Publicidade

Estado de Minas

Santo remédio


postado em 31/07/2019 04:00 / atualizado em 30/07/2019 17:19



Aplicação de botox exige precauções antes e depois do uso da substância para evitar complicações (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)
Aplicação de botox exige precauções antes e depois do uso da substância para evitar complicações (foto: Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press)

A toxina botulínica, santo remédio para retocadas estéticas, já é uma velha conhecida na hora de corrigir rugas e marcas de expressões, sendo um dos procedimentos estéticos não cirúrgicos mais realizados no Brasil e no mundo. “Se aplicada corretamente, a toxina botulínica age interrompendo a ação entre o nervo motor e o músculo, o que paralisa a musculatura. Desse modo, eliminamos as rugas, já que estas são consequências da contração muscular”, afirma a cirurgiã plástica Beatriz Lassance, membro titular da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica e da International Society of Aesthetic Plastic Surgery (Isaps).

E não para por aí, já que, hoje em dia, a substância tem inúmeras outras indicações, seja no tratamento da acne, hiperidrose, rosácea, cicatrizes e até mesmo depressão. Porém, antes e depois da aplicação da toxina, são necessários alguns cuidados para evitar complicações. Para ajudar a entender melhor que cuidados são esses, a especialista explicou cada um deles. Confira a seguir:

» Desconfie de preços muito baixos: com o aumento na procura pelas injeções de toxina botulínica, começam a surgir versões mais baratas deste procedimento que, apesar de parecer um bom negócio à primeira vista, podem trazer sérias complicações, como irritações, reações inflamatórias, alergia e infecções. “É essencial também que você tenha certeza de que o que vai ser aplicado tenha sido diluído corretamente, pois grande parte destes profissionais que realizam procedimentos de baixo custo diluem excessivamente as substâncias que vão ser usadas. O produto vem em forma de pó que deve ser diluído adequadamente com soro fisiológico estéril. Devemos respeitar a concentração de unidades por área injetada. Diluindo muito, pode até ficar mais barato, mas a quantidade de unidades por ponto será menor, com menor efeito e durabilidade”, afirma a cirurgiã. Por isso, é importante tomar alguns cuidados, como desconfiar de lugares que dizem aplicar toxina botulínica por um preço muito menor que o convencional, já que é possível que o produto esteja muito diluído, vencido ou tenha sido adquirido ilegalmente.

» Procure por profissionais qualificados: é fundamental que você se certifique de que o procedimento será realizado por um profissional especializado, já que, além de usarem produtos de qualidade duvidosa, muitas pessoas que dizem realizar estes procedimentos por um preço menor não são nem mesmo qualificadas. Você precisa verificar se o profissional que realizará a aplicação é qualificado, devendo ser médico dermatologista ou cirurgião plástico, já que a falta de conhecimento da anatomia pode levar à paralisação de músculos errados, danos nos nervos e vasos sanguíneos.

» Mantenha a mente aberta: a aplicação de toxina botulínica é um dos procedimentos mais conhecidos e também um dos mais realizados em consultórios médicos em todo o mundo. Porém, segundo a cirurgiã plástica, existem inúmeros outros procedimentos estéticos que podem ser feitos e que podem ser ainda melhores para o seu caso; afinal, a toxina botulínica não é capaz de resolver todos os problemas. “Por isso, antes de se decidir pela toxina botulínica, discuta com seu médico quais são as opções de tratamento para a região e a alteração que você quer tratar. Lasers, preenchedores, bioestimuladores, fios de sutura, microagulhamento e até mesmo cirurgias são apenas algumas das opções de tratamentos estéticos que existem hoje”, recomenda.

» Vá devagar: assuma uma postura conservadora e não vá ao consultório médico querendo aplicar grandes quantidades de toxina botulínica de uma única vez, pois o resultado pode ficar exagerado. É importante também tomar cuidado na hora de injetar a toxina botulínica de forma preventiva, pois, apesar de a substância ser capaz de retardar o surgimento de rugas e linhas de expressões, você pode acabar tornando-se dependente de seu uso.

» Cuidado com a automedicação: pode parecer tentador, mas evite tomar medicamentos analgésicos antes do procedimento, pois podem aumentar o risco de hematomas. “A dor causada pelas picadas das agulhas durante o procedimento é pouca, sendo possível suportá-la tranquilamente sem nenhum tipo de anestésico ou analgésico.”

» Seja paciente: os resultados da aplicação de toxina botulínica geralmente demoram cerca de cinco dias para surgir, mas em alguns casos podem levar até duas semanas para ficar completamente visíveis. Então, antes de correr de volta para o seu médico para realizar mais aplicações, tenha calma e espere os resultados surgirem completamente.

Aplicação de botox exige precauções antes e depois do uso da substância00000 para evitar complicações

Alexandre Guzanshe/EM/D.A Press


Publicidade