SIGA O EM

PT institucionalizou corrupção, diz Joesley

Empresário conta em entrevista que início do esquema começou há 15 anos e que o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega era o seu interlocutor com o partido

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1129120, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Estad\xe3o Conte\xfado', 'link': '', 'legenda': 'Joesley Batista afirmou que o mesmo sistema de caixa 2 e compra de coliga\xe7\xe3o usado pelo PT foi aditado pelo PSDB', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/06/18/877116/20170618071412132192a.jpg', 'alinhamento': 'left', 'descricao': ''}]

postado em 18/06/2017 06:00 / atualizado em 18/06/2017 07:16

Flávia Ayer

Estadão Conteúdo

Na entrevista concedida à revista Época, o empresário Joesley Batista, do grupo J&F, dono da JBS, explica que o esquema organizado de pagamento de propina começou com o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Segundo ele, o Partido dos Trabalhadores (PT) institucionalizou a corrupção num modelo que passou a ser reproduzido pelas demais legendas.

Segundo o delator, esse esquema contempla a criação de núcleos, a divisão de tarefas entre integrantes em estados, ministérios, fundos de pensão e bancos. O início do esquema se deu há cerca de 15 anos, quando se configurou grupo com tarefas divididas entre chefe, operador e delator. Joesley conta que o ex-ministro da Fazenda dos governos Lula e Dilma, Guido Mantega, era seu interlocutor com o partido. Durante a entrevista, o delator lembra que entregou provas aos procuradores e que o PT tinha o maior saldo de propina com a JBS.


O dono da JBS afirmou na entrevista que os pagamentos viravam obrigação. “Olhe o caso do Guido. ‘O BNDES (Banco Nacional do Desenvolvimento Econômico e Social) comprou ações e investiu na sua empresa. Como você não vai me dar dinheiro?’”. Embora o delator tenha dito que as relações da empresa com com o banco eram republicanas, ele afirmou que pagava propina para Mantega por causa de ameaças. “Era só o Guido dizer no BNDES que não era mais de interesse do governo investir no agronegócio e pronto”.

Número 2

Na entrevista, Joesley disse que o presidente Michel Temer (PMDB) era “o chefe da maior e mais perigosa organização criminosa do Brasil”. Questionado sobre quem era o número 2, ele responde que é o senador afastado Aécio Neves (PSDB-MG). Isso porque o tucano ficou em segundo lugar nas eleições de 2014. Ele explica que, por essa razão, decidiu fazer gravações com o “número 1” e o “número 2” para entregar ao Ministério Público Federal (MPF). O dono da JBS afirma que o mesmo sistema de caixa 2, nota fria e compra de coligação usado pelo PT foi aditado pelo PSDB.

O PSDB e Aécio destacam que, conforme dito pelos próprios delatores, a JBS doou cerca de R$ 60 milhões para as campanhas presidenciais e estaduais do partido em 2014, de acordo com o registrado no TSE. E, segundo eles, jamais houve contrapartida para essas doações, o que torna absurdo caracterizá-las como propina.

À revista, Joesley afirmou também que decidiu gravar a conversa com o presidente da República no Palácio do Jaburu, em março, para saber se a “agenda” de Temer passava pela compra do silêncio do operador Lúcio Funaro e do ex-presidente da Câmara Eduardo Cunha (PMDB-RJ), ambos presos na Lava-Jato.

Joesley foi perguntado por Época por que não gravou Lula. Ele responde que “nunca teve uma conversa não republicana com Lula”. Diz que esteve com o ex-presidente duas vezes, em 2006 e em 2013.

Cobrança

O dono da JBS alega à revista que era cobrado pelo ex-ministro Geddel Vieira Lima (PMDB-RJ) para que pagasse o silêncio de Eduardo Cunha e Lúcio Funaro. “Virei refém de dois presidiários. Combinei quando já estava claro que eles seriam presos, no ano passado. O Eduardo me pediu R$ 5 milhões”, disse na entrevista.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Nilson
Nilson - 18 de Junho às 17:58
Pô Joesley, você é o grande herói das esquerdas, por ter armado para Temer e Aécio. Não estrague sua lua de mel com os progressistas.
 
claudio
claudio - 18 de Junho às 15:32
Infelizmente ainda não temos pena de morte para corruptos..seria ótima oportunidade p/ nos livrarmos de gente suja feito lula, aecio, dilma , romero juca, ideli salvati , odebrecht e joesley, além de tantos outros desta maldita matilha que está acabando com o Brasil!!
 
Gilberto
Gilberto - 18 de Junho às 13:37
Existe um provérbio: " CONVERSA DE PUTA NÃO SE ESCUTA!". É o caso do Joesley!
 
Maria
Maria - 18 de Junho às 10:02
O PT institucionalizou O CORRUPÇÃO E O LULATRALHA NAO SABIA DE NADA, É PARA RIR E CHORAR, COMO TEM PESSOAS Q AINDA SE DEIXAM LEVAR POR ESTE PARTIDO DE MERDAS. A PRESIDENTE DO PT RECEBIA PROPINAS COM APELIDO DE BARBIE.É MUITO NOJENTO! NUNCA TIVE PARTIDO , SEMPRE VOTEI NAQUELE Q ESPERAVA SER O MELHOR PARA O NOSSO PAIS. NAO SIMPATIZO COMO O LUCIANO, MAS O MEU VOTO É SEU.
 
PonchoSampedro
PonchoSampedro - 18 de Junho às 13:56
Dona Maria, vc deve ser muito grata ao PT, pois foi o PT que deu dignidade e valorização ao trabalho das domésticas. Agora, sem o PT, sua patroa está livre pata dispensa-la por justa causa, por vc estar mexendo no PC dela, sem autorização .
 
Maria
Maria - 18 de Junho às 10:02
O PT institucionalizou O CORRUPÇÃO E O LULATRALHA NAO SABIA DE NADA, É PARA RIR E CHORAR, COMO TEM PESSOAS Q AINDA SE DEIXAM LEVAR POR ESTE PARTIDO DE MERDAS. A PRESIDENTE DO PT RECEBIA PROPINAS COM APELIDO DE BARBIE.É MUITO NOJENTO! NUNCA TIVE PARTIDO , SEMPRE VOTEI NAQUELE Q ESPERAVA SER O MELHOR PARA O NOSSO PAIS. NAO SIMPATIZO COMO O LUCIANO, MAS O MEU VOTO É SEU, ESPERO Q HONESTO PELO MENOS SEJA.
 
Carlos
Carlos - 18 de Junho às 14:07
Fala asneira não, Dona Maria. Não é porque é domingo que vc tem que exagerar na bebidinha. Pega leve na marvada aí
 
Gilney
Gilney - 18 de Junho às 09:46
Nisto o Joesley acertou em cheio. O PT institucionalizou a corrupção e o. Lula a agigantou, aperfeiçoou e internacionalizou. Lula queria fortalecer uma organização esquerdista mundial e ele sonhava ser o líder. Porque vcs acham que saiu tão facilmente dinheiro nosso para aqueles paizinhos como Bolivia, Venezuela, Cuba, Equador e outros africanos, além de organizações e institutos esquerdistas da Europa? Porque vcs acham que Lula era sempre convidado para dar "palestras" na Espanha e em outros paises da Europa patrocinados por estes "institutos"?