Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. Experimente 15 dias grátis >>

Publicidade

Estado de Minas MERCADO S/A

JBS diz que ampliou programa de compliance para terceiros

"Ferramenta cruza informações de fornecedores com bancos de dados de órgãos públicos e listas de embargos internacionais"


postado em 03/07/2019 06:00 / atualizado em 03/07/2019 11:26


Os programas de compliance ganharam espaço no mundo corporativo brasileiro. Após realizar 25 mil horas de treinamento de compliance em 2018, alcançando 99% da equipe brasileira e 100% de sua liderança, a JBS (foto) diz que o projeto será estendido para terceiros. Neste ano, passaram pelo programa os 10 maiores transportadores de insumos que prestam serviço para a companhia. Há alguns dias, estreou um portal com área exclusiva para treinamento dos fornecedores, com conteúdos como Código de Conduta e Ética. A JBS também afirma ter concluído a implementação de um sistema digital de due diligence. A ferramenta cruza informações de fornecedores com bancos de dados de órgãos públicos e listas de embargos internacionais. A partir dos resultados, bloqueia as empresas que não estiverem em conformidade. “Ao ter fornecedores que apliquem o conhecimento adquirido em suas demais relações comerciais, criamos uma rede que beneficiará a todos”, diz Marcelo Proença, diretor Global de Compliance da JBS.

 

A questionável diversidade nas empresas

Quando o assunto é diversidade no ambiente de trabalho, as empresas se declaram a favor e, como boas marqueteiras, propagam seus feitos nessa área. A realidade, porém, é bem diferente. Um estudo da consultoria Future Minds concluiu que 49,5% das companhias criam obstáculos e eliminam candidatos a uma vaga em razão de gênero, faixa etária, situação social, religião, etnia, entre outros aspectos. A pesquisa foi realizada entre maio e junho com 200 profissionais ligados à área de recursos humanos.

 

O efeito do acordo de livre-comércio nos remédios genéricos

Apesar das inegáveis vantagens, o acordo de livre comércio Mercosul-União Europeia pode prejudicar a produção de medicamentos genéricos no Brasil. Isso porque a UE almeja que os integrantes do Mercosul se comprometam a só quebrar patentes cinco anos após o registro do produto. O alerta partiu de Philippe Boutaud-Sanz, especialista em contratos internacionais e sócio do Chenut Oliveira Santiago Advogados. “Mas só depois de o acordo ser homologado poderemos avaliar os reflexos na economia”, diz. 

 

 

30% foi a queda da cotação do bitcoin em uma semana, após valorização recorde. A forte oscilação escancara os riscos de se investir na moeda virtual 

 

Longas jornadas afetam saúde dos executivos

A crescente pressão por resultados e as longas jornadas de trabalho estão deixando os executivos brasileiros estafados. Levantamento da rede especializada em medicina preventiva Med-Rio com profissionais que realizaram check-up aponta que 11% deles apresentam sinais de depressão. Significa que a taxa é mais do que o dobro da média mundial registrada pela OMS, de 4,4%. Ou seja: o sucesso no trabalho nem sempre é sinônimo de felicidade.

 

"Estou na Europa, mas preocupado e seguindo os acontecimentos daí. Sei que aprovar a reforma da Previdência é essencial. Contudo, peço-lhes que preservem a continuidade dos recursos do FAT no funding do BNDES. Esse banco, como sabem, continua a ser básico para o crescimento de nossa economia", Fernando Henrique Cardoso, em mensagem enviada aos deputados 

 

RAPIDINHAS

 

» Depois de alcançar um valor de mercado de R$ 9,4 bilhões no fechamento do primeiro semestre do ano, a Taesa lançou um novo site de relações com investidores. O portal traz um mapa interativo de todas as concessões da transmissora, além de informações centralizadas sobre subsidiárias e novos negócios.

 

» Para incentivar a venda de automóveis com baixa emissão de poluentes, o Itaú vai oferecer uma linha de crédito exclusiva para o financiamento de veículos elétricos e híbridos. A partir deste mês, carros desta categoria terão taxas a partir de 0,79% ao mês, variando de acordo com as condições escolhidas, o perfil e relacionamento do cliente com o banco.

 

» A aposta do grupo paulista São Martinho em investir numa usina exclusiva de etanol de milho atraiu a atenção do BTG Pactual. O banco está interessado na compra de ações do grupo e projetou um preço-alvo, em 12 meses, de R$ 24 

(ou US$ 6,22) para os papéis da companhia negociados na B3.

 

» Dona de quatro usinas de cana-de-açúcar nos Estados de São Paulo e Goiás, a São Martinho deve construir a nova unidade ao lado de sua usina em Quirinópolis (GO). Segundo a empresa, o investimento é de R$ 350 milhões, enquanto a produção anual estimada é de 200 milhões de litros de etanol e 140 mil toneladas de farelo de milho. 


Publicidade