Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Templo de luxo, Galeries Lafayette reabre suas portas em Paris

Ícone de Paris, complexo da moda voltou a funcionar após a definição de protocolo de normas de segurança para clientes e funcionários


postado em 16/06/2020 04:00

Galeries Lafayette, uma das mais tradicionais de Paris, reabriu as portas em 30 de maio, após definição de protocolo de normas de segurança para clientes e funcionários(foto: ALAIN JOCARD/AFP)
Galeries Lafayette, uma das mais tradicionais de Paris, reabriu as portas em 30 de maio, após definição de protocolo de normas de segurança para clientes e funcionários (foto: ALAIN JOCARD/AFP)
Nós que estamos penando sem poder passar pelo menos parte de uma tarde perambulando dentro de um shopping, especulando o que as lojas estão mostrando e o que estão oferecendo de oferta depois de tanto tempo fechadas, podemos invejar Paris. Desde o fim do mês passado, dia 30, para ser mais exata, a icônica flagship da Galeries Lafayette, no Boulevard Haussamann, reiniciou suas atividades para o público. Após três meses fechada em virtude da crise deflagrada pela COVID-19, a administração da loja optou pela reabertura após incansável trabalho para definição de um protocolo de normas para manutenção da segurança de clientes e funcionários.

A loja de departamentos está funcionando todos os dias, das 11h às 19h. Obedecendo a instruções das instituições sanitárias, os três edifícios (Cúpula, L’Homme e Maison & Gourmet) terão número limitado de acessos simultâneos às suas estruturas, com a movimentação de pessoas sendo guiada por sinalizações claras dos pontos de entrada e saída, de forma que haja espaço suficiente para a proporção de uma pessoa para cada 10 metros quadrados. O uso de máscaras é compulsório, tanto para visitantes quanto para colaboradores. Higienizadores de mãos estão disponíveis nos mais diversos espaços da loja, que também conta com indicadores de chão para manutenção de distanciamento social adequado. Itens de vestuário que forem experimentados ficarão fora de circulação por algumas horas antes de retornar para exposição. Por ora, os restaurantes da loja permanecerão fechados, o que é interessante, porque bares e restaurantes da cidade estão funcionando normalmente, com as devidas precauções sugeridas pela pandemia.

Internacionalmente conhecida como um templo da cultura e do estilo de vida francês, a Galeries Lafayette Haussmann não poupará esforços para gerar conforto e segurança aos clientes e, neste momento, itens de mais de 2 mil marcas serão comercializados a 50% dos seus valores de venda. Também no sentido de comodidade uma série de serviços está disponível de forma on-line. Uma exclusive live shopping, com tour virtual, está ao alcance de clientes no site galerieslafayette.com. Serviços de pagamento virtual e reservas on-line também são opções bastante úteis para estes novos tempos.

De acordo com o CEO do Grupo Galeries Lafayette, Nicolas Houzé, “a maioria das lojas foi reaberta em 11 de maio, mas a situação de nossa flagship é particularmente significante. É um claro sinal aos franceses de que os negócios estão retomando a normalidade e nós estamos extremamente contentes com isso. Passamos as últimas semanas trabalhando lado a lado com autoridades governamentais para preparação da reabertura e, de forma determinada, estamos oferecendo aos clientes os mais altos padrões de expectativas sobre a experiência de compras numa nova era de serenidade”.

Só para completar as informações, as lojas, que são a cara e o endereço certo de todos os turistas que vão e retornam a Paris, têm mais de 120 anos de tradição. A Galeries Lafayette foi inaugurada em 1894, no Boulevard Haussmann. Hoje, é uma marca de notoriedade mundial, sinônimo de estilo parisiense e de elegância à francesa. Primeira loja de departamentos da Europa e com 70 mil metros quadrados (m2) em três edifícios, recebe, atualmente, cerca de 100 mil visitantes/dia. Internamente, são 15 mil m2 dedicados à moda, com 3.500 marcas renomadas. Marcas das mais acessíveis às grifes mais desejadas do universo fashion estão presentes, como Louis Vuitton, Chanel, Prada, Gucci, Burberry, Balenciaga, MiuMiu, M.A.C, Lancôme, Dior e Sisley. A todos os clientes, oferece serviços sob medida de alta qualidade, que inclui personal shoppers e atendentes que falam português, salões privativos, entrega de compras no hotel e orientação no serviço de reembolso de impostos (12%).

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade