Publicidade

Estado de Minas

Mário Fontana


postado em 17/07/2019 04:00




Meghan Markle, mulher do príncipe Harry, e Kate Middleton, mulher do príncipe William, em Winbledon, assistindo à final entre Federer e Djokovic(foto: Lanzo/Hugo Boss/Divulgação)
Meghan Markle, mulher do príncipe Harry, e Kate Middleton, mulher do príncipe William, em Winbledon, assistindo à final entre Federer e Djokovic (foto: Lanzo/Hugo Boss/Divulgação)


17 de julho
Dia fatídico

Ditado velho de guerra é aquele que diz que o espanhol afirma sempre que “yo no creo em brujas, pero que las hay, las hay”. Pois bem. Dizem que um dia é sempre igual ao outro, mas que há dias fatídicos, isso há. Por exemplo, 17 de julho é de lascar. Sem falar que foi o dia do assassinato pelos comunistas do czar Nicolau II, da czarina Alexandra, das quatro belas princesas e do tsarevitch Alexei; da queda da passarela do Hotel Hyatt Regency, em Kansas City, que matou 114 pessoas, além de vários outros acidentes mortais.

• • •

Em 17 de julho, ocorreram os piores desastres aéreos da história. Em 1996, um Boeing 747 da TWA explodiu em Long Island, matando todas as 230 pessoas a bordo. Em 2000, cai na Índia o voo da Alliance Air, matando 90 pessoas. Em 17 de julho de 2007, ocorre no aeroporto de Congonhas o pior desastre aéreo da aviação brasileira, na aterragem do airbus da TAM, que matou 187 passageiros. Em 17 de julho de 2014, cai um Boeing 777 da Malaysia Airlines em que morreram todos os 298 passageiros a bordo. Foram registrados ainda na data 16 acidentes aéreos de menor porte com mortos. Tudo bem. Mais também não é preciso.


Incorporação
Construtoras no ataque

A MRV e a Direcional são as duas empresas mineiras incluídas na relação das grandes construtoras do país que incrementaram seus lançamentos tanto no primeiro quanto no segundo trimestre deste ano, representando aumento de 44,5% em comparação com o mesmo período em 2018. Na comparação entre trimestres, houve aumento de 50%. O total de lançamentos de novos empreendimentos do grupo de incorporadoras este ano atingiu o total de R$ 5,11 bilhões no valor geral de vendas. Sinal de que o setor está esquentando.


Um pouco de Minas
Yara Tupynambá

A artista plástica Yara Tupynambá, além da exposição retrospectiva de seus trabalhos que ganhou na Galeria Errol Flynn, teve sua vida e obra focalizadas em um livro de autoria dos professores Dilma Mallard Scaldaferri, Frederico Luiz Moreira e Kelly Amaral de Freitas, que acaba de ser lançado na praça. O trabalho, intitulado Um pouco de Minas pelos pincéis de Yara Tupynambá, aborda todos os aspectos, nuances e tendências da vasta obra pictórica da artista, inclusive os seus murais. Primorosamente editado pela Mazza Edições, já se encontra nas livrarias.


Cesta Verde
White Martins

A pequena cidade mineira de Iguatama, situada às margens do São Francisco, e a multinacional White Martins, que tem fábrica de carbureto de cálcio no município, comemoram este mês os 15 anos de distribuição gratuita de 250 mil cestas de produtos agrícolas sem agrotóxicos (frutas, verduras, legumes, etc.) entre a população carente, escolas e instituições locais, o que é uma verdadeira mão na roda. A direção da White Martins resolveu implantar uma série de hortas no terreno da fábrica, de onde tira os alimentos. Ótimo exemplo para outras indústrias imitarem.


Boechat
Táxi-aéreo pirata

A morte do jornalista Ricardo Boechat em um desastre de helicóptero, que fazia táxi-aéreo pirata, acabou por incrementar a campanha – que estava meio adormecida – contra esse tipo de transporte aéreo não legalizado. Estatística oficial não existe, mas Minas Gerais estaria entre os cinco estados em que o táxi-aéreo pirata faz mais sucesso. Tanto de aviões quanto de helicópteros. O negócio é que a diferença de tarifas entre o legal e o “ilegal” é enorme. Pois bem. O deputado Coronel Tadeu quer penas de 2 a 5 anos de prisão para quem pratica essa ilegalidade. O negócio é que provar que se está fazendo táxi-aéreo pirata é difícil. O piloto pode dizer que está transportando um amigo do peito ou coisa semelhante. No mais, as estatísticas comprovam que o táxi-aéreo pirata domina o transporte aéreo nessa área. Preços de ocasião.


Doria
Ponte gigante

O governador de São Paulo, João Doria, não dorme mesmo em serviço. Desenterrou um projeto de construção de uma megaponte ligando Santos a Guarujá, no litoral paulista, avaliado em cerca de R$ 3 bilhões, destinado a desafogar o tráfego de balsas entre as duas cidades, que transportam centenas de carros diariamente. Com uma obra dessas, Doria aumentaria seu cacife para se candidatar à Presidência da República.


Ibram
Final de instalação

Em Minas Gerais, a praxe é que sedes e escritórios de grandes empresas, sejam estatais ou privadas, que têm seu início ou sua base no estado, com o correr do tempo sejam transferidos para outras cidades, principalmente São Paulo, Rio e Brasília. A lista é expressiva. Por isso, merece celebração especial qualquer notícia em contrário, já que o fato é raro. Por exemplo, a transferência da sede do Instituto Brasileiro de Mineração – Ibram de Brasília para Belo Horizonte, anunciada em abril último, acaba de ser finalizada este mês em todos os seus itens decisivos. A sede nacional do Ibram, presidido desde junho por Flávio Ottoni Penido, que entrou no lugar do presidente interino Walter Alvarenga, fica na Rua Sergipe, 1.440. Penido, entre outras, estaria estudando até uma composição no nome da entidade, que acaba às vezes se confundindo com o Ibram, do Instituto Brasileiro de Museus.


Doutorado
Violência contra crianças

A advogada mineira Luciana Maria Reis, filha da escritora Maria de Lourdes Reis, professora na Universidade Santa Úrsula, acaba de conquistar seu Ph.D em direito de Família com o ensaio “Violência contra crianças e adolescentes”, que será transformado em livro. Enquanto isso, lançou na praça outro trabalho jurídico no setor denominado Alienação parental, em que focaliza o comportamento negativo dos pais em relação a seus filhos.


Alphaville
Festa de cumpleaños

A próspera empresária Marley Castro, dona das lojas Leve Minas situadas no aeroporto de Confins, onde vende artesanato e produtos gourmets mineiros para passageiros, principalmente turistas, promove sábado (20) festa no Alphaville com dois objetivos. Primeiro, para comemorar a inauguração da quarta loja Leve Minas em Confins. Segundo, para festejar seu aniversário, o que é muito justo. Encontro no salão de festas do condomínio do bairro, a partir das 19h.


Técnica Mista
Eymard Brandão

O artista plástico Eymard Brandão volta a atacar. Sábado (20), inaugura na Galeria de Exposições Temporárias do Museu Mineiro mostra de seus últimos trabalhos, desta vez um grupo de telas executadas com técnica mista. Muitas cores e desenhos abstratos. A exposição vai até 31 de agosto.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade