Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Quer ter cabelo longo e saudável? Saiba o que não fazer nas suas madeixas

Entrar na piscina com o cabelo seco ou dormir com o cabelo molhado estão entre as dicas


28/04/2021 04:00

Começar a desembaraçar as madeixas pelas pontas e retirar totalmente resíduos de produtos estão entre as dicas para ter um cabelo saudável(foto: MF Press Global/REPRODUÇÃO)
Começar a desembaraçar as madeixas pelas pontas e retirar totalmente resíduos de produtos estão entre as dicas para ter um cabelo saudável (foto: MF Press Global/REPRODUÇÃO)

Redes de TV deixam bem claro que os cabelos compridos estão em plena moda. De preferência jogados de um lado do ombro, o outro lado fica livre. Às vezes, a tendência até que combina com a usuária, mas nem sempre é muito legal. A graça maior da tendência é que não se sabe se a razão é o fechamento dos salões de cabeleireiro ou se é porque é moda mesmo. Vai entender quem quiser.

O lado importante dessa moda de cabelão é que a temporada não está tão fácil assim, uma vez que cuidar dos cabelos em casa não é para todas as mulheres. Mas cuidados, mesmo fáceis, são fundamentais para manter a saúde e a beleza das madeixas. Mas, muitas vezes, você pensa que está tomando os cuidados necessários, mas, na verdade, está prejudicando os fios. Dessa forma, recorre a produtos e tratamentos que poderiam ser evitados com gastos desnecessários se conhecesse algumas medidas simples. Mas não se preocupe, abaixo listamos cinco dicas do que não se deve fazer no cabelo.

1. Entrar na piscina com o cabelo seco
Entre com o cabelo bem molhado e com protetor solar para minimizar os danos provocados pela química presente na água. Quando você entra na piscina com o cabelo seco, ele acaba absorvendo toda a química existente na piscina, danificando a fibra. As louras precisam ser mais cautelosas. O contato dos fios dourados com o azul do sulfato de cobre da água da piscina acaba criando uma terceira cor: o indesejado verde. Quando isso acontece, o ideal é procurar um salão para usar o produto adequado para remoção. Uma dica caseira emergencial é passar ketchup ou extrato de tomate no cabelo, uma vez que, na colorimetria, a alta concentração de vermelho neutraliza a cor verde.

2. Dormir com o cabelo molhado
Dormir com o cabelo molhado abafa o couro cabeludo e altera a sua microbiota, provocando o aumento de bactérias e doenças no couro cabeludo. Além disso, quando os fios estão molhados, a queratina fica mais amolecida e dormir ou inclusive prender ele molhado acaba deixando os fios amassados e fragilizados, correndo risco de quebra e de queda.

3. Dormir com o cabelo solto
Desde que eles estejam secos, dormir com o cabelo preso é uma ótima opção, sobretudo para cabelo comprido ou cacheado. Quando solto, o atrito da fibra com o lençol acaba trazendo um desgaste muito grande, aumentando o aparecimento de pontas duplas e a porosidade do fio. Para obter melhor resultado, prenda delicadamente com grampo ou com elástico de tecido para não maltratar o fio ou use uma touca de cetim e passe antes um finalizador ou um óleo. Um costume antigo que voltou à moda é a touca tradicional em que você prende todo o seu cabelo para um lado com um grampo e depois inverte. É uma maneira saudável que está ressurgindo, sem a necessidade de uso de químicas e equipamentos modeladores, deixando o seu cabelo impecável ao acordar.

4. Ficar muito tempo sem lavar
Evitar lavar o cabelo para manter o babyliss ou uma escova prejudica os fios. O tempo máximo para ficar sem lavá-lo é de três dias, mais que isso já não é saudável.

5. Começar a pentear pela raiz
Desembaraçar as pontas primeiro e depois a raiz é importante para evitar a quebra dos fios. Portanto, sempre penteie de baixo para cima. 

Além desses cuidados, um muito importante é retirar todo o shampoo dos cabelos ao lavá-los, principalmente debaixo do chuveiro. Restos do produto fazem com que o couro cabeludo fique coçando muito.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade