Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

Balanço do Itaú expõe nova realidade dos bancos

Com o avanço das fintechs e o surgimento de plataformas financeiras digitais, os bancos tradicionais terão que se reinventar%u201D


postado em 31/07/2019 04:00 / atualizado em 31/07/2019 08:33

A divulgação do balanço do Itaú Unibanco chamou a atenção por dois motivos que vão além da performance financeira (o lucro subiu 10% no segundo trimestre, chegando a R$ 7 bilhões.). O primeiro deles: o banco anunciou um Programa de Desligamento Voluntário (PDV) para o mês de agosto. Segundo comunicado, o objetivo é adequar a instituição à nova “realidade do mercado”. Outro ponto a se destacar foi o fechamento de 212 agências e postos de atendimento bancários. Trata-se de um caminho sem volta. Com o avanço das fintechs e o surgimento de plataformas financeiras digitais, os bancos tradicionais terão que se reinventar – e isso começará pela redução de quadros e endereços físicos. Nos últimos dias, dois movimentos mostraram a nova face do setor. O fundo japonês Softbank comprou o equivalente a R$ 1 bilhão em ações do Banco Inter, sinal inequívoco de confiança na empresa mineira. Antes, o Nunbak havia confirmado a captação de US$ 400 milhões para a expansão internacional.

United aposta em empresa de biometria
A máxima vale para todos os setores: sem tecnologia, não há crescimento. A companhia aérea United Airlines comprou participação na empresa de triagem biométrica Clear. Fundada em 2010, a Clear tem 3,8 milhões de usuários, que pagam US$ 179 por ano para passar por pontos de verificação de segurança nos aeroportos mais rapidamente. O curioso é que a Delta Airlines, concorrente da United, também tem participação acionária na empresa de tecnologia.

 
Galló, da Renner, investe em startup

(foto: Marcelo Campi/Divulgação)
(foto: Marcelo Campi/Divulgação)

Depois de transformar a Renner em uma das maiores redes varejistas do país, o executivo gaúcho José Galló vai diversificar os investimentos. Nesta semana, ele desembolsou R$ 10 milhões na startup shopper.com.br, especializada em compras e delivery de supermercados. Galló deixou o cargo de presidente da Renner em abril, depois de concluir o plano de sucessão para Fábio Adegas Faccio, antes diretor de produto da companhia. O ex-CEO continua no conselho da empresa.

Twitter vai transmitir a Olimpíada de Tóquio
As redes sociais estão revolucionando a transmissão de grandes eventos esportivos. Depois de o Facebook assinar contrato para exibir jogos da Taça Libertadores, principal torneio de futebol da América do Sul, o Twitter anunciou um acordo com a rede americana NBC para transmitir, ao vivo, algumas competições da Olimpíada de Tóquio, em 2020. No ano passado, a NBC já havia fechado parceria com o Snapchat para mostrar as disputas.

RAPIDINHAS

l As vendas de espumantes da Cooperativa Vinícola Garibaldi cresceram 50% no primeiro semestre, ante igual período de 2018. Segundo a empresa, parte disso é explicada pelas premiações em concursos. Entre elas, o título de melhor espumante do Cone Sul, conquistado pelo Garibaldi Moscatel no evento Catad'Or Wine Awards, realizado no Chile.

l O Brasil é apenas o 13º maior produtor de vinhos do mundo, mas o setor vem oferecendo oportunidades. A gaúcha Miolo projeta para 2019 um dos melhores anos de sua história, com faturamento na casa dos R$ 140 milhões – alta de 20% em relação a 2018. O mercado internacional impulsionou os negócios. Atualmente, a Miolo exporta para 30 países.

l O aplicativo Buser, de reserva de passagens de ônibus, assinou patrocínio com o Flamengo. A marca terá espaço nas mangas do uniforme até o fim do ano, por um valor estimado em R$ 3 milhões. De acordo com Marcelo Abritta, CEO da Buser, a iniciativa faz parte do projeto de expansão da empresa.

l O Dia dos Pais ainda está longe de ser tão importante para o comércio quanto o Dia das Mães, mas a data vem ganhando relevância. De acordo com Associação Brasileira de Comércio Eletrônico, as vendas on-line movimentarão R$ 2,55 bilhões, avanço de 14% sobre 2018. Os produtos mais buscados são celulares e eletrônicos.


Publicidade