Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas

Pequenas dicas ajudam a enfrentar o dia a dia

Amiga minha, grávida, passava xixi no cabelo. Médico dá dicas sobre mitos e verdades em torno de crendices populares


postado em 04/02/2020 04:00


Não faz muito tempo, amiga me contou uma curiosidade: quando ficou grávida e começou a perder os cabelos, sua mãe lhe ensinou a passar xixi na cabeça. Pode parecer doideira, mas a queda parou e eles começaram a crescer. Pequenas coisas do cotidiano assim passam sem muita atenção. Por causa disso, são curiosos os temas abordados por um médico do Hospital 9 de Julho, de São Paulo, não só sobre cuidados nesta época do ano como sobre crendices populares. O verão pede, mesmo, cuidados especiais. A seguir, falamos de mitos e verdades sobre eles:

Urina ajuda a curar queimadura de água-viva – Mito. É quase inevitável prevenir a queimadura caso uma água-viva entre em contato com a pele. Muitas pessoas acreditam que urina, limão e até água do mar podem auxiliar nesse processo, o que não passa de mito. A medida mais recomendada é lavar com água abundante, em temperatura ambiente, e procurar atendimento médico.

Limão mancha a pele – Verdade. Tanto o limão quanto outras frutas cítricas podem provocar essas manchas. Ao entrar em contato com o Sol, suas substâncias se tornam fototóxicas, causando manchas e queimaduras. Por isso, é importante lavar as mãos e os locais da pele que tiveram contato com o sumo.

Intoxicação alimentar é mais comum no verão – Verdade. O clima mais quente pode afetar a conservação de certos alimentos. Isso ocorre porque o calor facilita a proliferação de vírus e bactérias, fazendo com que o risco de contaminação alimentícia se torne maior.

Ficar com biquíni molhado favorece o aparecimento de doenças – Verdade. Nesta época do ano, ao emendar um passeio depois da saída da praia ou piscina, as mulheres acabam ficando com o biquíni molhado por longos períodos. Entretanto, a umidade constante e o abafamento da região se tornam cenários favoráveis para a proliferação de germes, podendo causar infecções e doenças como a candidíase. Leve outra muda de roupa na bolsa.

Usar óculos de sol sem fator UV é melhor do que nada – Mito. Óculos de origem desconhecida podem fazer mal à saúde dos olhos, pois não é possível comprovar sua qualidade e se de fato protegem os olhos. Além disso, lentes escuras não são sinônimo de proteção, pois podem permitir que grande quantidade de luz entre pela pupila, gerando danos futuros.

O calor prejudica o sono – Verdade. No inverno, usamos cobertor para nos aquecer. Entretanto, no verão, o corpo tem certa dificuldade para eliminar o calor e diminuir a temperatura, pois o ambiente também está quente. Isso gera desconforto e atrapalha o sono. Uma dica: aposte em tecidos frescos nas roupas de cama, como o algodão. Mantenha o quarto ventilado e faça refeição mais leve antes de se deitar.

Outra dica, esta pessoal. Senti problemas nos olhos, fui a meu oculista, Renato Dias Cardoso. Ele virou minha pálpebra e descobriu um microterçol ali dentro. Remédio que receitou: esquentar uma buchinha de tecido com água bem quente (e suportável) e colocar sobre a pálpebra. Esperar a água esfriar e repetir mais duas vezes a operação. Pronto, o terçol sumiu sem uso de medicamento.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade