Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Em 'live', Carlos Bracher fez o retrato do estilista mineiro Ronaldo Fraga

Em 60 anos de carreira e mais de 350 retratos, Bracher fez sua primeira pintura on-line


02/03/2021 04:00 - atualizado 01/03/2021 20:11

 A live foi apresentada por Paulinho Moska, genro de Carlos Bracher, que estava em casa, em Ouro Preto(foto: Fotos: Blima Bracher/Divulgação)
A live foi apresentada por Paulinho Moska, genro de Carlos Bracher, que estava em casa, em Ouro Preto (foto: Fotos: Blima Bracher/Divulgação)

Apesar de estar acostumado a pintar ao vivo, Carlos Bracher, que já assinou mais de 300 quadros de personalidades mineiras e nacionais, fez, no fim de semana, sua estreia no mundo virtual. Da Ateliêr Casa (@ateliecasabracher), em Ouro Preto, ele se conectou por uma hora com o estilista Ronaldo Fraga em sua casa, na capital mineira. “No encontro, pude mostrar este momento infinito, esta troca de energias que acontece entre mim e o modelo, e que ficava restrita ao meu ateliê”, observou o artista plástico, que manteve a tradição de trilha sonora para acompanhar a pintura.  O clima foi ambientado com “Aleluia”, de Haendel; “Bachianas”, de Villa Lobos; “As quatro estações”, de Vivaldi (“Primavera”).


>>>
Genro de Bracher, Paulinho Moska fez as honras da casa. Direto do Rio de Janeiro, o músico se mostrou emocionado logo nos primeiros minutos da transmissão. Lembrou que a história de Bracher com os retratados foi feita em encontros presenciais. “Sempre estiveram juntos para que essa energia linda da criação se dê.” Moska também informou que essa é a primeira live de pintura de que se tem notícia. Antes de chamar o sogro carinhosamente como Carlinhos, o músico disse que nunca conheceu um artista como ele, que “expressasse o tempo todo sua alma artística e criativa”.

Bracher fez uma dedicatória ao estilista no verso do retrato
Bracher fez uma dedicatória ao estilista no verso do retrato
>>>
Bem-humorado, Bracher disse que, com o modelo a 100 quilômetros de distância, não sabia o que seria a obra. “Mas Deus é para essas horas”, afirmou, elogiando a figura extraordinária de Ronaldo Fraga.
Nos primeiros traços de carvão, técnica de Bracher, foi possível ver o rosto de Fraga estampado na tela. Aos poucos, a imagem ganhou cor e vida. Enquanto o público acompanhava traço a traço a construção da obra, Ronaldo só viu o resultado depois de pronto. “Emocionante ver o Bracher com a tecnologia trabalhando a favor da arte. Nada limitando o artista. Nada limitará o artista, nada pode e deve limitar o artista. Que a arte seja vetor de liberdade.” 
De sua casa, em Belo Horizonte, o estilista Ronaldo Fraga posou para o retrato e só pôde conferir o resultado depois de pronto. Público acompanhou o trabalho
De sua casa, em Belo Horizonte, o estilista Ronaldo Fraga posou para o retrato e só pôde conferir o resultado depois de pronto. Público acompanhou o trabalho

MARCELO REIS
POESIAS E CONTO

Dois livros do empresário e produtor artístico Marcelo Reis podem ser acessados pelo público na plataforma Wattpad.com. "V",  compilação de cinco poesias que falam de leveza e pesar, vida e morte, amor e dor. Duas delas foram adaptadas pelos artistas e compositores George Israel e Guilherme Schwab e viraram canções, ainda a ser lançadas. Uma parceria também com Gabriel Moura está em andamento. O segundo livro, “Contos de janeiro”, é um conjunto de seis contos no gênero ficção/fantasia, todos passados no mês de janeiro, no passado, presente e futuro. Para o segundo semestre, ele prepara "A comunidade dos sonhos", no qual fantasia e ficção se misturam à realidade e a elementos históricos e mitológicos.

VIRTUAL
MEMÓRIAS ON-LINE
 
Para comemorar seus 64 anos de história, Furnas lançou, no início da semana, uma exposição virtual em parceria com o Museu da Pessoa. A mostra tem como protagonistas os colaboradores, que contam suas memórias e ligação com a empresa.

LITERATURA
SEMPRE UM PAPO

Afonso Borges convidou cinco dos mais respeitados autores da atualidade, de Portugal e da África, para abrir a temporada 2021 do projeto Sempre um Papo. Quem dá a partida na série de conversas, no próximo dia 8, é o português Valter Hugo Mãe, lançando “Contra mim”. Em seguida, o angolano José Eduardo Agualusa conta sobre “Os vivos e os outros”. Em 10 de março, data que marca os 59 anos de Afonso Borges, o convidado é o moçambicano Mia Couto, que conversa sobre “O mapeador de ausências”. No dia 11, José Luiz Peixoto fala sobre "Regresso à casa”. Para encerrar a semana, Gonçalo Tavares, com o lançamento de “Atlas do corpo e da imaginação”. 

Os encontros podem ser acompanhados de segunda a sexta, sempre às 18h, no YouTube, Instagram e Facebook. O Sempre um Papo é viabilizado com o patrocínio do Itaú, Rede Mater Dei e Usiminas, com recursos da Lei Federal de Incentivo à Cultura, da Secretaria Especial da Cultura do Ministério do Turismo. 

NO CINE BRASIL
OUTROS CARNAVAIS

Pena de Pavão de Krishna, Juventude Bronzeada e Havayanas Usadas estão na programação do Outros Carnavais, três apresentações no Cine Theatro Brasil Vallourec, marcadas para os próximos dias 12/3, 20/3 e 27/3. No repertório, cada grupo vai apresentar sucessos de Gil, Caetano e Clara Nunes, respectivamente. O público estará restrito a 50% da capacidade do teatro e deverá seguir todos os protocolos sanitários, como uso de máscara e permanecer sentado e com distanciamento entre as poltronas. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade