Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Corretoras impedem saques de criptomoedas e assustam investidores

O bitcoin perdeu 30% de valor em uma semana e acumula tombo de 70% em relação à máxima histórica


20/06/2022 04:00

Bitcoin
(foto: GEOFFROY VAN DER HASSELT/AFP)


As grandes corretoras de criptomoedas tomaram uma medida que compromete seriamente a credibilidade do mercado: elas vergonhosamente suspenderam saques e depósitos. Maior empresa do ramo no mundo, a Binance interrompeu a movimentação em reais via Pix e Ted sob a alegação de instabilidade no sistema. Na Ásia, a corretora Babel Finance suspendeu as transações após saques maciços dos clientes. Nos Estados Unidos, a plataforma de empréstimos de criptomoedas Celsius Network passou a ser investigada pelas autoridades por impedir que clientes retirem seus recursos. Os investidores estão assustados com o declínio sem freio das moedas virtuais. O bitcoin perdeu 30% de valor em apenas uma semana e acumula tombo de 70% em relação à máxima histórica alcançada em novembro de 2021. Isso é uma coisa. Outra bem diferente é que as corretoras impedem os clientes de acesseram seus recursos. Para evitar abusos como esses, as autoridades precisam agir.

Governo Bolsonaro é o que mais aumentou preço da gasolina

O presidente Jair Bolsonaro é o recordista de aumento de preço da gasolina na história recente do Brasil. Segundo levantamento feito pela gestora de recursos QR Capital, em sua gestão, o valor do combustível disparou 70,6%. No governo Michel Temer, que enfrentou até uma greve de caminhoneiros, a alta foi de 12,1%. Dilma Rousseff (acréscimo de 11,6% no primeiro mandato e de 12,3% no segundo) e Lula (subida da 16,7% na primeira gestão e queda de 0,3% na segunda) também reajustaram menos.

Leve recuperação do varejo é insuficiente para sinalizar retomada

A economia brasileira está longe de recuperar os danos provocados pela pandemia. Segundo projeção do Instituto Brasileiro de Executivos de Varejo e Mercado de Consumo (Ibevar), as vendas do chamado varejo restrito (que inclui todo o mercado, com exceção dos segmento de veículos, peças e materiais de construção) deverão crescer 0,31% em junho em relação a maio. A retomada, contudo, é discreta e insuficiente para reverter a queda do indicador acumulada nos últimos doze meses.

Para driblar crise, Estrela aposta em maquiagem infantil

A fabricante brasileira de brinquedos Estrela aposta nas maquiagens infantis para driblar as dificuldades financeiras. Nos próximos cinco anos, a empresa pretende inaugurar 250 lojas da marca Estrela Beauty espalhadas pelo país. Atualmente, existem apenas cinco unidades em operação, mas a ideia é avançar rapidamente pelo modelo de franquias. Com a concorrência dos importados chineses e até o amadurecimento precoce das crianças, a Estrela já não é como antes. Suas dívidas totalizam R$ 145 milhões.

Rapidinhas

  • Os europeus têm cobrado compromissos ambientais do agronegócio brasileiro, mas eles esquecem de olhar para os seus próprios problemas. Cientistas da Universidade de Cardiff e Manchester, no Reino Unido, descobriram que as terras agrícolas do velho continente são provavelmente o maior reservatório global de microplásticos.
  • Os cientistas estimam que até 42 mil toneladas de microplásticos são aplicadas aos solos do velho continente todos os anos. Isso ocorre porque o lodo derivado do tratamento de esgoto é utilizado como fertilizante nas lavouras. O material traz quantidades colossais de polímeros que acabam contaminando os campos de plantio.
  • A instabilidade econômica mundial afeta o mercado de ações em geral, mas ainda mais as empresas de tecnologia. Os papéis da Netflix e da Meta, dona das redes sociais Facebook, Instagram e WhatsApp, caíram cerca de 60% em 2022. A Tesla, de Elon Musk, perdeu metade de seu valor de mercado desde o início do ano.
  • As empresas de tecnologia sofrem no mercado acionário, mas continuam rindo à toa no ramo da publicidade. Segundo estudo da agência de investimento em mídia GroupM, cinco das maiores empresas de tecnologia do mundo (Alibaba, Amazon, Bytedance, Google e Meta) controlam mais da metade (53%) das vendas globais de publicidade.

5,4 horas

foi quanto o brasileiro passou por dia no celular em 2021, 30% a mais em relação a antes da pandemia. O dado é do relatório global State of Mobile

“Acho que há um temor existencial nos jovens de hoje. Eu não tinha isso. Eles enxergam montanhas enormes, onde eu vejo apenas uma pequena colina para escalar”
  • Sergey Brin, cofundador do Google


*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade