SIGA O EM

Em carta aberta, empresário Joesley Batista diz que errou e pede desculpas

"Assinamos acordos com o Ministério Público. Concordamos em participar de alguns dos mais incisivos mecanismos de investigação existentes e nos colocamos à disposição da Justiça", diz Batista

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 18/05/2017 20:49 / atualizado em 18/05/2017 21:25

Agência Estado

O empresário Joesley Batista enviou nesta quinta-feira, 18, à imprensa uma carta aberta admitindo que errou e pedindo desculpas.

Na carta, ele diz que não se orgulha do que fez no Brasil, mas garante que expandiu suas atividades para outros países sem transgredir valores éticos. O empresário diz que assume a partir de hoje um compromisso público de a companhia ser intolerante com a corrupção e de que o grupo vai se submeter a um dos "mais incisivos mecanismos de investigação existentes".

Leia a íntegra:

"Erramos e pedimos desculpas

Não honramos nossos valores quando tivemos que interagir, em diversos momentos, com o Poder Público brasileiro. E não nos orgulhamos disso.

Nosso espírito empreendedor e a imensa vontade de realizar, quando deparados com um sistema brasileiro que muitas vezes cria dificuldades para vender facilidades, nos levaram a optar por pagamentos indevidos a agentes públicos.

Ainda que nós possamos ter explicações para o que fizemos, não temos justificativas.

Em outros países fora do Brasil, fomos capazes de expandir nossos negócios sem transgredir valores éticos.

Assim construímos um grupo empresarial gerador de mais de 270 mil empregos diretos, com times extraordinários e competentes, que operam 300 fábricas em cinco continentes e oferecem mundialmente produtos de qualidade.

O Brasil mudou, e nós mudamos com ele. Por isso estamos indo além do pedido de desculpas. Assumimos aqui um Compromisso Público de sermos intolerantes e intransigentes com a corrupção.

Assinamos acordos com o Ministério Público. Concordamos em participar de alguns dos mais incisivos mecanismos de investigação existentes e nos colocamos à disposição da Justiça para expor, com clareza, a corrupção das estruturas do Estado brasileiro.

Pedimos desculpas a todos os brasileiros e a todos que decepcionamos, que acreditam e torcem por nós.

Enfrentaremos esse difícil momento com humildade e o superaremos acordando cedo e trabalhando muito.

Joesley Batista, J&F Investimentos"


(Josette Goulart)
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
vitor
vitor - 20 de Maio às 10:50
Que todos sejam punidos, inclusive esse canalha que jogou a instabilidade no país exatamente quando íamos fazer as reformas necessárias e o bandido lula vai ser finalmente condenado
 
jefferson
jefferson - 19 de Maio às 13:03
Esse empresário é um canalha. Não pode ficar impune porque traiu e delatou sua corja. Que seja preso na mesma cela como Temer, Lula e Aécio. Reaja Brasil! Somos fortes e já provamos isso outras vezes. Que depois que esses vagabundos passarem, renasça uma nova nação, um país mais justo que tenha emprego, saúde e educação para todos. Basta ter honestidade, transparência e respeito com o povo, que paga os impostos; que o dinheiro chega onde tem que chegar.
 
alvaro
alvaro - 19 de Maio às 12:37
FAZ ERRADO e é um JUDAS, tem que pagar este sacana, JUDAS
 
Leandro
Leandro - 19 de Maio às 12:30
Eu até desculpo, mas sua pena na cadeia precisa ser cumprida.
 
Ramon
Ramon - 19 de Maio às 11:36
O branco que tem $$$$$$$$$$$ sempre caga e depois senta em cima (desculpas) .
 
Alberto
Alberto - 19 de Maio às 10:52
Primeiro, todos nos comentários muito indignados, revoltados com os bandidos JBS, mas vai ao supermercado e compra Friboi, de que adianta tal indignação? De nada, eles continuam ganhando em cima dos otários brasileiros que se acham os espertalhões. Segundo, eu se fosse o Temer encheria essa empresa de fiscais de todas as áreas com a instrução de achar tudo de errado e multa e processo administrativo em cima, até quebrar a empresa. Mandava também o BNDES executar todas as dívidas e empréstimos até espremer a última moeda desses bandidos. Eu não compro nada da JBS há muitos anos.
 
Roberto
Roberto - 19 de Maio às 10:51
Infelizmente os políticos estão do mesmo lado, são farinhas do mesmo "saco". A nação pena na Saúde, Educação, Segurança. Agora querem mexer na previdência e nas leis trabalhistas. A "maminha" dá corrupção é tão grande que o "buraco" fica com o povo. E o pior não temos opção... A corrupção parece estar virando cultura... parece que o errado é que é o certo neste país. MUITO VERGONHOSO. O cara fica rico com o dinheiro público, pede desculpas pra justificar o erro e mantem seu status a custa da miséria do povo. MERECE PRISÃO.
 
Vander
Vander - 19 de Maio às 10:00
Não tem desculpa. Atribuir os erros a uma sistema brasileiro difícil, e depois aproveitar a carta pra fazer propaganda da empresa. Tem que corrigir o estrago que foi feito.
 
roseli
roseli - 19 de Maio às 09:56
DESCULPASSSSSS ?!!!! TEM NOÇÃO DE QUANTAS PESSOAS MORRERAM POR FALTA DE ATENDIMENTO DIGNO? . E AGORA O GOVERNO QUER TIRAR DO COURO DO POVO O QUE VOCES ROUBARAM, VOCES MERECIAM CADEIRA ELETRICA, PODEM ATÉ SE SAFAR DA JUSTIÇA DOS HOMENS, MAS A DIVINA SERÁ IMPLACAVÉL. PORQUE DEUS É JUSTO.
 
lucimar
lucimar - 19 de Maio às 09:10
Pelo menos UMA empresa, UM dono teve a hombridade de assumir os erros. Se a grande maioria fosse assim o Brasil não estaria no buraco. Congresso, Câmaras, Assembleias de todo o Brasil são PODRES.
 
Luiz
Luiz - 19 de Maio às 08:25
Senhor Joesley Batista em meu nome e acredito que em nome da grande maioria de brasileiros ordeiros e honestos, não aceitamos o seu pedido de "DESCULPAS". O Senhor e toda a sua corja merece ser preso e pagar pelos crimes e pela crueldade cometida contra a Nação Brasileira. Lesou o país e os brasileiros, participou e protagoniza um crime que lesa a Pátria. Locupletou-se e roubou dinheiro público, foram bilhões de reais que deveriam gerar empregos e cuidar da saúde, da educação, da segurança no Brasil. Hoje tens um sócio fantasma, 65 frigoríficos nos EUA, que geram empregos lá. E o Brasil...
 
Helder
Helder - 19 de Maio às 07:14
Desculpas? Vocês se transformaram na maior empresa de fornecimento de proteína animal do mundo com o NOSSO dinheiro (BNDES, Caixa, BB, Lula, Dilma etc), e agora veem com um "pedidinho" de desculpas?! Vocês não são uma empresa. São uma quadrilha.
 
Anderson
Anderson - 18 de Maio às 22:38
Montou um império da noite para o dia, com a ajuda do BNDES e do PT. Graças ao dinheiro dos contribuintes, da saúde, segurança, educação deste pais. Como recompensa paga propina para a turma que o ajudou a montar o seu império empresarial. Agora vem com uma carta pedindo desculpas para o publico do grande circo Brasil. Nem o capeta vão querer vocês, pois irão saquear todo o inferno !!