SIGA O EM

Advogados de Lula dizem que vão representar petista em audiência com Moro

A defesa do ex-presidente afirmou em nota que vão representá-lo nas audiências previstas para a próxima semana em Curitiba

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1087193, 'arquivo_grande': '', 'credito': '/ AFP / NELSON ALMEIDA ', 'link': '', 'legenda': '', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/11/18/824932/20161118145824782289o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 18/11/2016 14:37 / atualizado em 18/11/2016 15:01

Agência Estado

/ AFP / NELSON ALMEIDA

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva reiterou que ele não vai comparecer na Justiça Federal em Curitiba para depor no processo em que é réu no âmbito da Operação Lava Jato. O juiz Sérgio Moro intimou Lula ou seus representantes para prestar depoimento nos dias 21, 23 e 25 de novembro sobre as acusações de corrupção passiva e lavagem dinheiro no esquema de cartel e propinas na Petrobras.

Os advogados Cristiano Zanin Martins e Roberto Teixeira informaram em nota que vão representar Lula nas audiências previstas para a próxima semana em Curitiba. A defesa afirma que a representação pode ser feita com base em decisão de Moro proferida em outubro, "que dispensou o comparecimento de todos os acusados, desde que as respectivas defesas concordassem em receber as intimares para as próximas audiências."

"Na condição de advogados de Lula, informamos, no processo, que ele não iria comparecer, sendo, portanto, improcedentes as notícias sobre a existência de decisão em contrário do juiz de primeiro grau de Curitiba", diz nota encaminhada pelos advogados.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600