Continue lendo os seus conteúdos favoritos.
Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Enquanto nações ricas ampliam a cobertura do 5G, Brasil amarga atraso do sinal

Brasil ainda discute a instalação de redes para a ampliação da cobertura do sinal 5G, enquanto Estados Unidos, Coreia do Sul e Suíça já contam com uma base sólida de assinantes


postado em 09/09/2019 06:00 / atualizado em 09/09/2019 15:02

(foto: Cláudio Reis/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Cláudio Reis/Esp. CB/D.A Press)
O atraso na chegada do 5G, a nova geração da telefonia celular, é o retrato dos entraves que impedem o desenvolvimento do Brasil. Enquanto por aqui se discute a instalação de redes para a ampliação da cobertura do sinal, as nações ricas aceleram projetos na área. Estados Unidos, Coreia do Sul e Suíça foram os primeiros países a lançar o 5G, em abril de 2019, e já contam com uma base sólida de assinantes. Na Coreia, o sinal 5G chega a 85 cidades e a ideia é que, em breve, esteja disponível em estações de metrô, parques e outras áreas públicas. Segundo um relatório do banco suíço Credit Suisse, o 5G conta com uma base atual de 2 milhões de assinantes no país asiático, mas o número deverá dobrar até o fim do ano. Austrália, Espanha, Itália, Alemanha e Reino Unido também já ingressaram na nova era da telefonia. O 5G é fundamental por uma simples razão: ele aumenta em 10 vezes a velocidade de acesso à internet. Quem não tiver a tecnologia estará condenado ao passado.

14% é quanto deverá crescer a contratação de trabalhadores temporários entre setembro e dezembro em relação a 2018, segundo dados da Asserttem, associação que compila estatísticas do setor. Estima-se a abertura de 570 mil vagas para atender à demanda do Dias das Crianças e das festas de fim de ano

Linhas telefônicas pré-pagas terão reconhecimento facial
As linhas de celular pré-pagas sempre trouxeram dor de cabeça para as operadoras. Como durante muito tempo nenhum cadastro era exigido para ter uma, fraudes e golpes foram cometidos com facilidade. Agora, a tecnologia é uma aliada no combate aos crimes. As operadoras vão exigir selfies feitas por aplicativo para habilitar as linhas. Sem o reconhecimento facial, o cadastro não será liberado. Segundo a Anatel, 1,2 milhão de linhas pré-pagas têm dados cadastrais inconsistentes.

No varejo, a ameaça vem também da China

(foto: Aliexpress/Divulgação)
(foto: Aliexpress/Divulgação)

 As redes varejistas brasileiras sempre acharam que a Amazon representava a maior ameaça estrangeira. Certamente não será a única. Com a abertura, na semana passada, da primeira loja física da Aliexpress no Brasil, marca que pertence ao império do e-commerce chinês Alibaba, as líderes do mercado no país têm agora motivos para se preocupar. A loja da Aliexpress fica no Shopping Mueller, em Curitiba, e funcionará até 5 de outubro no modelo “pop-up”, como são chamadas as unidades temporárias.

Novo vazamento do Facebook: 419 milhões de telefones ficaram expostos

Por mais que o Facebook tenha assegurado que proteger a privacidade dos usuários é a sua prioridade número 1, denúncias frequentes revelam que a empresa continua fracassando nesse propósito.  Desta vez, conforme revelado pelo site especializado em tecnologia TechCrunch, 419 milhões de telefones usados no cadastro da rede social ficaram expostos. Um servidor vulnerável, que sequer era protegido por senha, armazenava as informações e qualquer um poderia acessá-las. O Facebook admitiu a falha.

RAPIDINHAS

A Sodimac, varejista do setor de materiais para construção, assinou parceria com a Rappi, um dos maiores apps de entregas da América Latina. A ideia é oferecer aos clientes a opção de delivery para as compras feitas na loja virtual da rede. Na primeira etapa, o serviço vai atender apenas clientes com emergências em casa, como vazamentos.

>>>

A gigante chinesa Gree, uma das maiores fabricantes de ar-condicionado do mundo, vai trazer para o Brasil uma linha de produtos. Além de resfriar o ar, os equipamentos são capazes de gerar sua própria energia a partir da captação da luz solar. A principal aposta da empresa é o mercado corporativo, que deverá crescer com a retomada da economia.

>>>

A cidade de Londrina terá a partir de 12 de setembro um hub de tecnologia voltado ao desenvolvimento de soluções na área de inteligência artificial. O projeto é uma iniciativa do Sistema Fiep, da Federação das Indústrias do Estado do Paraná, e terá como um dos focos o agronegócio.

>>>

A queda de 0,11% em agosto do Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), que mede a inflação oficial no país, trouxe uma certeza para o mercado financeiro: o Banco Central ganhou margem para reduzir ainda mais a taxa de juros. O Bradesco já vê a Selic abaixo de 5%. No momento, o índice está em 6%.

(foto: Rachel Luna/AFP)
(foto: Rachel Luna/AFP)
Muitas pessoas querem andar de limusine com você, mas o que você quer é alguém que pegará o ônibus com você quando a limusine estiver quebrada”
>> Oprah Winfrey, apresentadora de televisão, empresária e uma das mulheres mais ricas dos Estados Unidos


Publicidade