Publicidade

Estado de Minas

Mário Fontana


postado em 19/07/2019 04:00




Na comemoração do Dia de Minas, o presidente da Associação Mineira de Municípios, Julvan Lacerda, o deputado Paulo Abi-Ackel, o governador Romeu Zema, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Nelson Missias, o prefeito Duarte Júnior, o senador Carlos Viana e o prefeito de Ouro Preto, Júlio Pimenta(foto: Renato Cobucci/Divulgação)
Na comemoração do Dia de Minas, o presidente da Associação Mineira de Municípios, Julvan Lacerda, o deputado Paulo Abi-Ackel, o governador Romeu Zema, o presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Nelson Missias, o prefeito Duarte Júnior, o senador Carlos Viana e o prefeito de Ouro Preto, Júlio Pimenta (foto: Renato Cobucci/Divulgação)


MARIANA
Dia de Minas

Ameaçadas de ser extintas, as comemorações do Dia de Minas, que tradicionalmente ocorrem em 16 de julho, data do aniversário da cidade de Mariana, foram realizadas dentro dos parâmetros tradicionais. Além de festejar o Dia de Minas e da transferência da sede do governo estadual para Mariana, foram entregues medalhas alusivas à data e saudados os 323 anos da primeira capital de Minas Gerais. O governador Romeu Zema, de paletó e gravata, presidiu. O coanfitrião foi o prefeito marianense, Duarte Júnior.

EM BH
Pedestre, um sacrificado

Atendendo a pedidos, a coluna volta a abordar o problema do pedestre em Belo Horizonte, que, não se sabe por que, sempre foi colocado em segundo plano. Basta observar o tempo destinado aos caminhantes nas travessias de ruas e praças. Tempo mínimo, com predomínio total dos veículos. Nem bem a luz verde acende, já está fechando. Aí o cidadão tem de sair correndo para escapar dos carros. Os sinais da Avenida Afonso Pena são um exemplo desse problema.

• • •

Por outro lado, não há pedestre mais indisciplinado do que o de BH, o que vale também para os motoristas. Diplomata francês, passeando na praça, dizia à coluna que o belo-horizontino não tem necessidade de fazer cooper nem academia. O tanto que o cidadão corre para atravessar a rua – com sinais abertos ou fechados – dá para suprir as necessidades da ginástica diária. Realmente.

FESTIVAL DE INVERNO
Hermeto dos 20 instrumentos

A exemplo de várias cidades mineiras, Ipatinga, no Vale do Aço, está promovendo o seu festival de inverno. Na programação de domingo, a principal atração será o veterano Hermeto Pascoal, de 84 anos. O músico nordestino promete cumprir no palco todos os itens do contrato que assinou com a prefeitura ipatinguense. Vai tocar sanfona, teclado, piano, escaleta, chaleira, berrante, flauta-baixo, saxofone, violão, trompete, zabumba e triângulo. Além de saltar e dançar. Ufa!

SALGADO
Visita a Aimorés

O famoso fotógrafo mineiro Sebastião Salgado e sua mulher, Lélia Salgado, que vieram de Paris para a abertura da exposição sobre a fase áurea do garimpo de ouro de Serra Pelada, em cartaz no Sesc São Paulo, devem passar o fim de semana em Aimorés. Na cidade mineira, o casal implantou o Instituto Terra, que funciona na antiga fazenda da família Salgado. A entidade promove, com amplo sucesso, a reconstituição do ecossistema florestal da região. A recuperação das matas foi total.

SARANDEIROS
Fazendo jus ao nome

Vinte e seis alunos do Colégio Santo Agostinho, que formam o Grupo Sarandeiros, encontram-se em Portugal desde o início do mês. O grupo é um dos representantes do Brasil no Festival Internacional de Folclore do Alto Minho. A equipe de jovens estudantes se especializou em interpretar manifestações do folclore mineiro e nacional, que incluem dança e canto. A palavra sarandeiro, pouco conhecida na praça, designa aquele que sarandeia, saracoteia, dança e se mexe ao correr da música.

DUPLICAÇÃO
BRS 381 e 262

O conselho diretor da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), conforme o previsto, aprovou o projeto de concessão das rodovias BR-381 e BR-262 nos trechos entre Belo Horizonte e Governador Valadares e João Monlevade e Viana, no Espírito Santo. Será implantada uma nova forma de pedágio, destinada a beneficiar o usuário e tornar mais honesta a cobrança. Haverá tarifas diferentes, com valores menores, variando entre R$ 7,51 e R$ 8,54, para trechos em que a pista for simples. E com valores maiores, variando entre R$ 9,76 e R$ 11,10, quando a pista for duplicada. Quem envia as informações é o senador Carlos Viana (PHS/MG), que acompanha de perto os trâmites iniciais desse encrencado processo.

• • •

Quatro audiências públicas serão realizadas para ouvir a opinião dos interessados na concessão e duplicação das rodovias. A primeira será em 1º de agosto, em Governador Valadares. A segunda ocorrerá em 2 de agosto, em Belo Horizonte. A terceira foi marcada para 7 de agosto, em Vitória, no Espírito Santo. A quarta será em Brasília, em 8 de agosto, na sede da ANTT. Agora é rezar para que tudo dê certo, pois essa novela vem se desenrolando há anos.

JOVENS SOLISTAS
Palmas aos escolhidos

A Fundação Clóvis Salgado voltou a realizar o concurso para escolha de jovens solistas da Orquestra Sinfônica de Minas Gerais. Elogiável promoção. No certame deste ano, o sétimo da série, os premiados foram o regente Weberson Almeida, o violoncelista Rafael Gaspar, o flautista Alef Caetano, o saxofonista Paulo Eduardo Souza de Almeida, a soprano Annanda Samarino e as mezzo-sopranos Bárbara Brasil e Raíssa Amaral. Farão sua estreia oficial em dois concertos no Palácio das Artes. Um na terça-feira, 23 de julho, ao meio-dia. Outro na quarta-feira, dia 24, dentro da série Sinfônica em concerto. Parabéns aos escolhidos.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade