Publicidade

Estado de Minas

Mário Fontana


postado em 07/08/2019 04:00




A reitora do Skema Brasil em BH, madame Geneviève Poulingue, com o diretor acadêmico do Skema, José Antônio de Souza Neto (foto: Jair Amaral/EM/D.A. Press)
A reitora do Skema Brasil em BH, madame Geneviève Poulingue, com o diretor acadêmico do Skema, José Antônio de Souza Neto (foto: Jair Amaral/EM/D.A. Press)


Energia elétrica
Seminário Nacional em BH

O superintendente de Planejamento e Operação de Geração e Transmissão da Cemig, Nelson Marques Araújo, será o coordenador geral do 25º Seminário Nacional de Produção e Transmissão de Energia Elétrica, a se realizar em Belo Horizonte, de 10 a 13 de novembro deste ano, evento que, durante quatro dias, fará da capital mineira o maior polo de debates e análises sobre a energia elétrica no país. O encontro, que se realiza de dois em dois anos, reúne dirigentes, técnicos e demais profissionais do setor de energia elétrica para discutir as atividades técnicas e de gestão de uma área cujo desempenho se torna cada vez mais complexo. Convidados internacionais também participarão do seminário. Acredita-se que um dos assuntos a serem abordados de maneira extracurricular será o da privatização da Eletrobras.

Sem Gil
Estreia na Pauliceia

A imprensa paulista, desde o início da semana, vem focalizando, em seus menores detalhes, a estreia a ocorrer hoje no Teatro Alfa, em São Paulo, do espetáculo do balé anual do Grupo Corpo, que ganhou o nome de Gil, em homenagem ao autor da trilha da coreografia, o cantor e compositor Gilberto Gil. Anote-se que Gil não irá assistir à apresentação, já que se encontra em turnê artística na Europa, onde tem dado entrevistas seguidas sobre a trilha de 44 minutos que compôs para marcar a performance do Grupo Corpo no seu 44º aniversário no campo de batalha do bailado nacional. E, na rebarba, no internacional. Estreia feita, fica-se então à espera dos comentários da crítica sobre o espetáculo.

Felício Rocho/Hôpitaux de Paris
Cooperação internacional

No próximo dia 29, diretores do Hospital Felício Rocho e o representante da Assistance Publique – Hôpitaux de Paris, entidade que representa os hospitais públicos de Paris, por sinal o médico brasileiro Fabiano Perdigão Cotta, assinarão em Belo Horizonte, na sede do Felício Rocho, um convênio de cooperação internacional que permitirá aos médicos da instituição mineira a possibilidade de aproveitar os serviços de referência existentes nos hospitais públicos da capital francesa, ligados à Universidade de Paris. O objetivo do acordo é contribuir de forma direta para a capacitação dos médicos brasileiros por meio de um intercâmbio financiado pelo governo francês. A primeira medida prática do convênio, que terá a duração de três anos, será a ida à França da médica Juliana Papatella Araújo, do Serviço de Gastroenterologia do Felício Rocho, para um estágio de um ano no Hospital Universitário de La Pitié-Salpetrière, considerado o maior hospital da Europa em transplante hepático.

Coleguium
Alunos bilíngues

A Coleguium, rede de ensino de BH que faz parte do grupo Eleva Educação, eleita uma das 10 melhores cadeias de colégios do país, está em preparativos para inaugurar, no ano que vem, na Cidade Nova, a sua terceira escola de programação bilíngue. Duas já estão em funcionamento, no Belvedere e no Buritis. Trata-se de educar o aluno com aulas em que, além do português, ele é submetido à língua inglesa desde a infância. Resultado, o garoto sai falando inglês e português com toda a naturalidade. O investimento do Coleguium no setor é de R$ 6,5 milhões.

Santa Helena
O fim de Napoleão

A propósito das comemorações dos 250 anos de nascimento de Napoleão Bonaparte, a ocorrerem no próximo dia 15, na França, completam-se na data de hoje os 204 anos do fim da era napoleônica no mundo, primeiramente com a derrota definitiva de Napoleão na batalha de Waterloo, em junho de 1815; em seguida, o seu embarque, em 7 de agosto do mesmo ano, em um navio de guerra britânico, que o levou para o exílio na ilha de Santa Helena, perdida no meio do Atlântico. Da ilha, Napoleão só sairia morto. Até hoje dizem que os ingleses o envenenaram com arsênico. Paris já entrou em movimentação para os festejos dos 250 anos.

Grupo Softbank
Investimento em jornal

O poderoso grupo japonês Softbank, que recentemente injetou R$ 760 milhões no Banco Inter, da família Menin (MRV), em Belo Horizonte, do qual adquiriu 8% em ações, com US$ 100 bilhões em caixa para investimentos continua a desencadear novas transações em todo o mundo. O último negócio de destaque que realizou no setor internacional foi a compra do controle do jornal norte-americano USA Today, o segundo em circulação no país. O investimento foi de US$ 1,4 bilhão, por meio da compra da Gannet, a editora do jornal, feita pela GateHouse Media, braço do SoftBank para o setor de imprensa.

Caetano
Velinhas aos 77

O tempo passa, o tempo voa. Caetano Veloso, um dos Novos Baianos, já não tão novo assim, marcha firme para os 80 anos. Completa hoje 77 anos. Dois machados, como diria o Tomé Palhares. Oriundo de Santo Amaro, o jovem Caetano Emanuel Viana Teles Veloso já pintou e bordou em sua carreira de cinco décadas na música popular brasileira. E, pelo que se vê, ainda tem bala na agulha para continuar fazendo barulho por aí.

BDMG
Agenda 2030

O membro do Conselho do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) André Soares e a coordenadora do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Samantha Dotto Salve, serão dois dos palestrantes especiais convidados pela direção do Banco de Desenvolvimento de Minas Gerais e pela Fundação João Pinheiro para participar do encontro Monitoramento e Avaliação no Âmbito da Agenda 2030, a se realizar sexta-feira, na sede do banco. No seminário, serão discutidos indicadores e medidas de desempenho visando à eficácia de políticas de desenvolvimento com a chamada Agenda 2030. Para esclarecimento dos leigos, a Agenda 2030 é um conjunto de programas estabelecido pelas Nações Unidas em favor do desenvolvimento sustentável, que deverá ser implementado até o ano 2030.

Casa & Vídeo
Retorno a BH

A rede de lojas de artigos eletrônicos carioca Casa & Vídeo, de volta ao mercado desde 2009, em fase de expansão, acaba de anunciar seu retorno a Minas Gerais. Prepara-se para inaugurar, ainda este ano, uma loja em Belo Horizonte. Fará o mesmo em Juiz de Fora. A Casa & Vídeo foi líder por muito tempo do mercado fluminense, antes de entrar em recuperação judicial. Volta a atuar também em São Paulo e no Espírito Santo.

BH
Insistência

Conhecido empresário de BH, superativo em seus três campos de ação, está sendo cutucado insistentemente por amigos e admiradores para se candidatar a prefeito de Belo Horizonte nas eleições de 2020. Como o ambiente anda meio morno, ele ainda está em dúvida. O seu único empecilho, diz ele, é que tem pavio curto. Apesar de mineiro, não gosta de tergiversar. Tudo bem.

Tim no Sudeste
Nova dirigente

É mineira de Sete Lagoas a nova superintendente da TIM para a região Sudeste do país. Trata-se da bonita executiva Jaísa Gontijo. Antes, ela atuou no Trade Marketing da empresa e foi a responsável pela estratégia nacional de comunicação na matriz da TIM. As mulheres avançam.


*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade