Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas Anna aos domingos

Empresa nova em Minas

A Virtual Events Management é especializada em realização de eventos híbridos e virtuais


23/08/2020 07:40 - atualizado 23/08/2020 07:45

 Alexandre Birman, CEO da Arezzo&Co(foto: divulgação)
Alexandre Birman, CEO da Arezzo&Co (foto: divulgação)

Nesta terça-feira, das 17h às 20h, Karla Delfim, Natália Cotosck e Roger Teles lançam em um evento virtual a mais nova empresa da cidade, a Vem – VEM – Virtual Events Management, especializada em realização de eventos híbridos e virtuais. A plataforma é uma iniciativa de três empresas consolidadas no mercado mineiro de eventos presenciais, que viram a necessidade de atender à realidade imposta pela pandemia: manter o setor de eventos aquecido, com medidas de segurança e distanciamento social. A proposta é entregar um projeto completo: assessoria na organização e um sistema de ponta para gestão de inscrições, interatividade, captação e transmissão de eventos de qualquer porte e modalidade. Pelo que já disse e vai mostrar na terça-feira, com certeza esse trio vai colocar Minas no cenário tecnológico nacional. A transmissão do lançamento é gratuita e para participar basta se inscrever no site www.vemevents.com .

CEC PRECISA    
de ajuda     

Pedido que divulgo com a maior sensibilidade é o que me faz Victor de Almeida, presidente do Centro de Estudos Cinematográficos (CEC). A razão é mais do que sentimental: o CEC foi criado por Cyro Siqueira e se tornou um assunto com prestígio nacional. Recado de Victor: “A questão é a seguinte: diante da dificuldade de encontrar um parceiro, estou empenhado em construir um corpo de mantenedores do CEC. Queria saber se você poderia participar. A ideia é ter um recurso suficiente para o pagamento do aluguel de uma sede onde colocar nosso acervo, instalar um serviço de internet e custear outras despesas. A ideia tem tido boa receptividade e as pessoas estão concordando em fazer uma contribuição de no mínimo R$ 50 por mês”.  É claro que estou na parada. 

RONALDO FRAGA
 
Um restaurante de Salvador, Pasta em Casa, está voltando a funcionar e os clientes têm uma atração extra. As paredes da casa estão mostrando uma instalação exclusiva de painéis, em estilo lambe-lambe, criados pelo mineiro amigo da casa Ronaldo Fraga. As paredes são só o começo dessa collab de amor entre Ronaldo Fraga e o Pasta em Casa. A arte do estilista em breve estará estampando também uma linha especial e exclusiva de louças: pratos, bowls, canecas e pratos de bolo, que entrarão em produção e devem chegar ao Garimpo do Pasta, a lojinha de peças especiais que fica no restaurante.
 
CARDIOLOGISTA MINEIRO   
recebe convite   

O cardiologista mineiro Marcus Vinícius Bolívar Malachias acaba de retornar a BH depois de concluir um pós-doutorado em cardiologia no Brigham and Women's Hospital, da Harvard Medical School, em Boston. Marcus, que é também Ph.D pela USP e já foi presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, foi convidado e já assumiu a posição de governador do Capítulo Brasil do American College of Cardiology, ou seja, é o representante no Brasil da maior sociedade de cardiologia dos EUA.

MÁSCARAS
termômetro da anarquia

O conceito moderno de democracia disseminado pelo Ocidente (a partir do século 18) como a salvação do mundo, às vezes assume aspecto curioso – para não dizer dramático. A questão da obrigatoriedade de uso de máscaras diante da pandemia atual é um exemplo. Nos países ocidentais, o senso democrático levou a protestos contra essa lei – e o vírus chega com tudo em sua segunda onda mortal. No Oriente, onde a prioridade é a harmonia e nunca a anarquia, a máscara foi assumida, pacificamente, por todos – e as condições sanitárias preservadas para todos. Caso à parte, no Brasil virou queda de braço entre Executivo e Congresso.
 
LIVRO
durante quarentena

Um jovem de 17 anos acaba de lançar o livro Os quatro imigrantes, no qual conta a história de uma família afetada pela COVID-19. Daniel Karl é soteropolitano, mas vive em São Paulo há 4 anos, e se baseou na vivência de sua família na pandemia, depois de acompanhar o processo de recuperação do pai, que enfrentou o coro- navírus. Por enquanto, a obra está disponível em e-book.
 
PRÊMIO NOVO
para o Mater Dei

Com 18 meses de inauguração, e em um cenário extremamente desafiante, atendendo pacientes de altíssima gravidade, o Hospital Mater Dei Betim-Contagem recebe um prêmio reconhecendo sua excelente performance clínico-assistencial. A Unidade de Terapia Intensiva foi reconhecida como Top Performer pela Epimed Solutions, empresa especializada em gerenciamento de informações clínicas e epidemiológicas em terapia intensiva. O selo é dado em parceria com a Associação de Medicina Intensiva Brasileira (Amib). O Mater Dei foi reconhecido devido aos excelentes resultados clínicos com a utilização de uma alocação eficiente de recursos. Isto é, mais qualidade com um custo cada vez mais acessível a um maior número de pacientes. “Traduzimos qualidade em valor para o sistema de saúde, seja para pacientes, operadoras de saúde ou empresas contratantes dos planos de saúde para seus funcionários. Os números de performance são baseados na matriz de eficiência do Sistema Epimed Monitor, utilizado na UTI do Mater Dei Betim-Contagem. Das mais de 1000 UTIs em todo o Brasil que utilizam o sistema, apenas 8% delas receberam o selo de sustentáveis”, avalia o diretor-geral do Mater Dei Betim-Contagem, André Costa.

CURSO DE
cerveja

A aula inaugural do curso de sommelier de cerveja da Escola Mineira de Sommelieria foi na segunda-feira passada, mas aqueles que desejam aprender mais a fundo sobre o assunto ainda podem se inscrever, sem prejuízo do programa. O curso está acontecendo em sala virtual on-line, de acordo com os novos tempos. A experiência, já testada no início da pandemia, foi sucesso: além do conteúdo teórico, os alunos recebem em casa os rótulos de cervejas para as práticas de degustação e harmonização. Mais informações com Jaqueline Oliveira no e-mail emscerveja@gmail.com
/31.98402-6452.
 
 Alexandre Birman, CEO da Arezzo&Co(foto: divulgação)
Alexandre Birman, CEO da Arezzo&Co (foto: divulgação)
 
SUCESSO
cada vez maior

A Arezzo&Co, grupo das marcas Arezzo, Schutz, Alexandre Birman, Anacapri, Fiever, Alme e Vans, acaba de conquistar a certificação da consultoria Great Place to Work, que atesta a companhia como um excelente lugar para trabalhar. A certificação leva em consideração uma pesquisa de clima organizacional respondida pelos próprios colaboradores, que avalia essencialmente a confiança entre líderes e suas equipes. Atingindo a média 70, a empresa é certificada. O grupo superou essa pontuação, conquistando o selo digital da certificação, que simboliza o reconhecimento conquistado. "Proporcionar a Great Place to Work para nossos colaboradores é uma premissa para nós. Ter um bom ambiente de trabalho impacta na qualidade de vida das pessoas, na inovação, nos produtos e serviços e nos resultados de negócio, entre tantos outros fatores. Todos ganham. As pessoas, a empresa e os clientes", diz Alexandre Birman, CEO do grupo.

***

E eles não param. Acabaram de lançar o ZZ Mall, ecossistema digital de comportamento, moda e beleza que reúne todas as marcas, integrando experiência de compra e conveniência de curadorias e conteúdos. O nome da plataforma foi inspirado no "Z" da Arezzo, a mais antiga do grupo. Antes da crise provocada pelo coronavírus, a estimativa era de que a Arezzo&co detinha cerca de 35% do marketshare do segmento de calçados, passando para mais 50% no pós-pandemia. A plataforma já nasce com uma base de 10 milhões de clientes cadastrados, sendo 3 milhões ativos, que fizeram compras nos últimos 12 meses. No Instagram, os seguidores das marcas somam cerca de 13 milhões de pessoas.

MODA
em reality

O estilista Alexandre Herchcovitch, que entre os brasileiros do segmento é o de maior destaque no cenário da moda mundial, está participando do novo reality show do canal E! Entertainment, Born to fashion. Ele é um dos consultores do programa, que mostra os desafios de mulheres transgênero no mercado fashion. O reality garante que terá muita emoção, diversidade e surpresas ao longo da temporada. Todas as quintas, às 22h, no E!. 
 
BDFW
negócios virtuais

Com a proposta de conectar os lojistas aos fabricantes de moda nacional, a Brasil Digital Fashion Week acontece entre 21 e 25 de setembro. Outro objetivo é gerar negócios entre eles e movimentar toda a cadeia produtiva. Apresentado pelo Sebrae, será a primeira plataforma on-line brasileira a reunir uma feira virtual de atacado de moda, desfiles de marcas e conteúdos de palestras, cursos e painéis, totalmente gratuitos ao público. A BDFW é uma realização da Doopla Collab (leia-se Rodrigo Cezário e Natalia Azevedo), Romano Comunicação (do Thiago Romano) e da Transformação Digital, com apoios vários, como da CDL e Assintecal. Consta que será a primeira feira em ambiente virtual e pretende atrair 200 marcas expositoras, oferecer 20 conteúdos e nove desfiles – tudo com acesso gratuito do público.

PERDA 
de um amigo

Meu amigo sumido Palhano Júnior, ex-diretor do Departamento Cultural e Artístico (DCA) do Minas Tênis Clube, morreu na tarde da última segunda-feira em decorrência de uma infecção urinária e choque séptico. Durante muitos anos, ele comandou o movimento cultural do clube, época em que a cidade tinha poucos acontecimentos na área. Ele funcionou como comandante da cultura mineira de 1962 a 1986, a convite do empresário José Mendes Júnior, presidente do clube. José Martins Palhano Junior começou como atleta de natação, disputando prêmios de 1940 a 1950. E foi ele quem colocou Lorenzato na lista dos artistas prestigiados, pintor ítalo-brasileiro cujas obras, em tamanho pequeno, estão custando uma nota  nos últimos tempos.

BALANÇO
do setor têxtil

A Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) apresentou os números do setor no primeiro semestre de 2020, as ações em andamento e as expectativas para o fim do ano. Segundo o presidente da entidade, Fernando Valente Pimentel, o auxílio emergencial tem sido determinante para a evolução dos resultados do comércio, mas não é solução para a recuperação, pois não se sabe como vai ser o cenário quando houver o encerramento da medida, bem como da evolução da própria pandemia. A indústria têxtil e de confecção sofreu redução de 22% em sua produção no primeiro semestre de 2020, em relação a 2019. As importações recuaram 23,75% e as exportações, 8,44%. Perderam-se, nos primeiros seis meses, 70,9 mil postos de trabalho. A estimativa é de queda acumulada de 19,5% na produção e 19% nas vendas internas, com a perda de 79 mil empregos. Para 2021, a expectativa do setor é de uma retomada com perspectivas de que a produção cresça 8,1%, as vendas, 6,8%, as importações, 5,2%, e as exportações, 6,25%.
 
SABORES
trufas genéricas

O verão europeu sempre revela novidades – principalmente na gastronomia. Desta vez, foi a popularização do sabor trufado, isto é, oriundo das trufas negras extraídas do solo por cães e porcos. Uma iguaria. Como é algo caro, mas passou a valorizar mel, sorvete, perfume, doces e muito mais, a fiscalização desconfiou e baixou no comércio. Descobriu que o mínimo de essência exigido (1%) estava bem abaixo da lei. Resumo: muita gente está sendo enganada com um sabor, digamos, genérico.
 
CACHORRADA
raças urbanas

A nota publicada aqui sobre a escolha de cães mais adequados para ficar em casa em tempos de home office repercutiu intensamente. O que mostra o quanto a onda pet agrada muitos – mas perturba a vida de outros tantos. A saída é fácil: bastam leis regulamentando as raças apropriadas para a vida urbana atual. Só para comparar: houve um tempo em que até chiqueiros e galinheiros havia nos quintais, mas a vida moderna (e o mau cheiro para os vizinhos) levou à proibição de tais práticas. Basta boa vontade e juízo.
 
POR AÍ....

O mês de agosto vai chegando ao fim e a turma fashion vai se inquietando como o assunto Minas Trend. Além do estica-encolhe da liberação do comércio da capital, agora tem o quiproquó do hospital montado no Expominas. A saída do assunto pode vir no formato virtual.

Uma live realizada semana passada redirecionou os holofotes para dois empresários referenciais da moda brasileira dos anos 80 e 90: Tufi Duek (Forum) e Renato Kherlakian (Zoomp). Falaram sobre os novos tempos da indústria fashion, assinalando que a criação deu lugar ao cifrão.

O workshop Inspiramais acontece entre 25 e 27 de agosto, só que, desta vez, pela internet. Além das discussões sobre a moda, também as tendências do assunto para 2021. Quem quiser participar, já pode fazer sua inscrição virtual. 
 
CONFERÊNCIA
VIRTUAL

A Women's Music Event Conference RMX, que deveria ter sido realizada em março, foi totalmente reestruturada, ganhou formato híbrido e será transmitida ao vivo por streaming, para os quatro cantos do planeta, da Casa Natura, em 18, 19 e 20 de setembro. O conteúdo será o mesmo, com shows, painéis, oficinas, só que repensado para um mundo que vem passando por intensas transformações. Assim como seria na sua versão presencial, a participação é paga, mas todos os shows são gratuitos e serão transmitidos pelas redes do WME. 

Alexandra Medrado e Júnia Giannetti (foto: Barbara Dutra/divulgação)
Alexandra Medrado e Júnia Giannetti (foto: Barbara Dutra/divulgação)

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade