Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas

O Brasil-Marrocos e o turismo em Minas

Entre os pontos turísticos da cidade, destacam-se o Museu Cabangu - na fazenda de mesmo nome, onde nasceu Alberto Santos Dumont, reconhecido como Pai da Aviação


postado em 04/06/2019 06:00 / atualizado em 04/06/2019 07:16

O Grupo Parlamentar do Congresso Nacional Brasil–Marrocos se reúne amanhã para adesão de membros, eleição e posse da diretoria. Os parlamentares também vão deliberar a respeito do estatuto do grupo parlamentar. O evento está marcado para as 9h30 no plenário 2 da Ala Senador Nilo Coelho, no Anexo 2 do Senado. Quem aderiu, ninguém sabe, ninguém viu, mesmo com o aviso de que a reprodução das notícias é autorizada desde que contenha a assinatura Agência Câmara Notícias.

E tem mais, só que este foi aprovado. Trata-se do Projeto de Decreto Legislativo 273/19 que aprova acordo de “céus abertos” assinado entre Brasil e Turquia em 2017, abrindo espaço para o livre trânsito de aviões de companhias aéreas dos dois países. O objetivo é reforçar o turismo e o comércio.

Pelo texto, aeronaves de companhias aéreas brasileiras ganham o direito de sobrevoar o território turco, fazer escalas não comerciais e operar voos internacionais a partir de qualquer ponto da Turquia. O mesmo direito é estendido às empresas turcas em relação ao Brasil. As companhias aéreas estrangeiras ficam proibidas, no entanto, de operar linhas domésticas no outro país.

Já que falamos de aviões, Santos Dumont pode ajudar a fortalecer o turismo em Minas, em audiência, convidados debatem potencial da cidade, que abriga belezas naturais e importantes referências históricas. A Comissão Extraordinária de Turismo e Gastronomia da Assembleia Legislativa (ALMG) promove, também hoje, a partir das 10h, audiência pública para discutir e identificar as dificuldades, demandas e potenciais do Circuito Turístico do Município de Santos Dumont.

Entre os pontos turísticos da cidade, destacam-se o Museu Cabangu – na fazenda de mesmo nome, onde nasceu Alberto Santos Dumont, reconhecido como Pai da Aviação e consagrado por lei como o Patrono da Aeronáutica Brasileira. O circuito inclui a represa Ponte Preta e o Caminho Novo, uma das trilhas da Estrada Real.

A reunião foi requerida pelo deputado Coronel Henrique (PSL). Além dele, há os convidados a superintendente de Gastronomia e Marketing Turístico da Secretaria de Estado de Turismo, Marina Pacheco Simião e Cristiano Araújo Borges, que representou o Ministério do Turismo.

R$ 100 bilhões
… para cá. Outro, quem sabe, outro para lá. “Uma economia de R$ 900 bilhões não é uma reforma ruim, mas quem sabe não pode ser R$ 1,1 trilhão? Então, não tem que focar no número, apenas ter como referência...” Trecho de frase do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, que é do Democratas do Rio de Janeiro, mas pareceu tucanar desta vez. O PSDB deve ter adorado. O fato é que ele fez questão, por outro lado, de ressaltar que há também projetos que estão sendo bem elaborados para garantir emprego mais rápido. O exemplo: o setor da infraestrutura. Vale a torcida, né?

Chocada!
No Twitter: “Mesmo com a instantaneidade da informação, nossa imagem é distorcida. Extrema-imprensa atravessa fronteiras, e ideologia, em detrimento de provas científicas, nos demoniza. Acham que acordamos? Não sejamos ingênuos! Ajudem, pq somos poucos os conscientes. Chocada com nossa imagem aqui”. Quem postou foi a senadora Soraya Thronicke (PSL-MS). Este ano, ela esteve em sessões da comissão sobre a Situação da Mulher-ONU, de missão oficial em Jerusalém, em Israel, e da Organização Médica Hadassah, além de outros eventos. Agora participa, em Berlim, das discussões sobre “Políticas Climáticas como um propulsor do Crescimento”. Então, tá!

Desafios e gestão
Acabamos de fechar a participação do governador Romeu Zema no Latam Retail Show. Quanta gentileza, que a coluna retribui, da informação em primeira mão. Até porque o tema do evento trata de evolução do varejo, ecossistema de negócios da China, omnichannel, cultura, liderança, inovação, jornada do consumidor, data analytics, mercado imobiliário, eficiência operacional, shopping center, strip malls, estratégia de distribuição, meios de pagamento, blockchain, big data, entre outros. O fato é que Romeu Zema (Novo) vai tratar dos “desafios de aplicar o modelo de gestão corporativa na administração pública”.

“Fabuloso”
“O deságio foi fabuloso, 35 % representa bastante, neste mundo competitivo em que vivemos, de preços cada vez mais elevados. Eu diria que foi uma grande notícia para a população do meu estado”. A frase é do senador Chico Rodrigues (DEM-RO) que foi à tribuna ontem comemorar o primeiro leilão de fontes renováveis de energia, realizado sexta-feira passada, em São Paulo, que vai atender a população de Roraima. E o parlamentar fez questão de lembrar que Roraima é o único que não é interligado ao Sistema Elétrico Nacional.

55 mortos
A Comissão de Direitos Humanos e Minorias da Câmara dos Deputados fará, depois de amanhã, diligência no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj) e no Instituto Penal Antônio Trindade, penitenciárias de Manaus (AM), onde, semana passada, 55 detentos foram assassinados por rivais de facção criminosa. E têm encontros marcados ainda na Procuradoria–Geral de Justiça e no Tribunal de Justiça, além do governo do estado, que não poderia faltar. Lá estarão também na Secretaria de Administração Penitenciária, da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), entre outros.

PINGAFOGO

Em tempo: Fabuloso no sentido de grandioso – nada a ver com fábulas, as de curtas narrativas, em prosa ou verso, com personagens animais que agem como seres humanos, e que ilustra um preceito moral. Ou ainda histórias narradas das ações dos deuses e heróis greco-romanos.

Primeiro o protocolo: “a suspensão temporária protocolar é uma medida automática, prevista em documento de 2015 assinado com a China”. O Ministério da Agricultura informa ainda que é medida protocolar – e não de risco sanitário – a expectativa é que logo se levante o embargo.

O motivo é um caso atípico de encefalopatia espongiforme bovina (EEB) e o próprio ministério registra que se trata do popularmente como “mal da vaca louca”. O negócio da China precisa de todos os cuidados mesmo.

(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
(foto: Ed Alves/CB/D.A Press)
Nada de indulto humanitário para o ex-governador e ex-deputado federal Paulo Maluf (foto). Quem pede é a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, atendendo a manifestação no processo que corre no Supremo Tribunal Federal (STF).

Já que Paulo Maluf, ex-governador de São Paulo e tem hoje 87 anos de idade, o jeito é ficar por aqui por, sem me meter nesta questão de idade. Uma boa semana a todos e que as notícias fiquem mais saudáveis para os contribuintes.

 


Publicidade