Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

No Brasil, 17 fábricas são fechadas por dia

Nos últimos seis anos, 36,6 mil estabelecimentos industriais desapareceram em definitivo


08/03/2021 04:00 - atualizado 08/03/2021 07:57

Fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) foi uma das indústrias que encerraram atividades(foto: NELSON ALMEIDA/AFP )
Fábrica da Ford em São Bernardo do Campo (SP) foi uma das indústrias que encerraram atividades (foto: NELSON ALMEIDA/AFP )

 

Levantamento da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) constatou que 5,5 mil fábricas encerraram as atividades no Brasil em 2020.

Obviamente, a crise do coronavírus levou a inúmeros fechamentos, mas ela não é a única culpada. Desde 2015, o país vem passando por um intenso processo de desindustrialização.

Nos últimos seis anos, 36,6 mil estabelecimentos industriais desapareceram em definitivo, o que dá a impressionante média de 17 extinções por dia.

O movimento se intensificou. Gigantes tradicionais no mercado nacional como Ford (na foto, a fábrica de São Bernardo do Campo-SP), Mercedes-Benz, Roche a Sony desistiram de manter parques fabris em solo brasileiro.

Crises políticas
sem fim, desorganização fiscal, escassez de crédito e falta de perspectivas são alguns fatores que contribuíram para o fenômeno. Não custa lembrar: países como Argentina e Venezuela passaram pelo mesmo processo e chegaram rapidamente ao fundo do poço.

 

Ações de biotecnologia se destacam nas bolsas

Empresas de biotecnologia estão em alta nas bolsas mundiais. Não produzem vacinas, mas contribuem para os avanços médicos na pandemia do coronavírus. Segundo a GeoCapital, gestora brasileira focada em ações internacionais, duas se destacam. As ações da americana Illumina, especializada em mapeamento genético, dispararam cerca de 150% desde março de 2020, no início da crise. Também dos Estados Unidos, a Cerner, que produz softwares, é outro exemplo. Em um ano, aos papéis da empresa subiram 37%.

 

Inteligência artificial avança no país

A Everis, consultoria de negócios do grupo NTT DATA, e a Endeavor produziram um relatório sobre o impacto da inteligência artificial no empreendedorismo da América Latina. Uma das principais constatações foi de que o uso dessas tecnologias pelas empresas cresceu de 32% em 2018 para 48% em 2020, de acordo com um índice desenvolvido pela Everis. No Brasil, o número de companhias especializadas em IA saltou de 120 para 206 no mesmo período. No mundo, o mercado movimenta US$ 70 bilhões anuais. 

 

21%

é quanto subiu o etanol desde janeiro, segundo a Agência Nacional do Petróleo. A alta se deve a uma combinação de entressafra e aumento da demanda

 

RAPIDINHAS

A Nespresso adicionou a cidade de Porto Alegre em seu programa de reciclagem Entrega Verde. Já presente em São Paulo e Rio de Janeiro, a iniciativa funciona assim: no site da marca, app ou telefone, os consumidores fazem as compras e selecionam a opção “entrega de bike no mesmo dia”. Quando o cliente recebe o pedido, devolve as cápsulas de café usadas.

 

A Vale diz que o Rio Paraopeba recebeu 24 bilhões de litros de água limpa através das duas estações de tratamento instaladas pela empresa na região de Brumadinho. Segundo a companhia, a água tratada é devolvida ao rio cinco vezes mais límpida, o que tem contribuído para recuperação da biodiversidade da bacia.

 

As usinas de açúcar deverão faturar alto em 2021. Segundo as empresas do setor, 75% do açúcar a ser exportado já foi vendido – é o maior índice da história. Além disso, os preços também estão nos patamares mais elevados. Historicamente, as margens da produção giram em torno de 20%. Em 2021, o percentual deverá chegar a 40%.

 

O sistema financeiro tradicional está mais aberto às moedas digitais. Nesta semana, o banco americano de investimentos Goldman Sachs começará a negociar contratos futuros de bitcoins. Nos Estados Unidos, várias instituições consideram seriamente o lançamento de algum tipo de serviço para criptomoedas.

 

(foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP)
(foto: PATRICIA DE MELO MOREIRA/AFP)

 

Portugal aumenta restrições para brasileiros

O atraso nas vacinas e o descontrole da pandemia tornam os brasileiros cada vez mais indesejados mundo afora. Há alguns dias, o governo português passou a exigir quarentena de duas semanas, além de teste negativo para a COVID-19, dos passageiros de voos de conexão do Brasil (acima, o aeroporto de Lisboa). As rotas diretas entre Brasil e Portugal estão suspensas, mas os viajantes podem desembarcar na nação ibérica depois de fazer conexões em outros países. Agora, porém, terão de cumprir 15 dias de isolamento.

 

 

(foto: JOSÉ PATRÍCIO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE)
(foto: JOSÉ PATRÍCIO/ESTADÃO CONTEÚDO/AE)

"O governo falhou miseravelmente em adquirir as vacinas. O atraso em proteger a população aparece a olhos vistos e tem consequências óbvias, tanto em termos de vidas quanto em termos econômicos"

Luis Stuhlberger, gestor do Verde, um dos fundos mais antigos e bem-sucedidos da história do mercado acionário brasileiro

 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade