Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas EM DIA COM A POLÍTICA

O motociclista informa: a CPI da COVID voltou

São 265 requerimentos para ouvir ministros, governadores, prefeitos, secretários, servidores públicos, empresas, especialistas em saúde e até o presidente...


01/08/2021 04:00 - atualizado 01/08/2021 08:17

Bolsonaro fez acusações de supostas fraudes durante a live realizada na quinta-feira passada (29/7)(foto: Facebook/Reprodução)
Bolsonaro fez acusações de supostas fraudes durante a live realizada na quinta-feira passada (29/7) (foto: Facebook/Reprodução)

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro, desembarcou, ontem (31/7), em pleno sábado, em Presidente Prudente, município de São Paulo. Na chegada, ele participou de uma “motociata” – se é que existe isso – devidamente acompanhado por seus apoiadores de sempre.

As imagens com direito a publicações em suas redes sociais foram registradas. Ao som de “mito”, sem máscara e em meio à aglomeração, o presidente Bolsonaro fez questão de cumprimentar os bolsonaristas de plantão, com apertos de mãos e, como não poderia deixar de ser, tirou selfies, isso mesmo, fotos.

Já a companhia é a de sempre atualmente. Quem esteve junto acompanhando a tal motociata foram a deputada Carla Zambelli (PSL-SP), sempre ela, e desta vez teve também o presidente da Caixa Econômica Federal (CEF), Pedro Guimarães.

A parlamentar bolsonarista Carla Zambelli de carteirinha ainda fez questão, como não poderia deixar de ser do jeito dela, de tentar convocar a população para a manifestação a favor do voto impresso, que já estava devidamente marcada para hoje, isso mesmo, em pleno domingo.

Falar nisso, assinam o pedido o Partido dos Trabalhadores, Solidariedade, MDB, PDT, PSDB, Psol, Rede, Cidadania, PV, PSTU e PCdoB. Melhor dar o fato de uma vez. E todos eles protocolaram, ontem, em pleno sábado, que o presidente Jair Messias Bolsonaro preste esclarecimentos e provas sobre as acusações de supostas fraudes declaradas durante a live na semana passada.

Na ação protocolada, eles tratam como “esdrúxula e vexatória exposição de vídeos amadores, sem qualquer menção a métodos de pesquisa e alguns, inclusive, originários de compartilhamentos em redes sociais. O ato configurou um verdadeiro constrangimento às Instituições Democráticas e ao Estado de Direito, reiteradamente atacados pelo presidente”.

Mudando um pouco de assunto, o tempo promete esquentar na política nacional. É que, esta semana, estará de volta com cerca de quatro centenas de pedidos, que passam por convocações, quebras de sigilos, informações e audiências públicas e por aí vai.

E será com base nelas que a CPI da COVID-19 deve orientar a atuação do colegiado até 5 de novembro, já que é este o prazo final que havia sido prorrogado. São 265 requerimentos para ouvir ministros, governadores, prefeitos, secretários, servidores públicos, representantes de empresas privadas, especialistas em saúde e até o presidente Jair Bolsonaro.

Vacina mineira

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) divulgou ontem ter recebido o pedido de autorização para o início dos testes em humanos da vacina contra a pandemia da COVID-19 da Spintec, aquela que foi desenvolvida por pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). O objetivo é avaliar a capacidade de resposta imunológica do organismo humano à terceira dose de um imunizante. Daí o fato de buscar voluntários que já tiverem recebido duas doses da vacina Coronavac, há, pelo menos, seis meses.

Quanto custou

A Secretaria da Segurança Pública do estado de São Paulo informou que chegou a R$ 300 mil o custo do reforço no policiamento em razão do evento desse sábado, com a presença de Jair Messias Bolsonaro em Presidente Prudente, no interior do estado. As ações foram monitoradas por policiais militares portando Câmeras Operacionais Portáteis (COP), drones e pelo helicóptero Águia. O efetivo foi reforçado com, pelo menos, cerca de 450 policiais militares ao longo de todo o percurso do ato em especial nas áreas próximas ao ponto de concentração da manifestação.

Ex-presidentes

A agenda do governador João Doria (PSDB) informa: Abertura do Museu da Língua Portuguesa, com o presidente da República de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa; o presidente da República de Cabo Verde, Jorge Carlos Fonseca; os ex-presidentes Fernando Henrique Cardoso (PSDB) e Michel Temer (MDB), além de autoridades diplomáticas. Também lá o vice-governador e secretário de Governo Rodrigo Garcia, o secretário de Cultura e Economia Criativa, Sérgio Sá Leitão e, por fim, o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes. Local: Museu da Língua Portuguesa – Praça Da luz s/n°.

Mais Tweets

Desta vez quem publicou foi o vice–presidente da República, o general de Exército, Hamilton Mourão. “Desde 2018 tenho viajado pelo Brasil e muitas pessoas falam que votaram na chapa JB-Mourão por confiar em mim. Em respeito a essas pessoas e a mim mesmo, pois nunca abandonei uma missão, não importam as intercorrências, sigo neste governo até o fim”. Se precisa avisar, o fato já mais que conhecido, é que o presidente Jair Bolsonaro tem rifado faz tempo o seu ex-aliado.

Para encerrar…

… tem o deputado Glauskston da Focus (PSC-GO), um goiano que eu nunca havia falado, mas é dele o projeto de lei que torna obrigatória a impressão de um código de resposta rápida, ou seja, o QR Code, na sigla em inglês, nas embalagens de medicamentos genéricos. Tudo para que o consumidor tenha acesso a informações sobre a eficácia e ainda a procedência desses produtos. O argumento é: “Vários testes particulares realizados e divulgados pela imprensa demonstraram que inúmeros laboratórios não trazem compatibilidade com as exigências estabelecidas”.

PINGA-FOGO

  • Em Tempo, sobre os Tweets do vice–presidente da República: ainda mais que Mourão não se bica com o senador Ciro Nogueira (PP-PI) que Bolsonaro buscou para chefiar a Casa Civil da Presidência, Se ele integra o chamado Centrão, o general quer mesmo é distância.
  • E tem mais de Doria: o presidente de Portugal condecorou o Museu da Língua Portuguesa com a Ordem de Camões, uma honraria àqueles que prestem serviços relevantes à língua portuguesa. Os ex-presidentes FHC e Temer foram cordiais, sem declarações políticas.
  • Já sobre o deputado Glauskston da Focus do Partido Social Cristão (PSC) ele é nascido e criado em Goiânia. Sua profissão, fora da política, é administrador. E claro que, por isso, tem escolaridade em grau superior. Ele está em, seu primeiro mandato, vale destacar.
  • Se os casos da pandemia da COVID–19 têm registrados diariamente relatados em Tóquio a cidade–sede das Olimpíadas, e atingiram um recorde de 4.058 infectados neste sábado acabam por ofuscar os jogos… Já basta por hoje.
  • Afinal, hoje é domingo, dia de ir à missa. E rezar pelo menos um pouco para que as vacinas sejam suficientes para imunizar todos no planeta. Um bom dia a todos. Se cuidem. FIM!
 
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade