Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Anna aos domingos

Solidariedade segurança alimentar


02/05/2021 04:00

A pandemia está agravando a situação de milhões de brasileiros, que precisam lutar diariamente contra a fome. O grupo em maior vulnerabilidade são os idosos, que muitas vezes se veem sozinhos, com mobilidade reduzida e dificuldades financeiras. Para ajudá-los foi criado ano passado o Programa de Segurança Alimentar para Idosos (PROSAI), que já doou mais de 5,5 toneladas de alimentos e materiais de higiene pessoal para o Grupo Vida Brasil, de Barueri (SP). Nos próximos três anos, o PROSAI almeja expandir sua atuação e alcançar cerca de dez mil idosos, por meio de distribuições mensais para ONGs, casas de repouso e lares em Barueri, São Paulo e em Mariana (MG), com a abertura recente de representação local em parceria com o grupo Rotaract. O PROSAI está desenvolvendo uma rede de embaixadores para expandir o programa no Brasil inteiro, apostando numa estratégia de capilaridade.
 
Outro aniversariante do dia é o presidente do Sicepot, Emir Cadar Filho, com Júlia Nogueira(foto: Barbara Dutra/Divulgacao)
Outro aniversariante do dia é o presidente do Sicepot, Emir Cadar Filho, com Júlia Nogueira (foto: Barbara Dutra/Divulgacao)
 

CORRENTE DO BEM
em Sete Lagoas

A união entre órgãos públicos e a sociedade civil organizada em Sete Lagoas deu origem à campanha Corrente do Bem. A iniciativa foi do juiz diretor do Foro da Comarca de Sete Lagoas, Carlos Eduardo Vieira Gonçalves, que buscou apoio da Polícia Militar, Ordem dos Advogados do Brasil, subseção de Sete Lagoas, Poder Executivo e entidades religiosas. O objetivo é amenizar a dor e as dificuldades daqueles que estão em momento de vulnerabilidade social, agravada pela pandemia do novo coronavírus. Serão arrecadados e distribuídos alimentos, objetos de higiene pessoal e botijões de gás, entre outros. Os interessados em ajudar podem entregar a doação no Fórum Desembargador Félix Generoso, Rua José Duarte de Paiva, 715, bairro Santa Luzia; Juizados Especiais, Rua Senhor dos Passos, 95, Centro; 25º Batalhão da Polícia Militar, Avenida Prefeito Alberto Moura, 301, Bairro Nova Cidade. Todos em Sete Lagoas. A distribuição dos produtos arrecadados será realizada para as famílias cadastradas na Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos.
 
Quarta-feira é vez do artista plástico Fernando Pacheco estrear nova idade.(foto: arquivo pessoal)
Quarta-feira é vez do artista plástico Fernando Pacheco estrear nova idade. (foto: arquivo pessoal)
 

GRUPO CORPO
aulas abertas

Em comemoração ao Dia Internacional da Dança, comemorado na última quinta-feira, e pensando em proporcionar experiências que inspirem as pessoas a viverem seus melhores momentos, a Localiza e o Grupo Corpo, promovem aulas virtuais de dança, abertas ao público. Com transmissão pelo YouTube às sextas-feiras do mês de maio, sempre às 19h30, os participantes serão orientados em exercícios de alongamento, flexibilidade e pequenas sequências coreográficas, com o objetivo de levar descompressão e leveza aos participantes. "A ideia é proporcionar um pouco de conforto às pessoas nesse momento tão difícil que estamos vivendo. As sequências coreográficas ensinadas são simples para que sejam acessíveis a todos. E o nosso desejo é ter cada vez mais pessoas dançando com o Corpo", pontua Claudia Ribeiro, diretora de programação do Grupo Corpo.

HOMENAGEM
a Beth Carvalho

Nesta quarta-feira, às 19h, a cantora e compositora Carla Rio, fará uma live em homenagem à Beth Carvalho com participação especial de Dudu Nobre, afilhado da madrinha do samba. A transmissão será diretamente no Instagram da artista (@carlariooficial) e também contará com a presença de Alceu Maia, seu cavaquinhista e produtor musical. Neste dia, Beth Carvalho completaria 75 anos de idade.
 
Quarta-feira é vez do artista plástico Fernando Pacheco estrear nova idade.(foto: arquivo pessoal)
Quarta-feira é vez do artista plástico Fernando Pacheco estrear nova idade. (foto: arquivo pessoal)
 
 
Cultura e 
cidadania

A 4ª Edição do Festival Cultura & Cidadania Circula vai acontecer de forma virtual nos meses de maio e junho, oferecendo espetáculos e oficinas gratuitos para o público em geral, em especial para os moradores de sete cidades das Vertentes - Barbacena, Barroso, Dores de Campos, Prados, Santa Cruz de Minas, São João Del-Rei e Tiradentes. No programa estão seis espetáculos teatrais - “A briga da onça e do tatu”, com Teatro do Rinoceronte/SP; “Diferències", com Trifacirc/Espanha; “O caso do bolinho”, com O Quintal da Guegué/MG; “Segunda chamada”, com Galpão Cine Horto/MG; “A maré tá cheia”, com Alessandra Visentin/MG; “Iu Tubo”, com Cia de Inventos/MG, que serão disponibilizados no canal do projeto youtube.com/culturaecidadaniacircula. A programação inclui também seis oficinas - Escultura e modelagem em argila;  Imaginação e letras; Música para brincar; Deixa que a gente conta!; Histórias - muito mais do que palavras; e Viagem musical; ministradas, ao vivo, por meio do aplicativo Zoom, mediante inscrição prévia. Mais informações pelas redes sociais 
Instagram e Facebook @culturaecidadaniacircula .

PRÊMIO
de design

Estão abertas as inscrições para a quarta edição do Prêmio de Design Instituto Tomie Ohtake -Leroy Merlin que tem como tema o verbo acolher. O prêmio é voltado para universitários e recém-formados de todas as áreas, busca premiar propostas que articulem o design com outras áreas, como comunicação, arquitetura, biologia, engenharia, moda, tecnologia, economia, física, educação, matemática, química, entre outras. Ao todo, 10 proponentes serão selecionados e ganharão a verba de R$ 6 mil cada, para a realização do protótipo de seu projeto que será exposto no Instituto Tomie Ohtake. Além disso, três projetos, dentre aqueles presentes na exposição, receberão como prêmio cursos livres em instituições internacionais (com passagem, hospedagem e alimentação inclusos). As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo sitehttp://premiodesign.institutotomieohtake.org.br/ 
até 31 de maio.  
 
ANIVERSÁRIO
prestigiado

Apesar da crise que o setor de turismo está atravessando, Teresa Perez está em momento de celebração porque sua Tereza Tours completa 30 anos e sua revista The Traveller chega centésima edição. Esta dupla comemoraçõa será marcada por uma edição especial na qual Tereza selecionou 100 experiências que os amantes de uma boa viagem não podem deixar de viver. Sugestões preciosas e fascinantes para viajar quando for o momento ideal. Arte, natureza, viagens conscientes, cultura e história, isolamento, lua de mel, esportes, famílias, gastronomia e fé são alguns dos temas selecionados pela profissional. A Teresa Perez Tours é especialista em criar e reinventar roteiros personalizados. A fundadora, Teresa Perez, e Tomas Perez, presidente da agência, são membros do conselho do mundialmente renomado Grupo Four Seasons, no qual discutem tendências e qualidade dos serviços, dentre outros assuntos do setor.


BARTENDER
na pauta

Em uma final histórica que demandou muita criatividade e inovação, Bianca Lima foi consagrada a melhor bartender do Brasil, depois de ganhar a etapa nacional do World Class Competition, considerado o maior campeonato de coquetelaria do mundo, organizado pela Diageo. Os desafios foram enviados pelos finalistas no dia 20 e avaliados pelo júri no dia 21. Já a grande final e o anúncio do vencedor foi dia 26 e, pela primeira vez, realizada à distância, em formato digital. Bianca representou o Wills Bar, de Porto Alegre, e representará o país na grande final mundial do campeonato, que acontecerá entre os dias 4 e 8 de julho, também em formato virtual.

EXPOSIÇÃO
Enciclopédia Negra

A Pinacoteca de São Paulo inaugurou ontem a exposição Enciclopédia Negra. A mostra torna pública as 103 obras realizadas por 36 artistas contemporâneos para um livro homônimo, de autoria dos pesquisadores Flávio Gomes e Lilia M. Schwarcz e do artista Jaime Lauriano, lançado em março, pela Companhia das Letras. No livro, estão reunidas as biografias de mais de 550 personalidades negras, em 416 verbetes individuais e coletivos. Muitos desses personagens tiveram as suas imagens e histórias de vida apagadas ou nunca registradas. Para interromper essa invisibilidade, 36 artistas contemporâneos foram convidados a produzir retratos dos biografados. A exposição Enciclopédia negra ocupa três salas no segundo andar da Pina Luz, e segue até novembro de 2021. 
 
BOLSA
bolha fashion

Na semana passada comentamos aqui sobre o novo varejo fashion, onde as fusões e associações de grandes empresas acabou movimentando a Bolsa de Valores. A nova sinalização está valorizando esses ativos e fazendo algumas empresas do setor saírem de situação de penúria – caso da Hering, comprada pelo Grupo Soma (Animale, Farme, etc). Segundo os analistas de mercado é apenas o começo, pois até quem não é especificamente do segmento vai entrar com tudo no assunto. São as chamadas ‘camadas de diversificação’. A grande pergunta do momento é: como ficarão as pequenas e médias empresas do circuito fashion?
 
OSCAR
festa no vazio

Com estações de encontros dos indicados em vários pontos do globo, o Oscar 2021 foi ao ar exalando ares estranhos para todos os lados. Para começar, as reuniões com numero reduzido de convidados (em razão da Covid-19) ficaram extremamente frias e sem graça. Os números musicais, idem. Para completar, ausências importantes diminuíram importância do evento – caso do próprio vencedor Melhor Ator, Anthony Hopkins, impedido de se apresentar pelo zoom. O lado fashion das beldades, resultou em cenas forçadas e modelitos bobos.Para completar, a lista de obras e segmentos premiados deve ter sido a mais esquisita de toda a história do Oscar. Uma edição para se esquecer – para sempre.
 
MERCADO DO
ouro

Os três primeiros meses de 2021 foram aguardados com ansiedade por Jéssica Garcia, fundadora da Detelle, marca mineira de joias com produção artesanal focada em gemas preciosas com venda exclusivamente online.A insegurança gerada pela crise econômica somada aos meses de início de ano – conhecidos por serem de pouca movimentação no comércio – fez com que Jéssica se preparasse para uma baixa de vendas. Não foi o que aconteceu. O primeiro trimestre de 2021 vendeu 112% a mais que no mesmo período de 2020 – lembrando que janeiro e fevereiro de 2020 ainda eram pré-pandêmicos, o que deixa esse crescimento ainda mais expressivo. E parece que os bons ventos não sopraram só para Detelle. Recentemente o Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos (IBMP) divulgou que a venda online de joias no Brasil cresceu cerca de 80% em todo ano de 2020. Talvez a história possa explicar alguma coisa - possuir metais preciosos sempre foi sinônimo de reserva de valor, desde os egípcios, passando pela época em que o ouro foi padrão monetário (no final do século XIX) até em guerras mundiais. Por mais que tenhamos outras formas de aplicar dinheiro, parece que algo ficou em nosso inconsciente coletivo, e faz com que, em crises econômicas, a sensação de adquirir peças em ouro traga segurança. O consciente também entra nessa: sabemos da capacidade do ouro em manter seu valor elevado. Por séculos está sendo assim. Para Jéssica Garcia, o bem-estar provocado pela aquisição de uma joia com simbolismo somada à sensação de solidez que o ouro e os minerais trazem podem justificar este crescimento.“As joias tem um papel fundamental na criação de memórias afetivas, passam de geração em geração, tem a questão de marcar ciclos e jornadas. Além de termos a certeza de que é eterna, o que carrega o sentimento de permanência e imutabilidade - acredito que é tudo o que queremos neste período onde tudo parece frágil e incerto”, conclui a designer.
 
APLICATIVOS
padrão em queda livre

Vira e mexe os aplicativos de transporte voltam a ser assunto – quase sempre de modo negativo. Agora o que está preocupando quem recorre ao Uber, são os carros em péssimo estado de conservação e adequação dos condutores. Amigo da coluna já contabilizou várias vezes em que chegou carro abalroado, acessórios internos colados com adesivos, pintura descascada, estofado rasgado, etc. Só tendo muita coragem para entrar ali. Sem contar que um condutor confessou usar a hora do café na obra da construtora para ganhar mais – devidamente ‘ ornamentado’ com bonés sujos, rebocos salpicados e roupa em farrapos. Uma triagem sistemática, traria beneficio para todos.
 
PLANOS DE SAÚDE
deficiências crônicas

As distorções que os planos de saúde cometem, acabam criando situações esdrúxulas. Cliente de um dessas cooperativas, pagadora de classe premium, tentou marcar médico em uma determinada especialização – e só conseguiu horário para agosto. Isto é, para daqui quatro meses. Desesperada, tentou a sorte e testou mesmo serviço oferecido pelo SUS – e conseguiu sua marcação em tempo muito menor. A sensação de que joga fora uma pequena fortuna todo mês, foi inevitável. Sem contar que as portarias dos hospitais dessas cooperativas, parecem mais entrada de pronto-socorro publico - tamanha a quantidade de pessoas esperando atendimento. E as vantagens dos planos cada dia aumentam mais. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade