Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas COLUNA HIT

Consultor de moda avalia looks cheios de simbolismo na posse de Joe Biden

JLo, de branco Chanel, mandou esperança para os hispânicos. Para o consultor Rodrigo Cezário, o tom monocromático das roupas é sinônimo de elegância


21/01/2021 04:00

 emc 50359 %u2013 horiz %u2013 telescope %u2013 só internet (foto: Olivier Douliery/AFP)
emc 50359 %u2013 horiz %u2013 telescope %u2013 só internet (foto: Olivier Douliery/AFP)

De olho nos looks, a coluna acompanhou a posse do novo presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e de sua vice, Kamala Harris. O consultor de moda Rodrigo Cezário, além de destacar a cerimônia cercada de pompa e elegância sem ostentação, apontou vários simbolismos nas roupas das mulheres. “Jill Taylor, a primeira-dama, em azul monocromático, modelo assinado pela jovem Alessandra O'Neil, representa um novo começo para a história americana e o apoio aos novos designers. O roxo do conjunto usado por Kamala Harris representa a luta feminista”, diz ele.

***
Cezário diz que a rainha do pop Lady Gaga, que cantou o hino dos EUA “com a felicidade estampada no rosto”, expressou a diversidade e a luta contra a violência sexual sofrida pela mulher. “Ela usou vermelho, que simboliza a realeza, com muito volume, assinado por Schiaparelli. Vermelho e marinho são as cores da bandeira norte-americana. O adereço em forma de pomba da paz em ouro representa a liberdade”, observa.

***
JLo, com o look branco Chanel, “mandou uma mensagem de esperança para os hispânicos massacrados pelo governo anterior”, afirma o consultor de moda. Já o sobretudo amarelo usado pela poetisa Amanda Gorman significa prosperidade e a riqueza da diversidade. Por sua vez, Michele Obama, de calça e cinturão, evocou a imagem de uma heroína que luta da igualdade de gêneros, analisa Rodrigo Cezário.


EU USO MÁSCARA

Gui Hargreavres
Músico e escritor mineiro
(foto: Acervo pessoal)
(foto: Acervo pessoal)

“Eu uso máscara porque sim. Porque está mais do que comprovado por pesquisas científicas que a máscara protege tanto quem a usa quanto quem encontra, convive ou apenas cruza com quem a usa. É uma via de mão dupla, é pensar no outro, é entender que se é parte de algo maior, é respeitar o trabalho dos profissionais da saúde, exaustos de tanto fazer por todos nós neste período tão sofrido e delicado. Uso máscara porque tenho apreço à vida e respeito às pessoas que estão aqui, compartilhando desse mesmo tempo, dessa mesma dor, desse mesmo planeta. Uso máscara porque é o mínimo! Já que falta política pública coordenada pelo governo federal, já que soa como necropolítica qualquer movimento do Estado nacional, pois já ultrapassamos 200 mil vítimas dessa doença. Uso máscara porque respeito a mim, ao outro e à vida. Usem também, é o mínimo que todos podemos fazer uns pelos outros.”

WEBSÉRIE
PARQUES DE BH

Histórias e personagens dos parques de BH vão ganhar série na internet. Na próxima semana, no site www.coretocultural.com.br, entra no ar o piloto rodado no Parque Municipal Jacques Cousteau, no bairro Betânia. Lilian Nunes, uma das idealizadoras da websérie e sócia da Coreto Cultural, diz que a população conhece uma parcela muito pequena dos 75 parques municipais. A ideia da websérie é divulgar esses espaços. “Concretizar o piloto em um local tão acolhedor e bem cuidado é um estímulo imenso para nós. Não só os moradores, mas todos que visitam a cidade precisam descobrir quão surpreendentes são os parques de BH”, diz. O projeto foi viabilizado com recursos do edital Quatro Estações, da Belotur.

MOSTRA TIRADENTES
5 X ARRIGO

Arrigo Barnabé não é o homenageado da 24ª Mostra de Cinema de Tiradentes, mas será figura onipresente no evento, que começa amanhã (22/1), em formato virtual. O músico, que completa 70 anos, fará o show de abertura, que poderá ser acompanhado pelo site 
www.mostra tiradentes.com.br.

***

Barnabé participa de quatro produções na programação. Está em Ostinato, filme de abertura do evento, média-metragem inédito e em pré-estreia mundial; protagoniza Luz dos trópicos; e canta seu maior sucesso, Clara Crocodilo, no filme Noite. As produções são dirigidas por Paula Gaitán, a homenageada desta edição da Mostra de Tiradentes.

HISTÓRIA NATURAL
RENASCE MUSEU

O Museu de História Natural e Jardim Botânico da UFMG trabalha na criação de uma plataforma virtual com seus acervos. O projeto já foi aprovado pelo edital Matchfunding BNDES+. A instituição também faz campanha de doações Renasce Museu para enfrentar o impacto do incêndio, ocorrido há sete meses, que atingiu parte dos acervos de arqueologia, zoologia, etnografia, arte popular e paleontologia. Colaborações podem ser feitas por meio do site www.benfeitoria.com/renascemuseu.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade