Publicidade

Estado de Minas

Mário Fontana


postado em 31/07/2019 04:00




Dayhana Nicolete, a primeira-dama de BH, Ana Laender, Toninho Rafaelli e Zé da Nica na visita da esposa do prefeito Alexandre Kalil à Feira de Malhas do Sul de Minas(foto: Cristina Lima/Divulgação)
Dayhana Nicolete, a primeira-dama de BH, Ana Laender, Toninho Rafaelli e Zé da Nica na visita da esposa do prefeito Alexandre Kalil à Feira de Malhas do Sul de Minas (foto: Cristina Lima/Divulgação)


A Cia Athletica, de Eduardo Guarani, está comemorando seus 15 anos de funcionamento em BH, com um quadro de 2 mil praticantes, que de manhã, à tarde e à noite enchem o espaço no Diamond Mall. Outro motivo para festejar é que a Athletica hoje é a terceira maior academia em faturamento do estado. Vai passar por uma completa remodelação.

Minas Gerais
Ouro para o Brasil

Em Minas Gerais, no final do século 18, quando se desenrolou o episódio da Inconfidência Mineira, o ouro teria começado a escassear nas minas que eram exploradas avidamente pela Coroa portuguesa, dando a entender que as reservas auríferas do estado caminhavam para a extinção. No entanto, ao que parece, transcorridos perto de 250 anos, contrariando todas as estimativas, Minas continua produzindo ouro para o Brasil. A mineração intensiva permanece, só que agora os poderes coloniais são outros. Tanto que os 720 quilos de ouro em barras que os ladrões roubaram dos caminhões da Brinks, no aeroporto de Guarulhos, só podiam ser provenientes do estado. Foram extraídos da mina que a multinacional canadense Kinross explora no município de Paracatu, no Noroeste de Minas, dona na região da maior mina de ouro a céu aberto do país. Decididamente, as nossas reservas parecem inesgotáveis. Entre ano, sai ano, ingleses, canadenses, americanos e sul-africanos continuam a arrancar ouro das Minas Gerais. Em 2018, a Kinross extraiu 14,7 toneladas da mina de Paracatu. E assim caminha a humanidade.

Tiradentes 2019
Cultura e Gastronomia

Vem aí o tradicional Festival Cultura e Gastronomia Tiradentes 2019, a ocorrer de 23 de agosto a 1º de setembro, dentro de sua agitada programação culinária e artística. Para este ano, a organização do badalado evento informa que o setor de atrações gastronômica será formado por mais de 200 atrações. Os nomes dos chefs convidados e demais detalhes da programação serão divulgados a partir da próxima semana. Obviamente, vão acontecer novidades.

TSE
Posse de Velloso Filho

Será amanhã, em Brasília, a solenidade de posse do advogado Carlos Mário Velloso Filho no cargo de juiz substituto do Tribunal Superior Eleitoral, primeiro ato a se registrar na corte na volta do recesso forense. Velloso Filho entra no lugar de Sérgio Silveira Banhos, que foi nomeado ministro titular do tribunal. Amigos de BH da família Velloso deverão estar presentes à posse, a ter lugar às 18h30, na sede do TSE.

Salas VIP
Aeroporto de Confins

O aeroporto internacional de Confins vai inaugurar no capricho (como diria um narrador esportivo) duas salas VIP, projetadas pelo arquiteto Índio da Costa, que aumentarão expressivamente o conforto de passageiros de voos internacionais e domésticos que tiverem direito a esse privilégio extra. Entra em funcionamento este mês o VIP Lounge International, com área de 350 metros quadrados (m2), 68 lugares, barman, bebidas, finger food, chuveiros, ar-condicionado e outras comodidades. Já o VIP Lounge doméstico, com área de 450m2, terá espaço para 150 passageiros, com 24 horas de funcionamento. As duas salas foram instaladas em ação conjunta com a Ambaar, a mesma empresa que administra as salas VIP  do aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

BB
No vaivém

Decididamente, não há política mais submetida a caprichos climáticos da economia do que a praticada pelo Banco do Brasil no atendimento à sua clientela. Há cerca de 15 anos, a direção do banco disparou a abrir agências, a fim de competir com bancos privados, como o Itaú e Bradesco. Já em 2016, em medida meio violenta, começou a fechar agências para poupar despesas. Em 2017, fechou 402 agências, transformou 394 em postos de atendimento, ampliou atendimento digital, reduziu jornada de trabalho e demitiu funcionários. E foi em frente. Agora, acaba de anunciar novo programa de desligamento voluntário de funcionários, transformação de 333 agências em posto de atendimento e mais fechamento de agências. Se continuar assim, os 96.567 atuais funcionários do banco vão mergulhar num estresse dos diabos. Qual será o futuro?

MRV/TJMG
Jovens aprendizes

As diretorias do Tribunal de Justiça de Minas Gerais e da construtora MRV Engenharia assinaram ontem pela manhã convênio de cooperação pelo qual o tribunal passará a utilizar temporariamente o serviço de 100 aprendizes que fazem parte da cota do grupo de menores aprendizes da construtora. O jovens serão contratados para execução de serviços nas várias judiciárias da Região Metropolitana de Belo Horizonte. O grupo é formado por jovens entre 14 e 24 anos, que têm assim facilitada a sua inserção no mercado de trabalho.

Gramado
Curta mineiro

O 47º Festival de Cinema de Gramado 2019, o mais antigo do país, a ter início em 16 de agosto, na categoria dos curtas-metragens, vai contar com a produção mineira Teoria sobre um planeta estranho, de Marco Antônio Pereira. Na categoria dos longas, a produção nacional que promete atrair a atenção do público com mais intensidade será mesmo o filme Hebe – A estrela do Brasil, sobre a saudosa apresentadora de TV Hebe Camargo, que também era cantora. Segundo os críticos, em matéria de filmes empolgantes, o festival deste ano está fraco. Mas os hotéis de Gramado devem lotar.

Carros
Novidades na segurança

A partir do ano que vem, por exigência do Denatran, os carros a serem vendidos no país terão de trazer obrigatoriamente novos itens de segurança, entre os quais air bags laterais e controle de tração e estabilidade. Modelos de carros mais caros já contam com esses equipamentos, mas os populares não. Se os preços dos populares vão aumentar com esse adendos, ainda não foi informado. Uma grande novidade que poderá ser incluída em futuro próximo nos carros mais caros será a instalação de sensores que detectam pedestres, veículos e outros obstáculos à frente e automaticamente acionam os freios, sem intervenção do motorista. É um avanço e tanto em matéria de segurança.

Vietnã
Café para o blend

A propósito da visita a BH do embaixador do Vietnã no Brasil, Do Ba Khoa, que hoje participa de uma rodada de negócios Minas/Vietnã na Federação das Indústrias de Minas Gerais, não é muita gente que sabe que o Vietnã é o segundo produtor mundial de café, só perdendo para o Brasil, do qual é grande rival. Por isso, o embaixador Ba Khoa, bom diplomata, comentando a respeito, disse que o Brasil produz café arábica e o Vietnã produz café robusta. E que esses dois tipos de café, quando se juntam para fazer o chamado “blend”, o resultado que se obtém é o melhor café do mundo em qualidade e aroma. Pois é.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade