Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Anna aos domingos

Prêmio merecido


17/01/2021 04:00

(foto: divulgação)
(foto: divulgação)


Pelo segundo ano consecutivo, a árvore de Natal do Tivoli Mofarrej São Paulo foi eleita a melhor de São Paulo, na categoria Hotéis, pelo Concurso Cidade Iluminada São Paulo 2020, realizado com apoio da prefeitura da cidade de São Paulo. Vencedora na categoria hotéis pelo júri popular, a árvore, assinada pela designer e pesquisadora Maria Fernanda Paes de Barros,  foi 100% feita a mão, valorizando as matérias-primas regionais da Amazônia, a não degradação do meio ambiente e a riqueza imaterial do povo brasileiro. O conceito da obra teve como objetivo trazer leveza e simplicidade às festividades de fim de ano. A base de madeira da obra se assemelhava à estrutura de uma oca e fazia alusão a uma manjedoura – símbolo do acolhimento, da vida, do abrigo, da proteção, do sonho e do futuro. A estrutura feita em jequitibá-rosa maciço recebe fios de algodão tingidos com açafrão, e fios de buriti tecidos pelas mulheres da aldeia Kaupüna, da etnia mehinako, no Alto Xingu. Para confeccioná-los, elas vão de barco colher a palha da palmeira, depois limpam, separam e deixam secar. Separam fios finíssimos e aos poucos vão enrolando-os com o vaivém das mãos sobre a coxa. 
 
 
COLHEMOS
o que plantamos

Enquanto a vacina não chega, e não se define se vai ter duas doses dentro do prazo correto para quem está na primeira “lista” para receber a tão esperada imunidade, lá vamos nós apertar o cinto de novo, em termos de reclusão. Porque apesar de a COVID-19 não ter acabado, tinha dado uma “arrefecida”, e afrouxamos um pouco a quarentena. Mas, infelizmente, o brasileiro só olha o próprio umbigo, ou melhor, acho que nem isso ele olha mais. A maioria das pessoas saiu, foi para bares, restaurantes e viajou como se nunca tivesse tido pandemia. A máscara era acessório para inglês ver. E o resultado estamos vendo. Um aumento significativo de doentes e, infelizmente, mais mortes. Porém, o que mais nos admirou foi ter notícia de pessoas que viajaram sabendo que estavam contaminadas. Isso é uma total falta de responsabilidade e consciência. Se é de carro, contamina pessoas e locais onde faz parada, e os hotéis onde se hospeda. Se é de avião, contamina todos os passageiros. Não foram poucos os casos desse tipo relatados à coluna.

APPLE
na berlinda

Primeiro, foi um dos notes da Apple proibido de entrar em aviões porque sua bateria explodia em grandes altitudes. Para a marca, não foi nada bom, em todos os voos comerciais, os passageiros ouvirem o alerta. Agora chegou a vez do iPhone 12. Parece que o mais recente celular da marca pode parar o desfibrilador implantável. Pelo menos é isso que saiu publicado em artigo recente na revista Heart Rhythm. Os médicos descrevem como desligaram a função de desfibrilador cardíaco potencialmente salva-vidas de um dispositivo Medtronic implantado, simplesmente segurando um iPhone 12 próximo a ele. Os autores não tinham nada pessoal contra a Medtronic, ou, por falar nisso, contra o novo iPhone. A principal razão pela qual escolheram o telefone foi por ele ser compatível com algumas das novas tecnologias mais avançadas disponíveis para várias comunicações e carregamento baseados em magnéticos. Fica agora o problema para ser resolvido pelas duas empresas.
 
(foto: Divulgação)
(foto: Divulgação)
 

NOVA
embaixadora

A Louis Vuitton anunciou sua nova embaixadora global, a tenista campeã Naomi Osaka. Multifacetada, independente e moderna, Naomi é uma das tenistas mais influentes de todos os tempos, representando perfeitamente a mulher Louis Vuitton. Ela fará sua estreia na campanha da coleção Women’s Spring-Summer 2021, fotografada por Nicolas Ghesquière, diretor artístico das coleções femininas da grife. “Além do tênis, uma das minhas paixões é a moda, e não há marca mais icônica do que Louis Vuitton. É uma honra trabalhar com Nicolas, ele é um designer que eu admiro muito e compartilhamos um amor mútuo pelo estilo e cultura do Japão. Ser embaixadora da maison é realmente um sonho que se tornou realidade”, diz Osaka.
 
CRUZEIROS
naufrágio no seco

O coronavirus continua destruindo vidas e empresas mundo afora. Um dos setores mais atingidos pela pandemia foi o de cruzeiros marítimos, e, por isso mesmo, vários navios de passeio tidos e havidos como maravilhas dos mares estão, agora, sendo destruídos em estaleiros indianos. No momento, consta que 13 deles estão sob ações de desmanche e revendidos como sucatas – pois não há perspectivas de retorno breve da doce via al mare.  O pior é que alguns tinham sido redecorados ou restaurados há menos de cinco anos. Naufragaram na seca do dinheiro e no abismo da peste.
 
Sarah Vaintraub e Sérgio Rogério de Almeida, que fez aniversário ontem (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press.)
Sarah Vaintraub e Sérgio Rogério de Almeida, que fez aniversário ontem (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press.)
 
 
POR AÍ....

O inverno 2021 começa no circuito fashion mineiro. Quem lança o seu no dia 18 é a grife Iorane Rabello, sob o tema ‘Believe in magic’.

Já a Anne Fernandes mostra sua mais recente coleção resort, encerrando oficialmente sua temporada de verão 20/21. A estratégia adotada pela grife está transformando a marca de Luciana e Anne Fernandes em uma das mais disputadas no nosso circuito.

Enquanto isso, o mês de fevereiro será aberto pela Skazi com o lançamento da SClub no dia 2 – com direito a flashes virtuais. Na mesma data, será o lançamento da TD (marca de pronta entrega da Tufi  Duek, agora sob gestão do grupo Skazi). Como se vê, a moda se movimenta.

O produtor Rodrigo Cezário às voltas com a Inspiramais, evento de moda voltado paraa debates, tendências e negócios de moda. A novidade é que desta vez será tudo digital. Embora as datas oficiais sejam 26 e 27 de janeiro, a iniciativa se estenderá muito além, como plataforma de negócios, incluindo mostruário e vendas de produtos pelo e-commerce.

As semanas de moda de Paris (masculino e alta-costura), marcadas para a segunda quinzena deste mês, tiveram seus desfiles presenciais cancelados. Como na estação passada, tudo será via internet. Até a ótima exposição sobre os 50 anos de morte de Chanel, no Museu Galliera, agora só poderá ser acompanhada virtualmente. 
 
Lilian Furman, o aniversariante do dia, Remo Peluso, Lúcia Ribeiro e Maria Inez Modenesi(foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press.)
Lilian Furman, o aniversariante do dia, Remo Peluso, Lúcia Ribeiro e Maria Inez Modenesi (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press.)
 
 
GENTE NOVA
no pedaço

Quem está rindo à toa é Naty Vasconcelos e o maridão, Alexandre Machado. Nasceu, no dia 8, o segundo filho do casal, Daniel, de parto natural. O irmão Davi está todo contente, assim como os vovós corujas Adriana e Elói Oliveira e Silvana e José Alberto Machado.

MATER DEI
ganha na segurança

A Rede Mater Dei de Saúde acaba de merecer outra classificação de alta conformidade na avaliação das Práticas de Segurança do Paciente no ano de 2020, nas unidades Contorno e Santo Agostinho. Esse certificado é decorrente de uma avaliação realizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) com base em 21 indicadores de estrutura e processos. Para a Anvisa, é uma estratégia importante para a cultura de segurança, que enfatiza a gestão de risco, o aprimoramento da qualidade e a aplicação de boas práticas dos serviços de saúde. De acordo com a gerente de qualidade da Rede Mater Dei, Marília Fátima Costa, esse certificado é de grande importância, pois valida a gestão de risco e as práticas de segurança do paciente da Rede: “Receber esse certificado como organização de alta performance em segurança do paciente é um reconhecimento de grande importância para todos nós. Ele mostra que estamos no caminho certo e o quanto essa organização é segura. Mesmo diante dos desafios da pandemia do novo coronavírus em 2020, conseguimos manter as práticas de segurança, todas de acordo com o que é estabelecido pela Anvisa e normas acreditadoras”, diz a gerente.

ANOS LOUCOS
segunda onda

Análises publicadas na mídia mundial apontam o iminente período pós-virus como os novos Anos Loucos – numa referencia à década de 1920, onde tudo mudou após a 1ª Guerra e a gripe espanhola. A maioria se esquece, porém, de que assim como propiciou o surgimento da intensa, criativa, alegre e livre (e  sofrida) República de Weimar, na Alemanha, também gestava em seu ventre o embrião do nazismo. Agora, com o Ocidente ávido por se transformar  em uma imensa Weimar, algo inquietante paira no ar.
 
TRUMP
dinheiro garantido

Nos milhões de considerações que imprensa e redes sociais fizeram sobre a turma arruaceira de Trump e sua invasão ao Capitólio como risco ao sistema democrático ocidental, um fato de importância capital (literalmente) passou despercebido. É que no seu indulto natalino, o presidente americano salvou a pele e o bolso perdoando xeiques & similares biliardários acusados de crimes nos EUA. Algo que deve, digamos, compensar o congelamento de seu dinheiro pelos bancos, que, antes, eram seus aliados – e agora viraram inimigos jurados.
 
MACRON
veto via soja

Na semana passada, comentamos aqui sobre a briga dos produtores rurais franceses contra a soja brasileira – com o fraco argumento de que o produto sai de áreas desmatadas da Amazônia. O assunto rendeu e o próprio presidente Macron entrou no assunto – reforçando o argumento duvidoso. Segundo os especialistas,  desde 2008, o Brasil não planta soja nas áreas citadas por eles, pois o aumento da produção é fruto da tecnologia transformada em alta produtividade. Na verdade, no fundo de tudo isso está  a tentativa de bloquear o tratado com os europeus –  cuja agricultura é altamente subsidiada.
 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade