Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Com Brexit, Bradesco pode trocar Londres por Paris

O Brexit, como é chamado o divórcio do Reino Unido da União Europeia, deverá provocar profundos estragos econômicos


postado em 07/08/2019 06:00 / atualizado em 07/08/2019 08:04



(foto: Pilar Olivares/Reuters 20/8/14 )
(foto: Pilar Olivares/Reuters 20/8/14 )




A saída do Reino Unido da União Europeia vai afetar os negócios de empresas de diversas partes do mundo, inclusive do Brasil. O Bradesco estuda mudar sua agência de Londres – a segunda aberta fora do país depois de Nova York – para Paris ou Frankfurt. De acordo com um executivo do banco, a decisão dependerá da mudança de sede de empresas instaladas na Inglaterra e que hoje se aproveitam das vantagens do livre-comércio no Velho Continente. No próximo mês, o Bradesco vai inaugurar uma agência em Hong Kong, unidade que será responsável por atender clientes de toda a Ásia. O Brexit, como é chamado o divórcio do Reino Unido da União Europeia, deverá provocar profundos estragos econômicos. Segundo um estudo realizado pelo Banco da Inglaterra, o PIB do Reino Unido poderá cair 10 pontos (ou seja, cerca de 170 bilhões de euros, aproximadamente R$ 744 bilhões) nos próximos 15 anos se o país abandonar as instituições comunitárias.




"Estamos com otimismo moderado. Precisamos ter certo cuidado, mas existem elementos na economia atual que podem impulsionar um segundo semestre melhor”

(foto: Anfavea/Divulgação)
(foto: Anfavea/Divulgação)


.Luiz Carlos Moraes, 
presidente da Anfavea, associação que representa as montadoras. Em julho, a produção de veículos cresceu 8,4% na comparação com o mesmo mês de 2018
 


0,4 ponto
foi quanto avançou o Indicador Antecedente de Emprego, medido pela Fundação Getulio Vargas em julho, para um total de 87 pontos. A melhora do índice sinaliza a recuperação gradual do mercado de trabalho
 
 

Marfrig entra no ramo da carne vegetal
A era vegana veio para ficar. Ontem, a Marfrig anunciou um acordo com a empresa americana ADM para a produção e venda de hambúrgueres vegetais no Brasil. Eles serão feitos na unidade da empresa em Várzea Grande, no Mato Grosso, e a expectativa é que cheguem ao mercado até o fim do ano. Nos Estados Unidos, as chamadas “carnes fakes” viraram febre. A Beyond Meat, uma das principais marcas do setor, abriu o capital em maio e, desde então, as ações passaram de US$ 65 para US$ 176.
Gocil sorri para a biometria
Uma das maiores empresas de segurança privada do país, a Gocil vai investir em equipamentos de identificação biométrica facial e de controle de tráfego de veículos como forma de recuperar parte do mercado perdido nos últimos anos. O dono da empresa, Washington Cinel, está na China negociando diretamente com fabricantes locais. Os chineses são considerados os melhores do mundo nesse segmento, mais inovadores até do que americanos e japoneses.
 

Receita cria burocracia para quem investe em moedas virtuais
(foto: Karen Bleier/AFP %u2013 16/7/19)
(foto: Karen Bleier/AFP %u2013 16/7/19)

 Uma medida anunciada pela Receita Federal vai contra o movimento atual de combate à burocracia. Desde o dia 1º deste mes, os contribuintes são obrigados a informar, todos os meses, transações com moedas virtuais superiores a R$ 30 mil. Para cumprir as regras, a pessoa precisa acessar a página da Receita na internet, se cadastrar com o certificado digital e informar as operações realizadas. Não custa perguntar: por que isso não é feito apenas uma vez por ano, na declaração de ajuste anual?.


RAPIDINHAS

  • . O mercado brasileiro de computadores vem resistindo do jeito que pode ao avanço dos smartphones. Se, entre 2014 e 2018, as vendas de PCs caíram pela metade, o preço médio dos equipamentos subiu 40% no mesmo período, segundo dados da consultoria IDC. Os consumidores querem agora máquinas mais robustas.


  • . O estaleiro Harland and Wolff resistiu ao naufrágio do Titanic, em 1912, mas não à má gestão dos executivos do século 21. A empresa da Irlanda do Norte, responsável pela construção do navio mais famoso da história, entrou nesta semana com pedido de recuperação judicial. A crise é feia: desde 2003, a Harland and Wolff não construiu uma embarcação sequer.


  • . O mercado de odontologia está aquecido. Nesta semana, a rede de clínicas Odontocompany comprou uma participação de 40% da concorrente Oral Sin. O contrato prevê a incorporação dos 60% restantes até dezembro deste ano. Com o negócio, a empresa se torna a maior do setor em receita, com faturamento estimado de R$ 1,4 bilhão em 2019.


  • . Sob o comando de Roberto Castello Branco, a Petrobras tem se tornado uma empresa mais dinâmica. Em relatório enviado a clientes, a XP informa que a estatal pretende criar uma subsidiária de geração de energia com seus ativos termelétricos e, na sequência, vender a unidade em uma oferta inicial de ações.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade