SIGA O EM

Google oferece nova versão do Earth com imagens mais nítidas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1049682, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Google Earth/Divulga\xe7\xe3o ', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/06/28/777912/20160628181130937763e.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 28/06/2016 18:01 / atualizado em 28/06/2016 18:27

AFP /Agence France-Presse

Google Earth/Divulgação
O Google atualizou seu aplicativo Earth com fotos mais nítidas da superfície terrestre, graças às imagens fornecidas pelo satélite Landsat 8. O gigante da Internet, que há três anos apresentou um "mosaico livre de nuvens" do planeta no Google Earth, começou na segunda-feira (27) a transferir as novas imagens, mais nítidas, fornecidas pelo satélite Landsat 8.

As imagens utilizadas na nova versão do aplicativo foram feitas com as técnicas aprimoradas incluídas neste satélite. O veículo foi colocado em órbita em 2013 como parte de uma colaboração entre a Agência Espacial Americana (Nasa) e o Serviço Geológico dos Estados Unidos para acompanhar as mudanças na superfície terrestre.

Até agora, o Google Earth utilizava fotos fornecidas pelo satélite Landsat 7, que teve um problema de hardware. Essa falha resultou em grandes lacunas nas imagens, segundo o gerente de programação do aplicativo, Chris Herwig. "O Landsat 8 capta imagens com mais detalhes, cores mais reais e com uma frequência sem precedentes", publicou Herwig em um blog.

Para criar vistas panorâmicas sem obstruções da superfície do planeta, o Google Earth analisa milhões de imagens e reúne os melhores fragmentos, de acordo com Herwing. O Google Earth é parte do serviço de mapeamento on-line grátis oferecido pela Alphabet, sediada na Califórnia.

O Landsat observa a Terra do espaço desde 1972, reunindo uma grande quantidade de informação sobre as mudanças na superfície do planeta ao longo do tempo.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600