SIGA O EM

Renan evita comentários sobre julgamento que pode torná-lo réu no STF

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 30/11/2016 14:37

Agência Estado

Brasília, 30, 30 - O presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), evitou comentar sobre o seu julgamento no Supremo Tribunal Federal (STF), previsto para acontecer nesta quinta-feira, 1º. Caso os ministros aceitem a denúncia, Renan se tornará réu no Supremo.

Questionado sobre se estava preocupado com o resultado, o peemedebista se limitou a dizer que é preciso "exercitar a separação dos poderes". "É muito importante que cada um cumpra a sua parte", declarou. Renan é investigado em pelo menos outros 11 processos na Corte.

Renan também não quis comentar sobre os confrontos entre manifestantes e a polícia militar durante protesto em frente ao Congresso contra a Proposta de Emenda Constitucional que estabelece limite para gastos públicos. "Ontem fui de dedicação absoluta ao que estava acontecendo no plenário", desconversou.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600