Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas LÁ & CÁ

Coleção pré-outono 2020 da Arezzo


postado em 09/02/2020 04:00 / atualizado em 06/02/2020 14:22

(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)

Força e movimento são os pontos que regem a coleção pré-outono 2020 da Arezzo, marcando o início do inverno da marca. Produtos que resgatam o dia a dia de mulheres fortes, e que valorizam um estilo próprio de forma leve e único. Com inspiração na tendência sweet feminist, a campanha é marcada por peças fluidas de tons adocicados e muita personalidade. Entre as criações inéditas para a temporada destaca-se o máxi tressê. Delicado, na medida certa, o shape aparece no mule de bico quadrado e salto taça, duas tendências já queridinhas entre as fashionistas. Para a peça, o destaque fica por conta da cor gaia green. A textura também surge em bolsas modelo tiracolo e nos tênis slip on, para looks mais casuais.
 
 
(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
Relógios

A Wenger – marca adquirida pela Victorinox em 2005 – chega ao país com uma completa linha de relógios, malas, mochilas e itens de viagem. A grife carrega os valores suíços em todos os seus produtos, como funcionalidade, qualidade, durabilidade e design. Seus relógios são atuais, modernos, atemporais, de alta precisão – como pede o conceito "swiss made" – e ideais para quem tem um estilo de vida metropolitano.
 

Ainda o verão

O joalheiro e designer Antonio Bernardo promove lançamento especial de verão com duas linhas especiais: a Rainbow, que traz colares e pulseiras com delicadas pedras coloridas, joviais e alegres; e a linha Fresh, com joias com formas orgânicas e gemas em cores luminosas, que revelam o dinamismo do verão com o sopro do vento e o brilho do sol. O destaque da coleção é o brinco 
em crisoprásio e topázio azul.
 
Diamante

A Louis Vuitton abre um novo capítulo de sua história, inovando no setor de alta joalheria ao adquirir o extraordinário diamante Sewelô, recuperado na mina Lucara Karowe, em Bostwana. Com 1.758 quilates, é o segundo maior diamante bruto já encontrado em 100 anos, atrás somente do Cullinan, com 3.106 quilates, descoberto na África do Sul em 1905 e transformado em diamantes históricos que agora integram as joias da Coroa britânica e da coleção real. Sewelô significa Achado raro no idioma nativo de Setswana. O nome foi selecionado entre 22 mil inscrições em um concurso aberto a todos os cidadãos do Bostwana. Medindo 83x62x46mm, esse diamante bruto foi encontrado em abril de 2019. A marca planeja transformar a extraordinária variedade do Sewelô para oferecer aos clientes a criação de diamantes personalizados e lapidados. Esse novo movimento e comprometimento com o setor da alta joalheria permite personalização e exclusividade finais, permanecendo totalmente em sintonia com a herança da Louis Vuitton de comissões especiais feitas sob encomenda. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade