SIGA O EM

Prefeito reeleito de Diadema diz que 'desbancou' PT na cidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 18/11/2016 14:37

Agência Estado

São Paulo, 18 - O prefeito reeleito de Diadema (SP), Lauro Michels (PV), afirmou que o resultado do pleito de outubro mostrou que o PT foi "desbancado" da cidade após 26 anos em que o partido governou o município da Grande São Paulo. Em entrevista para a Rádio Estadão, ele afirmou que o fato de não ter sido eleito logo no primeiro turno foi um "recado" da população de que seu governo deveria mudar e, por causa disso, vai renovar sua equipe para a próxima gestão.

"Diadema foi a primeira cidade governada pelo PT, e após 26 anos nós desbancamos o PT na cidade e agora tive aprovação, só eu e o prefeito Filippi (José de Filippi Júnior, do PT) fomos reeleitos na história", observou.

Michels afirmou que entendeu o "recado" da população na quantidade de votos que recebeu e que vai mexer na equipe, destacando as áreas de segurança, educação e saúde. "Entendi esse recado e vamos mexer, em todas as áreas vou ter gente nova para dar oxigenação", disse. Ele reforçou que não há nenhum nome de secretário confirmado para 2017 e pediu que todos os cargos de confiança entreguem a carta de demissão em dezembro, ao fim do primeiro mandato.

O prefeito reeleito destacou o desafio de pagar dívidas de outras administrações, inclusive do seu primeiro mandato. Ele destacou que todos os débitos estão sendo avaliados e que não vai quitar aqueles que considera injustos e feitos por outros prefeitos. "Encontramos muitos vícios criados ao longo desses anos, pegar a Prefeitura com vícios de 30 anos é um trabalho que temos mais quatro anos para construir", falou, ao citar a falta de pagamentos do municípios à Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) no passado.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600