SIGA O EM

Temer lamenta morte de PMs em queda de helicóptero na Cidade de Deus

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 20/11/2016 14:07 / atualizado em 20/11/2016 14:18

Agência Estado

São Paulo - O presidente Michel Temer usou sua conta oficial do Twitter, neste domingo para lamentar a morte dos quatro policiais militares após a queda de um helicóptero da PM na noite de sábado no Rio. "Lamentável a morte dos quatro PMs que cumpriam o seu dever durante operação no Rio de Janeiro. A minha solidariedade aos familiares e amigos", disse Temer.

O presidente ainda reforçou sua confiança no trabalho da PM: "reitero minha confiança e apoio ao trabalho das forças policiais, sempre comprometidas no combate ao crime".

Os militares participavam de uma operação policial na comunidade Cidade de Deus, na zona Oeste da capital, mas ainda não se sabe se a aeronave foi abatida por criminosos ou se sofreu uma pane. Segundo o Instituto Médico-Legal, os quatro policiais morreram devido à queda e não haviam sido atingidos por nenhum disparo.

Os policiais mortos são o major Rogério Melo Costa, de 36 anos, o capitão William de Freitas Schorcht, de 37, o subtenente Camilo Barbosa Carvalho, de 39, e o sargento Rogério Felix Rainha, de 39.

Após a queda do helicóptero, a cúpula de Segurança decidiu ocupar a favela da Cidade de Deus por tempo indeterminado e seguiu-se um confronto entre policiais e criminosos. Nesta manhã, pelo menos sete corpos foram encontrados no interior da comunidade.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600