Publicidade

Estado de Minas

Tênis para correr


postado em 03/08/2019 04:00


O tradicional Encontro Delas, que já está em sua 20ª edição e é promovido pelo EM e Revista Encontro, é uma corrida só para mulheres que atrai atletas e amadoras de todas as idades. Será realizada em 15 de setembro e os percursos são de quatro quilômetros e oito quilômetros. O esporte parece sem segredos, mas para ser completo, precisa de alguns cuidados. Uma instrutora paulista dá dicas para o sucesso das competidoras:

“Você já reparou que algumas pessoas sempre furam o tênis no dedão do pé? Ou, às vezes, o dedão causa fricção contra o tecido do tênis e a pele, formando calos, bolhas, unha lesionada, gerando desconforto e irritação? Isso é mais comum do que se imagina. Tênis que geram atrito no dorso dos dedos, além de desconfortáveis, também são perigosos, pois podem causar bolhas, calos e até deformidade nos dedos e joanetes. Em alguns casos, essas condições podem se tornar severas e piorar a pressão sobre os pés causando até furos no tênis. Para que seus tênis parem de esfregar e atritar os dedos, ou só o dedão, você provavelmente terá que ajustar o cabedal. Felizmente, há algumas maneiras de fazer isso rapidamente, sem comprometer a estrutura do tênis. Use um dispositivo de alongamento de tênis/sapatos.

Alongadores são aparelhos projetados para expandir o comprimento ou largura de seus tênis o suficiente para dar espaço extra. Ao esticar a largura, eles podem expandir a parte superior para evitar o atrito contra os pés. Existem no mercado sprays e líquidos que prometem expandir o tênis. Também é extremamente conveniente, portátil e fácil de usar. Líquidos de alongamento de sapatos e tênis são feitos para ser borrifados na parte anterior. Você pode então colocar um dispositivo de alongamento nos sapatos para expandi-los ou usar seus próprios pés após a aplicação. No exterior, usamos o termo stretching liquid. Coloque seu par mais grosso de meias e, em seguida, calce o tênis que está causando problemas. Se os sapatos forem feitos de materiais naturais, serão bem fáceis de esticar. Acelere o processo pegando seu secador de cabelo e direcionando o fluxo de ar a seus pés. Tenha cuidado para não se queimar. O calor ajudará a suavizar e flexibilizar o material, permitindo que ele se estique e dilate até a espessura de suas meias.

Um dos métodos para dilatar tênis muito apertados é usar sacos de água. Encha sacos de armazenamento seláveis com água e coloque-os nos tênis. A água tornará mais fácil para os sacos deslizarem até a frente do tênis, depois coloque seus sapatos no congelador. Quando a água congelar completamente, retire os sapatos e deixe a água descongelar. Em seguida, retire os sacos. A água se expande à medida que congela, e expandirá o tênis no processo para uma pequena margem de movimento extra ao redor da área dos dedos.

Geralmente, os dedos dos pés ficam doloridos, até mesmo dormentes dependendo da intensidade e tipo de treino. Isso ocorre porque os dedos dos pés estão sendo batidos e sobrecarregados na caixa anterior que chamamos de cabedal especialmente quando você desce ladeira. Tente observar quais são os treinos em que sente isso para que nestes você faça um reforço de proteção ou use seu tênis que tenha um material mais firme e reforçado na região do dedão, assim quando forçar não vai machucar.

Tipo do pé e pisada: esse é o único item que você precisará de ajuda, pois, se sua anatomia é diferenciada, na qual seu dedão é maior que os outros dedos e mais largo, infelizmente existe uma tendência anatômica de haver mais pressão nessa região. Além disso, pode ocorrer de sua anatomia ser normal e durante seu treino o seu dedão tende a hiperestender, principalmente se você tiver uma tendência de supinar o antepé. Nesses casos, provavelmente, precisará de ajuda médica e fisioterapia orientada e indicada para cada caso.

Número certo: uma dica para ver se seu pé vai ficar confortável no tênis é tirar a palmilha e colocar seu pé apoiado no chão sobre a mesma. Se seus dedos ficarem para fora ou exatamente na linha, o tênis está apertado, o que favorece lesões. A ideia nesses casos é prevenir, porque, depois que fura, só remendando ou trocando de tênis! Dica final antes de trocar: tente um número ou meio (americano) maior. Quem sabe seus dedos não ficam mais confortáveis?”.


Publicidade