SIGA O EM

Governadores e representantes de 18 Estados se reúnem para discutir crise

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 22/11/2016 11:49

Agência Estado

Brasília, 22 - Quinze governadores já estão na residência oficial do governo do Distrito Federal, em Águas Claras, para discutir saídas para a crise financeira dos Estados. Representantes de outros três Estados também estão presentes à reunião, que deve começar em instantes. Na sequência, às 14h30, o grupo terá um encontro com o presidente Michel Temer.

O principal foco dos governadores é discutir a divisão dos valores arrecadados com a multa no programa de repatriação de recursos enviados ilegalmente ao exterior. Originalmente, apenas os valores do imposto de renda são repartidos com os Estados. Os governadores argumentam que o dinheiro é importante para ajudar a recompor os caixas estaduais, combalidos pela crise.

Outros assuntos considerados necessários para melhorar a condição financeira dos Estados também devem ser debatidos, como a securitização de dívida ativa e outros recebíveis, bem como a questão dos precatórios. A ideia é sair de Águas Claras com uma pauta pré-definida para a reunião com Temer.

Entre os governadores presentes estão Rodrigo Rollemberg (Distrito Federal), José Melo (Amazonas), Marconi Perillo (Goiás), Pedro Taques (Mato Grosso), Fernando Pimentel (Minas Gerais), Simão Jatene (Pará), Paulo Câmara (Pernambuco), Luiz Fernando Pezão (Rio de Janeiro), José Ivo Sartori (Rio Grande do Sul), Suely Campos (Roraima), Raimundo Colombo (Santa Catarina), Jackson Barreto (Sergipe), Marcelo Miranda (Tocantins), Ricardo Coutinho (Paraíba) e Tião Viana (Acre).

Além disso, participam das conversas dois vice-governadores, Carlos Brandão (Maranhão) e Rose Modesto (Mato Grosso do Sul), e o secretário de Fazenda do Espírito Santo, Paulo Roberto Ferreira.

Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, atualizou a agenda e participa às 14h30 de reunião dos governadores com o presidente Michel Temer, no Palácio do Planalto. Antes, a previsão era de que os representantes dos Estados se reuniriam apenas com Meirelles na Fazenda às 15h30.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600