SIGA O EM

Justiça Eleitoral concede direito de resposta a João Leite

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 28/10/2016 14:11 / atualizado em 28/10/2016 14:33

Alessandra Mello

O juiz Bruno Terra Dias, presidente da Comissão de  Propaganda Eleitoral de Belo Horizonte, concedeu direito de resposta a João Leite (PSDB) em inserções veiculadas pelo adversário Alexandre Kalil (PHS). Também foi determinada a suspensão da peça publicitária que acusa o PSDB de ter pago um ex-funcionário de Kalil para dar um depoimento contra ele no programa eleitoral do tucano.

Na peça considerada irregular pela Justiça Eleitoral, o presidente municipal do PSDB, Reinaldo Alves Costa, é acusado de ter feito os pagamentos. A peça é baseada em uma reportagem em que o ex-funcionário disse ter recebido oferta de dinheiro e emprego de uma pessoa identificada apenas por Reinaldo. Ao analisar a mídia apresentada e seu conteúdo,o juiz eleitoral considera que as peças de divulgação “vão bastante além da manchete e da matéria"  atingindo João Leite e sua campanha.

Para a Justiça Eleitoral, as inserções apresentam informações não comprovadas. Foram suspensas a veiculação da propaganda em todas as emissoras e concedido direito de resposta a João Leite, em inserções de trinta segundos, tantas vezes quantas exibidas no horário eleitoral gratuito. 

 

 

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Meirelles
Meirelles - 29 de Outubro às 08:08
Este caso do Sr. Geraldo é verdadeiro, talvez o tal "Reinaldo" não seja o presidente do PSDB de BH, mas que o Sr. Geraldo recebeu um por fora... ahhh... recebeu... O engraçado é a atitude do juiz, este deveria sugerir a justiça eleitoral a abertura de um inquérito, pois tem imagens do Sr. Geraldo falando que recebeu o dindim. E como este dindim será contabilizado na campanha?
 
Helena
Helena - 28 de Outubro às 18:37
Estão fazendo de tudo para Kalil não ganhar. A propaganda de João Leite só foi para atacar o Kalil. Cadê as propostas? Só agressão? E o povo vai na onda.
 
Antônio
Antônio - 28 de Outubro às 17:19
E os ataques implacáveis do PSDBista ficam por isso mesmo!
 
Orlando
Orlando - 28 de Outubro às 21:43
Não pode é mentir. Kalil não teve como combater as verdade ditas sobre ele, e aí fez como os petistas fazem sempre: mentem, mentem, repete a mentira e depois mente de novo. Aí não pode, a justiça interfere.