SIGA O EM

Conflito entre Israel e Hamas afeta o Tinder e o Grindr

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/07/2014 11:22 / atualizado em 29/07/2014 12:09

Estado de Minas

O conflito entre Isreal e o Hamas, na Palestina, está afetando também os aplicativos de namoro, como o Tinder e o Grindr. Um grupo de professores criou a página Palestinder, que busca mostrar como os dois lados se manifestam nessa briga. O resultado, em muitos casos, impressiona, por refletir o ódio entre judeus e palestinos da região. Em uma determinada mensagem, por exemplo, um usuário comunica ao outro que está trabalhando na Palestina, e a resposta recebida não foi muito amigável, com um “singelo” “só pode estar trabalhando em uma casa de prostitutas” e que “não há palestinos, somente Israel”. Mas, como a esperança no amor não morre, em outras conversas, as diferenças parecem ser apenas detalhes. “Então, o fato de você ser árabe e eu judeu não é um problema para você?”, questiona um usuário em um diálogo. “Bem... houve Romeu e Julieta”, ao que responde a outra pessoa.
www.palestinder.tumblr.com

Infantilidade entre países
O porta-voz de Israel e o Itamaraty começaram uma discussão digna de 8ª série: piadinhas, xingamentos bestas e reações nada dignas para um debate diplomático sadio. Tudo começou quando o Brasil falou sobre o uso desproporcional da força pelos israelenses em Gaza. Até aí, nada de mais. Depois, o porta-voz de Israel afirmou que nosso país é um “anão diplomático” e disse que “desproporcional é perder por 7 a 1”. É claro que essa história rendeu na internet e gerou o tumblr Porta-Voz de Israel, que traz manchetes fictícias do G1, colocando respostas no mesmo tom (ou pior) das que têm rolado.
www.portavozisrael.tumblr.com

 

Tags:
Comentários O comentários não representam a opinião do jornal;
a responsabilidade é do autor da mensagem.