Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas HIT

Bela festa comemorou os 25 anos da Associação Querubins, em BH

O radialista Tutti Maravilha, ao lado de Magda Coutinho, foi o mestre de cerimônia da festa no Palácio das Artes que reuniu Di Souza, Roberta Campos e as bandas Daparte, Tianastacia e Skank


postado em 15/11/2019 04:00

(foto: Helvécio Carlos/EM/D.A PRESS)
(foto: Helvécio Carlos/EM/D.A PRESS)

Na comemoração dos 25 anos da Associação Querubins, seria impossível deixar de reverenciar o trabalho de Magda Coutinho à frente do projeto que atende crianças, jovens e, mais recentemente, passou a promover a capacitação profissional de adultos. Samuel Rosa, vocalista do Skank, foi o primeiro a mostrar a importância desse trabalho. “O tempo inteiro dela é doação. É fazer pelo outro, um exemplo. Estamos precisando aprender muito com Magda. Estou aqui para aprender”, disse.

• • •

No palco do Palácio das Artes, Skank, Tianastacia, Daparte, Di Souza e Roberta Campos se revezaram durante as três horas do show, cuja renda é destinada à Querubins. Tutti Maravilha, o mestre de cerimônia da noite, também elogiou Magda. “Quem dera existisse uma 
de você em cada comunidade, em cada bairro da cidade. Belo Horizonte seria outra”, frisou.

• • •

No palco, Magda não escondeu a emoção, agradecendo à plateia, bandas e músicos. “Vocês fomentam um sonho meu de ajudar crianças e jovens que querem transformar sua vida. O público, a comunidade faz essa grande corrente do bem. Sinto uma alegria muito grande no meu coração”, afirmou,  definindo-se como “uma articuladora” do Querubins. Entre tantas histórias, Magda reforçou a importância da terceira edição do show beneficente, realizada na quarta-feira (13). “Quem veio no ano passado proporcionou uma coisa maravilhosa. Servimos 10 mil refeições por mês e não tenho recursos para isso. Com o show de 2018, consegui alimentar as crianças o ano inteiro. Parabenizo vocês”, agradeceu.

• • •

Filho de Magda, o músico Podé, da banda Tianastacia, comentou a emoção de cantar com tantos parceiros: “É difícil falar, por ser filho dessa pérola. Mas é uma honra estar aqui.”

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade