SIGA O EM

É um momento triste para o Rio, diz Maia sobre prisões de Cabral e Garotinho

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 17/11/2016 11:07 / atualizado em 17/11/2016 12:18

Agência Estado

Brasília e São Paulo - O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), evitou comentar a prisão dos ex-governadores do Rio de Janeiro Sérgio Cabral (PMDB) e Anthony Garotinho. "É um momento triste para o Rio", limitou-se a dizer, ao ser questionado sobre o tema em entrevista à Rádio Estadão nesta quinta-feira.

Cabral foi preso preventivamente no início da manhã desta quinta em seu apartamento no bairro Leblon, zona sul do Rio. Sua prisão faz parte da Operação Calicute, uma nova fase da Operação Lava Jato deflagrada hoje. Ele é acusado de chefiar organização criminosa composta por dirigentes de empreiteiras e políticos de alto escalão durante seu governo.

Já Garotinho foi preso preventivamente na quarta-feira, 16, por policiais federais em um apartamento no bairro do Flamengo, também zona sul da capital fluminense, sob acusação de compra de votos. O ex-governador é secretário de Governo de Campos, cidade governada pela mulher dele, a ex-governadora do Rio Rosinha Garotinho (PR).
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Adilson
Adilson - 18 de Novembro às 09:56
Rio de Janeiro e seus cariocas ... ocupam 80% dos noticiários tendenciosos, negativos e/ou desfuncionais. São assim desde o Brasil Império ... vivem em função dos postais, das facilidades e negociatas. O ego supera a descendia, sempre!
 
ROBSON
ROBSON - 18 de Novembro às 09:44
Sr. Maia, é triste a prisão desses vagabundos, o que me diria em relação aos servidores do Rio, isso o Sr. não comenta, é nossos representantes são verdadeira vergonha.
 
sandro
sandro - 17 de Novembro às 19:39
nao é um momento triste Sr. Maia....pelo contrario ......é um momento de libertação, de felicidade e de paz para os cariocas e fluminenses. É um momento em que o dinheiro suado do povo nao vai alimentar corpo de bandido político nem de ladrão político e falso mais. Momento de felicidade Sr Maia. Acho que pode até ser triste pro Sr, que tambem pode ter interesse em que eles nao sejam presos.....
 
Paulo
Paulo - 17 de Novembro às 17:05
Sim, é um momento triste para o Rio, pois essas e outras pessoas conseguiram levá-lo à insolvência, à miséria financeira e moral, com traficantes e milicianos substituindo o Estado nas regiões mais pobres. Que seja feita a verdadeira justiça, doa a quem doer.
 
Augusto
Augusto - 17 de Novembro às 15:39
Momento triste, nada!!! Tem que ser um momento de alegria para os cariocas já que pegaram dois ladrões que roubaram muito dinheiro desse povo!!
 
Brasil
Brasil - 17 de Novembro às 14:17
Este dia triste para o Presidente da Câmara dos Deputados, será referente que a casa caiu para Ex. Governador ou será pela atitude infeliz que ele teve na sua gestão?
 
Brasil
Brasil - 17 de Novembro às 13:46
É um dia de alegria para o Brasil. Se for confirmado os fatos, menos um corrupto, que todos os dias, tira da saúde, da segurança pública, dos investimentos, da merenda escolar e dar dignidade de quem paga altos impostos neste país. Quando isto acontece, temos que comemorar, porque percebemos que a lei é para todos.
 
Paulo
Paulo - 17 de Novembro às 13:44
Momento triste sim, mas pelo que eles e outros fizeram com o Rio de Janeiro, maravilhosa pela natureza, péssima pela quantidade de criminosos que lá habitam, prejudicando a qualidade de vida.
 
Mario
Mario - 17 de Novembro às 13:36
Tá explicada a situação atual do Rio? Cadeia nessa quadrilha! Sem mais comentários!!!
 
Full
Full - 17 de Novembro às 11:58
Cabral, Garotinho e Cunha, vc se esqueceu. O Rio apodreceu e esqueceu de cair.