Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MODA SUSTENTÁVEL

Brasil Eco Fashion apresenta marcas brasileiras em Semana de Moda de Milão

Objetivo é posicionar as marcas brasileiras de moda sustentável no mercado internacional


19/08/2021 04:00 - atualizado 19/08/2021 07:40

 (foto: FOTOS: Marcelo Soubhia/agÊncia fotosite)
(foto: FOTOS: Marcelo Soubhia/agÊncia fotosite)

A Brasil Eco Fashion, plataforma de moda sustentável, realiza dois eventos simultâneos com desfiles presenciais de oito marcas na Itália e 20 fashion films na quinta edição do evento brasileiro. A iniciativa pioneira levará um grupo de marcas para apresentação de produtos e desfiles em 24 e 25 de setembro em uma das mais importantes vitrines de moda do mundo.

O objetivo é posicionar as marcas brasileiras de moda sustentável no mercado internacional. A Brasil Eco Fashion é uma plataforma aliada a quem ousa empreender no segmento de moda ética e responsável no país. Entre as ações de consultoria, apoio e capacitação, promove desde 2017 o evento anual Brasil Eco Fashion Week – BEFW, com desfiles, showroom, workshops e rodada de negócios.

"O BEFW já vem realizando rodadas de negócios com compradores internacionais desde a segunda edição. O crescente interesse trouxe para nós a oportunidade de apresentar algumas marcas e afirmar que o Brasil é referência internacional em moda sustentável", explica Rafael Morais, diretor-executivo do evento.
 
 

A edição em Milão é presencial e ocorre em dois dias de showroom para compradores, sendo um dia também dedicado a desfiles para convidados e para a imprensa. "Esta é a primeira versão do evento fora do país e deve acontecer de forma simultânea com a quinta edição on-line no Brasil", revela Morais.

De acordo com Yulia Palchykova, diretora do Fashion Vibes, realizadora da mostra BEFW em Milão, a criatividade da moda brasileira deve chamar a atenção do mercado internacional, que tem dado ênfase para a sustentabilidade em oposição ao fast fashion. "O Brasil é rico em matérias-primas, mas também em criatividade baseada na diversidade cultural. É um país com visão única de mundo e nosso objetivo é evidenciar o desenvolvimento nesta direção, promovendo designers que valorizam em suas coleções as suas raízes, a sua cultura e incrível energia", disse.

Participam da edição BEFW na Milão Fashion Week as marcas Natural Cotton Color, Helena Pontes, Catarina Mina, Ricco Bracco, Enéas Neto, Libertees, KF Branding collab com Woolmay Mayden e Dona Rufina. As marcas apresentam inovações da indústria têxtil com tecidos inéditos de fibras naturais, como o denim com cor, mas sem tingimento. Trata-se do algodão colorido da Paraíba, que já nasce em tons de bege, marrom e verde e tem certificação internacional de produto orgânico. Há também tecidos que abordam conceitos de economia circular feitos com algodão e resíduos de linho em fusão com a seda do Vale da Seda, no Paraná, além de acessórios produzidos com borracha vegetal.
 
Catarina Mina, Natural Cotton Color e Helena Pontes apresentam em Milão peças com tecidos inéditos de fibras naturais
Catarina Mina, Natural Cotton Color e Helena Pontes apresentam em Milão peças com tecidos inéditos de fibras naturais
 

Também serão apresentadas técnicas artesanais tradicionais realizadas em arranjos produtivos em sete estados brasileiros, como a renda de bilro desenvolvida por comunidades no Ceará, inovações em renda renascença realizadas no Cariri paraibano, a lã naturalmente colorida por associação de mulheres do Rio Grande do Sul, os bordados produzidos em associações de artesãs no Distrito Federal e as estamparias criadas com tingimento natural em Minas Gerais, além de produtos feitos em teares manuais em Pernambuco.

A plataforma Brasil Eco Fashion já vem trabalhando na capacitação das empresas para atuarem na exportação. "O treinamento é feito internamente e tem a contribuição das marcas participantes com experiência em negócios internacionais", informou Morais.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade