Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Estado de Minas MERCADO S/A

Pesquisas apontam aumento do otimismo do brasileiro

População enxerga perspectivas melhores no horizonte embora crescimento econômico ainda esteja longe do ideal


postado em 04/10/2019 06:00 / atualizado em 04/10/2019 07:50



Os brasileiros enxergam perspectivas melhores no horizonte. Pelo menos é isso o que revelou uma pesquisa divulgada ontem pela Confederação Nacional da Indústria (CNI). O índice que identifica o medo do desemprego ficou em 58,2 pontos em setembro, 7,5 pontos abaixo do registrado no mesmo mês do ano passado. O indicador varia de zero a 100 pontos – quanto mais perto do zero, melhor.

Outro dado interessante: o Índice de Satisfação com a Vida cravou 69 pontos em setembro, 3,1 pontos acima do valor alcançado em setembro do ano passado. Analisados em conjunto, os dados sugerem que, embora o ritmo de crescimento econômico ainda esteja distante do ideal, o pessimismo com o país começa a ficar para trás. Na economia, otimismo e confiança são fundamentais. São esses sentimentos que motivam as pessoas a comprar um imóvel, trocar o carro ou viajar. Sem eles, não há plano econômico que dê jeito.


RAPIDINHAS

» A Noverde, fintech especializada em crédito on-line para as classes C e D, superou a marca de R$ 100 milhões em empréstimos em dois anos de operações. Segundo a empresa, são realizadas100 mil solicitações de crédito por mês, muito acima das projeções feitas pela empresa quando iniciou o negócio.

» O desempenho da Noverde reforça os dados do relatório “A nova fronteira de crédito no Brasil”, realizado pela PriceWaterHouseCoopers (PwC), em parceria com a Associação Brasileira de Crédito Digital (ABCD). O levantamento, que trata do mercado de crédito digital no país, concluiu que 79% dos brasileiros que procuram empréstimo em fintechs são das classes C, D e E.

» A gaúcha Marcopolo, uma das maiores fabricantes de carrocerias do mundo, anunciou ontem a criação da Marcopolo Next, divisão de inovação voltada para o futuro da mobilidade. De acordo com a empresa, a iniciativa consiste em desenvolver serviços e sistemas inteligentes, que facilitem o deslocamento das pessoas.

» Uma das ideias da Marcopolo é construir pontes com startups para lançar negócios inovadores. Nos últimos anos, grandes empresas se aproximaram de startups para acelerar projetos, principalmente na área de tecnologia. Com isso, as corporações encurtam caminhos e, segundo pesquisas, melhoram seus processos internos.
 
 
 
 
 (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press 13/9/19 )
(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press 13/9/19 )
 
Para onde vai o dinheiro do FGTS
E por falar em otimismo: o dinheiro que o governo liberou do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) elevou o ânimo do comércio. Segundo estudo da Fundação Getulio Vargas, 45,5% dos empresários do setor esperam que os recursos aqueçam as vendas de fim de ano. O mesmo estudo indicou o destino dos valores: 36,3% pretendem utilizá-los para pagamento de dívidas, 27,2% devem aplicar na poupança e 32,3% vão gastar com itens de consumo.



(foto: Sidinei Lopes/Divulgação)
(foto: Sidinei Lopes/Divulgação)

Empresas falham ao adotar inteligência artificial
As empresas vivem uma corrida pela implantação de tecnologias digitais. A mais charmosa de todas – e que tem atraído o interesse dos executivos – é a inteligência artificial (IA). Segundo Diego Figueredo, CEO da consultoria Nexo, 70% dos investimentos em IA falham. Isso ocorre porque os gestores não sabem como aplicá-las de modo produtivo. “A tecnologia só dá resultados se estiver integrada ao negócio”, diz Figueredo. “Implantar a tecnologia por moda não funciona nem como marketing.”



Construtora Patriani cresce 86%
A Construtora Patriani, criada por Valter Patriani, cofundador da CVC, vai encerrar 2019 com um crescimento de 86% em relação 2018. Serão entregues 12 prédios, com 891 unidades, além de outros sete empreendimentos em construção. Enquanto isso, o mercado de imóveis residenciais de médio e alto padrões deve subir 15%, segundo projeção da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC). Para 2020, a Patriani prevê manter o ritmo forte, com avanço de 75% das vendas.



147 produtos

tiveram o imposto sobre importação zerado pelo Ministério da Economia. 
A medida, que começou a vigorar ontem, inclui máquinas, equipamentos industriais e bens de informática e de telecomunicação

 
 
(foto: Nicholas Kamm/AFP %u2013 24/6/19)
(foto: Nicholas Kamm/AFP %u2013 24/6/19)
 
"Tente uma, duas, três vezes e, se possível, tente a quarta, a quinta e quantas vezes forem necessárias. Só não desista nas primeiras tentativas. Acredite: a persistência é amiga da conquista”
. Bill Gates, fundador da Microsoft


Publicidade