Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

COVID-19 provoca problemas que ninguém consegue acreditar que existam

Na pandemia, pessoas estão aprendendo a viver sem consumir nada, a não ser o essencial, principalmente quando sobra algum dinheiro


06/04/2021 04:00


Fui falar aqui que ando procurando um creme contra manchas senis que logo me apareceu a indicação de um produto que cuida do problema e de outros semelhantes. Só tem um detalhe complicado: como a indicação vem de São Paulo, o tal creme não é encontrado por aqui. Principalmente nesta época em que as pessoas têm que aprender a viver sem consumir nada, a não ser o essencial, principalmente quando sobra algum.

A COVID-19 tem provocado problemas que ninguém consegue acreditar que existam. Só para contar um deles, que não deve ser raro, conheço uma professora da PUC que dava muitas aulas mensais. Como as aulas passaram a ser dadas a distância, os alunos praticamente sumiram e as classes diminuíram. Resultado: o salário, que dava para a sobrevivência da professora, encolheu e ela está recebendo mensalmente R$ 2 mil. Praticamente o mesmo que uma doméstica. Como não pode sair da PUC porque faltam apenas dois anos para que ela se aposente, vai vivendo como pode. E seja o que Deus quiser.

Voltando ao consumo do que pode ser caracterizado como supérfluo, vamos falar de cremes. Caracterizado pelo surgimento de manchas escuras no rosto, o melasma é uma condição que afeta grande parte das mulheres, principalmente aquelas em idade fértil. Infelizmente, o melasma ainda não tem cura, mas pode ser tratado através do uso de cosméticos clareadores, que devem ser escolhidos de acordo com a gravidade da condição.

Por exemplo, para o controle, prevenção e tratamento do melasma de grau 1, marcado por manchas superficiais pequenas de tonalidade média clara, pode-se apostar no Clarivis Nia 10, desenvolvido pela marca italiana de dermocosméticos Ada Tina Italy.

“O Clarivis Nia 10 é um sérum clareador, iluminador e antissinais capaz de promover potente uniformização e clareamento da pele, além de também reduzir sinais de envelhecimento, como rugas e linhas de expressão, sendo ideal para atuar no controle, prevenção e tratamento do melasma de grau 1”, explica o farmacêutico Maurizio Pupo, diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da empresa italiana.

Com toque seco, leve e confortável, o Clarivis Nia 10 traz como principal destaque em sua formulação a niacinamida a 10% combinada ao ácido hialurônico de baixíssimo peso molecular. “Presente na composição do produto em uma altíssima concentração, a niacinamida age reduzindo significativamente a aparência das manchas, graças à sua alta eficácia despigmentante e clareadora, além de também conferir ação anti-idade adicional, reduzindo rugas, linhas de expressão e flacidez devido às suas propriedades antioxidantes e antiglicantes”, destaca o especialista.

“Por sua vez, o ácido hialurônico de baixíssimo peso molecular promove o estímulo de colágeno e da produção natural de ácido hialurônico, assim aumentando a firmeza da pele, reduzindo rugas e linhas de expressão, conferindo efeito preenchedor e hidratando o tecido cutâneo”, completa Maurizio.

Dessa forma, o Clarivis Nia 10 é altamente eficaz no tratamento do melasma de grau 1, clareando as manchas, uniformizando a tonalidade e aumentando a iluminação da pele, além de combater e prevenir as alterações que surgem no tecido cutâneo devido ao processo de envelhecimento. “Indicado para ser usado por todos os tipos de pele, incluindo maduras e oleosas, o produto deve ser aplicado diariamente sobre a pele previamente limpa e seca. É importante ainda combinar o uso do creme à aplicação diária de um fotoprotetor capaz de oferecer proteção contra a radiação solar por 12 horas, visto que a fotoproteção é uma etapa fundamental no tratamento, controle e prevenção do melasma”, finaliza o diretor de Pesquisa e Desenvolvimento da Ada Tina Italy.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade