenagear o primeiro reitor da instituição, Francisco Mendes Pimentel


postado em 07/09/2019 04:00 / atualizado em 06/09/2019 22:27

(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
(foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)

UFMG
NÍVER DE 92 ANOS

A Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), que tem como reitora a professora Sandra Goulart Almeida, promove, na segunda-feira, solenidade comemorativa de seus 92 anos. Foi criada em 7 de setembro de 1927, quando Antônio Carlos Andrada comandava Minas Gerais. A primeira universidade federal do Brasil foi a do Rio de Janeiro, criada em 7 de setembro de 1920 pelo presidente Epitácio Pessoa. Voltando à UFMG, na comemoração dos 92 anos vai haver conferência do diretor da Faculdade de Direito, Hermes Guerrero, sobre o primeiro reitor da universidade, o famoso professor Francisco Mendes Pimentel. Na solenidade, será entregue a Medalha Mendes Pimentel a ex-alunos que se destacaram nas respectivas carreiras.

MULHERES
ATÉ FREUD!

Dizem os chineses que existem apenas três tipos de homens que não entendem as mulheres: os jovens, os velhos e os que se encontram entre essas faixas de idade. Pois bem. Quinta-feira, estreou em circuito mundial o filme alemão A tabacaria, em que é focalizada a vida do fundador da psiquiatria, Sigmund Freud. Passagem interessante é quando um jovem conhecido de Freud vai lhe pedir conselho sobre como poderia impressionar favoravelmente a mulher que deseja conquistar. Aí Freud, o desvendador da mente humana, diz humildemente ao rapaz: “Você vai me desculpar, mas não lhe posso dar um conselho válido, porque as mulheres fogem ao meu entendimento. Não dá para fazer qualquer previsão. Posso lhe esclarecer centenas de dúvidas sobre a mente humana, mas sobre as mulheres, nada feito”. Pois é. Manobras da mente masculina para entender as mulheres vêm sendo testadas há centenas de anos, sem êxito. E não adianta insistir.

SETE DE SETEMBRO
E LÁ VAMOS NÓS

Hoje completam-se 197 anos da independência do Brasil de Portugal. O país continua progredindo, malgrado seus homens públicos. País de enormes diferenças sociais, ainda está para ser entendido por seus dirigentes. Sua classe política, herança colonialista, permanece formada por homens situados entre os mais corruptos do mundo. Mantemos expressiva taxa de natalidade, em que pese a queda contínua dos índices, provocada por dificuldades econômicas. Em 1950, o Brasil tinha 52 milhões de habitantes. Hoje, são 210 milhões. Aumento nada desprezível em 70 anos. Os serviços públicos não conseguem atender a população.

***

O Brasil é o quarto país do mundo em extensão territorial contínua e o quinto em população. São números grandiosos. Mas o patriotismo atual do brasileiro não se coaduna com eles. Parte da classe dirigente acha que é progresso tacar fogo nas florestas e exterminar indígenas. Enormes áreas continuam pouco povoadas, paralelamente ao crescimento desordenado das grandes cidades. Enfim, como diria o professor Chico Leite, nada pode ser totalmente perfeito. Este 7 de Setembro seria o dia de cuidar do patriotismo, mas o pessoal está achando ruim a data ter caído no sábado. Não dá para viajar...

MÁRIO PENA
GALA BENEFICENTE

Em 21 de setembro, os salões do Automóvel Clube vão ser agitados pelo 1º Baile de Gala Beneficente promovido pelo Instituto Luiz Jabbur, com renda em favor do Hospital Mário Pena. O instituto é uma conhecida clínica de medicina ortomolecular. A entidade Voluntárias do Mário Pena (Volmape) colabora. Durante a festa, haverá um grande leilão beneficente. Show da cantora Jess. Música da Banda Lagum. Jantar bistrô da cozinha do clube, comandada pelo chef Nélio. DJs Ana Jablonski e Vinicius Amaral.

EFEMÉRIDES
SETEMBRO

De acordo com entendidos na biografia de Santos Dumont, o inventor mineiro teria feito em 7 de setembro de 1906 o primeiro voo com sucesso do 14-Bis, fato ocorrido no Parque de Bagatelle, em Paris. Já autores de biografias mais técnicas dizem que o voo de setembro teria fracassado. O primeiro voo com sucesso foi em 23 de outubro.

***

Em 7 de setembro de 1961, o vice-presidente Jango Goulart tomava posse, em Brasília, no cargo de presidente do primeiro regime parlamentarista da República. O primeiro-ministro era o mineiro Tancredo Neves. Em 1964, Goulart foi derrubado. O regime militar duraria 21 anos.

DESIGN FEMININO
PALESTRA

A programação paralela em torno da mostra Beleza em movimento – Ícones do design italiano, na Casa Fiat de Cultura, vai ter continuidade em 11 de setembro, às 19h30, com a palestra da designer Coral Michelin, do Stituto Europeo di Design. Ela vai abordar um tema interessante: o do papel das mulheres no mundo do design. Madame Michelin defenderá a tese de que o futuro do design é feminino. Não há por onde escapar. As mulheres vão dominar. A coluna não duvida disso.

PRENOMES
SILVA/SANTOS/SOUZA

No que toca aos nomes da brasileirada, dados do último censo realizado pelo IBGE indicam que a predominância do Silva estaria sendo ameaçada pelos avanços dos sobrenomes Santos, Souza e Oliveira. Como não há mais listas telefônicas para marcar a presença massacrante do sobrenome Silva, a constatação só pode ser feita por meio de informes do IBGE. O assunto não é de alta relevância, mas desperta curiosidade. Outro detalhe interessante é o aumento dos nomes extravagantes entre o pessoal de menor renda. Como não custa nada registrar um nome diferente, esquisito, colorido e exótico, o pessoal manda brasa.

TOP ENGENHARIAS
PREMIAÇÃO DE 2019

A Associação dos Ex-Alunos da Faculdade de Engenharia da UFMG, uma das mais ativas entre as sociedades de anciens elèves da universidade, promove em 12 de setembro a entrega do 12º Prêmio Top Engenharias. A distinção é dada á profissionais e empresas que têm se destacado no setor. Entre os agraciados deste ano estão o engenheiro Miguel Safar, presidente da Concreto Engenharia, Maria Virginia Schettino, presidente da TSA Tecnologia, e Maria Tereza Aguilar, professora da Escola de Engenharia da UFMG. O presidente da associação é o engenheiro Bernardo Abrão. Consuelo Bethônico é a diretora cultural.

UNA BH
PRÁTICAS JURÍDICAS

O Centro Universitário UNA inaugurou, em sua unidade do Barreiro, o quarto Núcleo de Práticas Jurídicas. Foi criado com a finalidade de fornecer atendimento jurídico gratuito à população de baixa renda. Integrantes do núcleo vão atender em duas áreas: conciliação e contencioso cível, quando não há acordo entre as partes. Outros centros funcionam nas unidades Aimorés, Contagem e Betim, das 14h às 17h30. Eliminam despesas com honorários advocatícios.


Publicidade