SIGA O EM

Eike Batista chega com advogado à Justiça Federal para depor

O fundador do grupo X vai depor como testemunha de defesa do doleiro Lúcio Funaro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1135895, 'arquivo_grande': '', 'credito': '/ AFP / Mauro PIMENTEL ', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/07/17/884506/20170717160407735167o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 17/07/2017 15:31 / atualizado em 17/07/2017 16:09

Agência Estado

/ AFP / Mauro PIMENTEL

Em sua primeira aparição desde quando foi para prisão domiciliar, o empresário Eike Batista chegou à Justiça Federal, no Rio, por volta das 14h30. Ele estava acompanhado do seu advogado Fernando Martins e não quis falar com a imprensa. Eike continua careca desde o início do ano, quando foi preso.

O fundador do grupo X vai depor como testemunha de defesa do doleiro Lúcio Funaro. O depoimento será feito para a 10ª Vara da Justiça Federal, em Brasília, por videoconferência na 9ª Vara Federal Criminal do Rio. O empresário foi preso no início do ano em outro processo em que é acusado de pagar propina para o ex-governador do Rio Sérgio Cabral.

Funaro é acusado de pedir propina a empresários em troca da liberação de recursos da Caixa Econômica Federal. Segundo investigadores, ele manipularia não apenas financiamentos, mas também o FI-FGTS. Ainda segundo as apurações, Funaro seria operador do deputado cassado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) nesses e em outros esquemas ligados ao PMDB.

Tags: delação eike
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600