SIGA O EM

Presidiários vão trabalhar na Cidade Administrativa

Programa que será lançado nesta segunda-feira pelo governo estadual prevê a contratação de 50 detentos que estão em regime semi-aberto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1110970, 'arquivo_grande': None, 'credito': 'Euler J\xfanior/EM/D.A Press', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2017/03/19/855544/20170319164243660686e.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 19/03/2017 16:35

Isabella Souto /

Euler Júnior/EM/D.A Press

Presidiários mineiros vão trabalhar na Cidade Administrativa – sede do governo estadual. Nesta segunda-feira será lançado o programa reIntegra C.A., que tem o objetivo de auxiliar homens e mulheres a retornar ao convívio social por meio de prestação de serviços nas secretarias estaduais.

O projeto foi criado pelo Decreto 47.025/16 e o piloto terá participação de 50 detentos que cumprem pena em regime semiaberto e têm autorização judicial para trabalhar durante o dia.

A escolha se deu por meio de entrevistas com psicólogos, assistentes sociais e servidores da administração.

Eles vão trabalhar em 19 secretarias e as vagas foram distribuídas de acordo com a experiência profissional, tempo de execução da pena, perfil criminológico e habilidades.

O salário será equivalente a 75% do salário mínimo, ou R$ 702,75. Do total, 25% vai voltar para o estado, 25% vai para a conta pecúlio (podendo ser sacado no final do cumprimento da pena) e 50% será para assistência familiar e despesas pessoais.

Os trabalhadores receberão ainda um cartão para custear o transporte e R$ 15 diários para a alimentação.

Todos terão a ajuda de servidores voluntários, uma espécie de “padrinho” para ajudá-los no cumprimento de suas tarefas.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Carlos
Carlos - 19de Março às 18:38
Nada contra programas como esse (que são muito bem vindos), mas é hipocrisia um governo que está deixando de nomear aprovados em concurso (como os 1341 aprovados no concurso da PC, que aguardam nomeação desde 2014) ficar fazendo propaganda desse tipo! Além disso, esse mesmo governo cortou em mais de 80% os investimentos em segurança, e o preço está aí: a população toda sitiada!
 
claudio
claudio - 19de Março às 18:23
este governo sujo deveria procurar gerar emprego para quem nunca fez nada para ir para a cadeia...governo sujo querendo parecer ser politicamente correto..enquanto isto..milhares de pessoas de bem que nunca cometeram crime algum sofrem com o desemprego..governo sujo e fajuto..deveria estabelecer prioridades levando a sério a população honesta!!
 
valmir
valmir - 19de Março às 17:23
faz sentido..lugar de bandido é no governo
 
Mario
Mario - 19de Março às 18:55
Sou obrigado a concordar com vc, Valmir!!!!!!!