Conteúdo para Assinantes

Continue lendo ilimitado o conteúdo para assinantes do Estado de Minas Digital no seu computador e smartphone.

price

Estado de Minas Digital

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas digital por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

O Cruzeiro está forte e voando!

O Cruzeiro tem um grupo muito forte, a manutenção de um técnico há três anos e muita qualidade na equipe. São ingredientes que tornam um time campeão%u201D


postado em 08/04/2019 05:08 / atualizado em 08/04/2019 08:41

O Cruzeiro está voando. Arrisco-me a dizer que, neste momento, é o melhor time do Brasil, porém, sem jogar bonito. O futebol arte não é característica dos times comandados por Mano Menezes. Ele sabe ajeitar a equipe como poucos, mas sempre privilegiando a marcação, a defesa. Ganhar de 1 a 0 é goleada, embora nos dois jogos contra o América tenha feito 6 gols e levado 2. Permito-me comparar o Cruzeiro com Flamengo, Palmeiras e Grêmio, pois são as equipes mais bem armadas do Brasil, com maior poder aquisitivo, com contratações, teoricamente, melhores que as dos outros times. Porém, isso não implica dizer que vão ganhar tudo. O meu Flamengo, por exemplo, contratou os chamados medalhões, que, para mim, são absolutamente comuns, como Gabigol, que fez um gol na Europa em um ano e foi reserva o tempo todo, e não consegue ter um padrão de jogo. Não tem qualidade e encontra muitas dificuldades em todos os jogos contra adversários mais fracos, como Vasco, Botafogo e Fluminense. Quando venceu, foi na sorte, na falha dos adversários ou nas penalidades. É pouco para quem tem uma folha de R$ 15 milhões, sendo que quatro jogadores ganham mais de R$ 1 milhão mensais. Um completo descalabro.

 

O Grêmio, que tem em Renato Gaúcho o melhor técnico em atividade no Brasil, fez apenas um ponto em nove disputados na Libertadores. Está quase eliminado, mesmo com todo o poderio que tem. Luan não se entende com Renato e com o grupo. Parece que a coisa desandou por lá. Mas o time não esqueceu de jogar bola. Já o Palmeiras tem um técnico que, para mim, é ultrapassado e grosso, que ganhou o Brasileirão muito mais pelo poder econômico do time alviverde do que pela competência. E quando os jogadores querem e o técnico não atrapalha, se ganha sim. Só não me venham dizer que Dudu é craque. Longe disso. É apenas um bom jogador, para os padrões atuais do nosso futebol. Diante disso, posso concluir que o Cruzeiro é mesmo o melhor time brasileiro atualmente, com consistência e regularidade.

 

Isso não é garantia de títulos, mas é certeza de que o time mineiro  brigará na cabeça por todos eles. Claro que o torcedor sonha grande. Libertadores e Mundial Interclubes. Mas, se quiser se dedicar ao Brasileiro e Copa do Brasil, tem grandes chances de faturar o penta e o hepta. Como o Brasileirão é uma competição de pontos corridos e regularidade, as chances são muito grandes. O equilíbrio da equipe vai determinar. A contratação de Rodriguinho caiu como uma luva. O substituto de De Arrascaeta é melhor do que ele e já fez a torcida esquecer do uruguaio. A aquisição de Pedro Rocha foi outro golpe de mestre da diretoria. Se o que chegou foi aquele que brilhou no Grêmio, será um reforço e tanto. Resta saber em que condições chega, pois na Rússia ele não brilhou. Além disso, ter Fábio e Dedé é uma garantia estupenda de que o time sofrerá poucos gols. Edílson tem jogado muito bem e Henrique é o xerife do meio-campo. E olha que Thiago Neves nem está jogando! Fred voltou a fazer o que mais sabe: gols. Na área, ele sabe o que tem que ser feito para vencer os zagueiros. Se foi um “cone” na Copa do Mundo, deve mais ao esquema equivocado de Felipão do que a ele próprio. Ele está em dívida com a torcida azul e terá que pagar essa conta nesta temporada.

 

Portanto, torcedores azuis, o Cruzeiro tem um grupo muito forte, a manutenção de um técnico há três anos e muita qualidade na equipe. São ingredientes que tornam um time campeão. Repito: se vai ganhar ou não, é outra história, mas que é o melhor time do futebol brasileiro, não tenho dúvidas. A aposta da diretoria é na competição Sul-Americana, pois o sonho de voltar a disputar um Mundial é grande. Ser o maior pontuador dessa primeira fase será fundamental para as pretensões azuis, pois, quando decide em casa, a força da China Azul e a qualidade do grupo não deixam o Cruzeiro correr riscos. Que continue assim, com os pés no chão, com a seriedade e, acima de tudo, com esse grupo de jogadores forte e competente. E só para lembrar, ganhar o Campeonato Mineiro ou não, para mim, não importa. Sempre disse e escrevi que os títulos que considero são Copa do Brasil, Brasileiro, Libertadores e Mundial. O resto é para derrubar treinador e machucar jogadores. Pelo menos, tem sido a triste realidade dos últimos anos esses Estaduais, de Norte a Sul do Brasil.

Goleada
No Mineirão, o Galo goleou o Boa por 5 a 0, garantindo-se na final do Mineiro para decidir o título com o Cruzeiro. Por ter feito melhor campanha na primeira fase, o Atlético tem a vantagem de jogar por dois resultados iguais. E a vitória de ontem deu moral ao time alvinegro para jogar sua vida na Copa Libertadores, contra o Cerro Porteño, no Paraguai, quarta-feira. Só a vitória interessa para continuar na briga por uma das duas vagas à próxima fase da competição Sul-Americana. No Sul, Grêmio e Inter vão decidir o título gaúcho.


Publicidade