Publicidade

Estado de Minas

Mário Fontana


postado em 04/08/2019 04:00


 
MARROCOS 
DATA NACIONAL

O cônsul honorário do Marrocos em Minas Gerais, Alfred Parish Júnior, chefiou a delegação de mineiros que participou, em Brasília, do vin d'honneur oferecido pelo embaixador marroquino Nabil Adghoghi para comemorar o dia nacional de seu  país, registrado na data do aniversário da ascensão ao trono do rei Mohammed VI. A celebração ocorreu na residência do embaixador com a presença de mais de 200 convidados, entre figuras do mundo oficial e corpo diplomático. No grupo, o presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Dias Toffoli, bastante sorridente e tranquilo.

RESTAURANTES 
ECOS DA GASTRONOMIA

Na opinião da crítica gastronômica internacional, a escolha do Mirazur, na tranquila cidade de Menton, como o melhor do mundo em 2019 pela revista inglesa The Restaurant, significou tanto a ressurreição da cozinha francesa da província quanto da cozinha gaulesa em geral. Há muito tempo os franceses não figuravam no topo da lista.

>>>

A indicação do paulista A Casa do Porco como o melhor do Brasil (ficou em 39º lugar entre os 50 destaques mundiais) significa a ressurreição da carne suína, injustamente vilipendiada. A carne de porco é mais saudável do que a de boi. E porco não exige pastagens, que destroem as matas. O chef Alex Atala, continuou despencando. Mas com a cabeça erguida.

GONGO SOCO 
FESTA DE SANTANA

O fazendeiro e globe trotter Franklin Bethônico,  mantendo a tradição de muitos anos, promoveu em sua Fazenda Gongo Soco, em Barão de Cocais, festividades em homenagem a Santa Ana, mãe de Nossa Senhora e padroeira da propriedade. Houve missa em ação de graças na capela construída em pedra há mais de 200 anos, seguida de almoço no gramado ao lado da casa grande, com patos e perus no cardápio.

>>>

A cerimônia religiosa serviu também para agradecer pela normalidade na região, que enfrentou a ameaça do rompimento de barragens. No grupo de participantes, os numerosos integrantes da família Bethônico chefiados por dona Inês, a matriarca de 96 anos. Para não faltar ao costume, houve desfile do imponente grupo de pavões da fazenda, colaborando para a decoração.

ACIDENTES
BRASIL CAMPEÃO

O recente relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS) sobre acidentes de trânsito em 2018 informou que os dois países mais populosos do planeta, Índia e China, ficaram, respectivamente, em primeiro  e segundo lugar no ranking de colisões mortais. A Índia registrou 150.785 mortes; a China, 58.022. Dá para entender. No entanto, o Brasil entrou em terceiro lugar na lista global, com 38.651 mortos, fato que, proporcionalmente à população, daria ao país o primeiro lugar mundial (mutatis, mutandis, claro). Fato constrangedor, mas que não é de espantar. Em 2018, 35.651 pessoas morreram em acidentes nos Estados Unidos. Isso numa população de 316 milhões de habitantes, que conduz a maior frota de veículos do mundo. Enfim, trocando em miúdos, a situação brasileira é trágica. Para piorar, os jovens são a maioria das vítimas.

VEÍCULOS
SEGURANÇA ABRANGENTE

No que toca aos itens de segurança que o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) passará a exigir dos novos carros fabricados no Brasil – air bags laterais, controle automático de tração e estabilidade, sinal de frenagem automática –, a direção da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea) fez uma observação muito justa. Afirmou que não basta exigir novos equipamentos para reduzir os desastres. É preciso melhorar o sistema viário, recuperar o piso das estradas, melhorar e ampliar a sinalização, duplicar pistas de rodovias, criar acostamentos. Se não houver melhorias nas estradas, nada feito.

BANCOS
INSISTINDO NO REMÉDIO

Embora o lucro dos grandes bancos brasileiros esteja sempre aumentando (17,3% no segundo trimestre), muitas vezes batendo recordes, programas de corte de gastos nunca faltam. Desde 2016, foram fechadas 1.959 agências no país. Com isso, aumentou o número de municípios sem agência bancária. Em 2018, eles somavam 2.224, mas esse total subiu para 2.545
 no início deste ano. O Banco Central precisa trabalhar para imprimir maior estabilidade à área. Com agências extintas, milhares de funcionários se tornam desempregados e a população perde acesso a importantes serviços. Perdem os dois lados, 
ganham os bancos.

BRACHER
QUEM DERA...

Por falar em banco, turistas paulistas passeando por Ouro Preto nas férias de julho, apresentados ao pintor Carlos Bracher, morador da cidade, perguntaram se ele é parente de Candido Bracher, presidente do Itaú Unibanco. Resposta meio desconsolada: “Quem dera, quem dera...”. A propósito, Candido revelou que uma das metas do Itáu para este ano é realizar um grande programa de demissão voluntária, que deve atingir 6.900 funcionários. Ou mais.

PORTUGAL
INVASÃO BRASILEIRA 

Pode ser efeito da crise econômica. Certo é que 2018 registrou aumento fora do comum do número de brasileiros registrados oficialmente como residentes em Portugal. Em 2017, eles eram 85.426, total que subiu para 105.423 em 2018. Alta de 13%. Outro detalhe interessante: o número de brasileiras com essa permissão é de 62.575, contra 42.848 homens. Não é preciso dizer que há expressiva presença de mineiros nos dois grupos.

LA TRAVIATA
DANCING DINNER

Lilian Furman volta a atacar. Marcou para 9 de agosto, sexta-feira, seu jantar dançante mensal, a acontecer ancora una volta no La Traviata. Desta vez, o menu da noite ficará a cargo do conhecido chef Mauro Bernardes. Assessoria musical de Ênio Bretas. Trilha sonora dos anos 1980 e 1990. En tenue sportif.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade