Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Conheça técnicas eficientes para definir as maçãs do rosto

Veja as dicas da médica Beatriz Lassance, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica


17/11/2020 04:00


Com o passar dos anos, nosso rosto sofre uma série de alterações devido ao processo natural de envelhecimento, como o surgimento de rugas, manchas e flacidez. No entanto, uma alteração desse processo menos discutida, mas que incomoda muita gente, é a perda da definição das maçãs do rosto.

“Além da reabsorção dos compartimentos de gordura, da perda de firmeza e elasticidade da pele e da queda da musculatura, fatores que levam ao surgimento de flacidez com consequente diminuição do contorno facial e da definição das maçãs do rosto, o processo de envelhecimento também faz com que os ossos percam espessura e projeção, o que torna as maçãs do rosto mais apagadas”, explica a médica Beatriz Lassance, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery.

Para quem deseja rejuvenescer a aparência e recuperar o contorno e a harmonia facial, a boa notícia é que já existem procedimentos capazes de devolver a definição às maçãs do rosto. A especialista listou alguns desses tratamentos, que publicamos hoje.

Preenchimento injetável: Uma das alternativas para repor os compartimentos de gordura, tratar a perda óssea e repor o volume das maçãs do rosto é a aplicação de substâncias preenchedoras. Segundo a cirurgiã, o procedimento é realizado por meio de agulhas ou microcânulas, o que diminui o desconforto e riscos de hematomas, que injetam as substâncias preenchedoras diretamente sobre a região para ressaltar a estrutura.

“As substâncias utilizadas vão variar de acordo com as necessidades do paciente. Geralmente, o preenchedor mais utilizado é o ácido hialurônico. Mas também podemos utilizar a hidroxiapatita de cálcio e poli-caprolactone, que, além de volumizar, estimulam a produção de colágeno”, completa a especialista. O procedimento, que não deixa cicatrizes, tem resultados visíveis imediatamente, mas o ideal é que o preenchimento seja feito gradativamente e em mais de uma sessão para que não haja o risco de hipercorreção.

Como as substâncias utilizadas normalmente são absorvíveis, o preenchimento não é permanente e dura cerca de um a dois anos, podendo ser realizado novamente após esse período caso o paciente deseje”, destaca a especialista.

Lipoenxertia: É uma técnica similar à aplicação de preenchimento, mas que utiliza a gordura do próprio corpo do paciente para preencher, definir e dar volume à região das maçãs do rosto. “Para isso, a gordura é retirada através de lipoaspiração, que também ajuda a afinar e definir a região onde é realizada, sendo, em seguida, tratada para remover sangue e outros resíduos celulares. Após o tratamento, a gordura é enxertada na região das maçãs do rosto através de pequenas agulhas, o que é feito em centro cirúrgico”, diz Beatriz Lassance.

“A vantagem desse tipo de procedimento é que a gordura possui baixa probabilidade de ser rejeitada pelo organismo e promove resultados mais naturais e quase permanentes, pois apenas cerca de 40% do volume total é reabsorvido. No entanto, por ser retirada do próprio corpo do paciente, a gordura está sujeita a alterações naturais do próprio corpo”, explica a médica.

Implante de prótese malar: Para quem procura por resultados realmente permanentes, uma opção interessante é o implante de prótese malar, que consiste na inserção de próteses de silicone nas maçãs do rosto para conferir definição e contorno à região.

“Apesar de ser uma intervenção cirúrgica e, logo, mais invasiva, a técnica promove resultados naturais e satisfatórios, mas exige um tempo de recuperação. No entanto, o resultado definitivo pode demorar para ser visível, pois após a cirurgia é comum o surgimento de inchaço e hematomas na região”, diz Beatriz Lassance.

Porém, lembre-se: antes de optar por qualquer procedimento, o mais importante é consultar um cirurgião plástico, que poderá realizar uma avaliação e indicar o tratamento mais adequado. “Em casos em que há grande grau de flacidez combinada à perda óssea e dos compartimentos de gordura, apenas a realização de preenchimento, lipoenxertia ou implante de prótese malar não serão suficientes para realmente ressaltar as maçãs do rosto e recuperar o contorno facial. Será necessário fazer a associação com outros tratamentos rejuvenescedores, como o lifting facial”, finaliza a cirurgiã plástica.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade