Publicidade

Estado de Minas

Grife de renda renascença vai desfilar na Semana de Moda de Milão

Marca da estilista cearense Camila Arraes aposta na delicadeza dos bordados manuais. Peças expressam simplicidade, sofisticação e requinte, além de destacar o trabalho minucioso e delicado feito à mão pelas rendeiras do Nordestena Marina


postado em 03/09/2019 04:00

Fazer renda renascença não é fácil. O primeiro passo, quando se trata de criar vestuário, é recordar o molde da peça em um papel. Depois, o papel recebe os desenhos que serão criados com a renda. Em cima desses desenhos é colocado o lacê, que pode ser comprado pronto. O lacê forma o desenho básico, que é alinhavado sobre o papel tela. Depois, linha e agulha formam as figuras que juntam o desenho, completando a renda. É trabalhoso, mas é uma ocupação levada com a maior segurança por artesãs do Nordeste, que criam lindas rendas renascença para grifes de moda. Como acontece com a Rendá, da estilista cearense Camila Arraes, que participará este mês da Semana de Moda de Milão, que será realizada de 17 a 23 de setembro. Até onde se sabe, não existe nenhuma grife mineira convidada para desfilar na Itália, na importante semana de moda que lançará o inverno 2019.

Peças da Rendá, que vai participar da Semana de Moda de Milão, apostam na delicadeza dos bordados manuais e nas riquezas naturais do Nordeste (foto: Fotos: Roberta Braga e Chico Gomes/divulgação)
Peças da Rendá, que vai participar da Semana de Moda de Milão, apostam na delicadeza dos bordados manuais e nas riquezas naturais do Nordeste (foto: Fotos: Roberta Braga e Chico Gomes/divulgação)


A Rendá vai se apresentar no dia 21, desfilando seus principais looks no Palazzo Visconte, edifício histórico localizado no Centro de Milão. Apostando na delicadeza dos bordados manuais e no encanto das riquezas naturais do Nordeste, a Rendá tem como destaque as peças que ressaltam a riqueza da moda autoral brasileira. Para Milão, Camila frisa que vai representar o Ceará e o Nordeste com todo o requinte da renda. “Estamos absurdamente felizes com o convite e a oportunidade de estar em um dos maiores eventos de moda do mundo. A Rendá irá levar o que há de mais belo no nosso Ceará”, completa.



A Rendá foi convidada para a Semana de Moda após a marca ser descoberta pela direção do evento nas redes sociais. Sempre em busca de qualidade e exclusividade, a grife é conceituada no mercado da moda nacional, com peças que expressam simplicidade, sofisticação e requinte, além de destacar o trabalho minucioso, delicado e inteiramente feito à mão pelas rendeiras do Nordeste.



No maior evento de moda autoral da América Latina, o DFB Festival, realizado em Fortaleza em maio, a Rendá trouxe uma coleção que teve como tema “Bordado richilieu da França ao Ceará”, em que apresentou 30 tendências que destacaram a renda renascença em composição com o couro bordado em richelieu, além de estampas exclusivas e sobreposições.




Publicidade