SIGA O EM

João Leite desdenha de apoio de Lacerda e diz ser candidato ''da mudança''

O tucano afirmou que prefere se comprometer com o povo e ironizou uma possível aliança, dizendo que o prefeito é livre para votar em quem quiser

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1078577, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Jair Amaral / EM / D.A. Press', 'link': '', 'legenda': 'O candidato carregou crian\xe7as e abra\xe7ou comerciantes no Barreiro', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/10/10/812760/20161010125530858715a.JPG', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 10/10/2016 12:38 / atualizado em 10/10/2016 13:28

Juliana Cipriani /

Jair Amaral / EM / D.A. Press

O candidato do PSDB à Prefeitura de Belo Horizonte, deputado estadual João leite, desdenhou, na manhã desta segunda-feira, de um possível apoio do prefeito Marcio Lacerda (PSB) à sua candidatura no segundo turno. Em visita ao Barreiro, o tucano afirmou que é o candidato “da mudança da gestão em BH” e fez críticas à atual administração.

Na semana passada, João Leite se encontrou com Lacerda mas, segundo a assessoria do socialista, o prefeito ainda não definiu seu apoio. Questionado se aceitaria o apoio de Lacerda, o deputado João Leite disse respeitá-lo, mas que o apoio que quer receber é o das pessoas. “Tenho compromisso com as pessoas de BH, com as crianças, com os idosos e as pessoas que enfrentam a fila do SUS. Essa é a aliança e esse é o apoio permanente que eu preciso”, disse.

João Leite disse que quem tem que responde sobre quem vai apoiar é o prefeito. “Gostaria do apoio de todos, especialmente daqueles que falam comigo e mostram as dificuldades que vem vivendo em BH. A decisão de votar é livre das pessoas, isso está no 5º artigo da Constituição BrasileiraS, nos direitos e garantias fundamentais”, ironizou. O candidato disse ainda ser alguém “diferente”, que pensa e dialoga com as pessoas.

 

Antigos aliados


Até às vésperas do registro das candidaturas, o PSDB fazia parte do governo Marcio Lacerda. Sob o comando do senador Aécio Neves, os tucanos tentaram trazer o apoio do prefeito ao candidato João Leite, mas o socialista se negou e insistiu em lançar a candidatura do engenheiro Paulo Brant. No último dia do registro, porém, sem conseguir a adesão de outros partidos, Lacerda migrou para a candidatura do vice-prefeito Délio Malheiros (PSD), que acabou em quinto lugar nas urnas.

Diálogo


O tucano disse ter conversado com uma senhora que espera por cirurgia há mais de um ano e com um comerciante que viu seu espaço ser invadido por um ponto de ônibus articulado, que dificultou suas vendas. “Não é possível fazer as coisas sem conversar com a cidade e com os comerciantes”, criticou.

João Leite caminhou pela principal avenida do Barreiro, a Sinfrônio Brochado, e conversou com os comerciantes. O candidato afirmou que, se eleito, a prefeitura será parceira dos comerciantes, facilitando os empreendimentos. Disse ainda que criará linhas de transporte de bairro a bairro para melhorar o deslocamento na cidade.

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Imaculada
Imaculada - 27 de Outubro às 16:35
POLÍTICO QUE CARREGA CRIANÇA EM CAMPANHA, É POLÍTICO DA "VELHA POLÍTICA".
 
MARCONI
MARCONI - 10 de Outubro às 19:17
Fora João Leite, fora Kalil e fora Temer!
 
Voltaire
Voltaire - 10 de Outubro às 16:24
Apoio de Márcio Lacerda?????? Pq acha que o Délio Malheiros perdeu????
 
alair
alair - 10 de Outubro às 15:29
Político que sai beijando criança pobre, almoçando em restaurante popular não tem criatividade nenhuma. Desde quando nasci vejo isto.Me poupe
 
Decio
Decio - 10 de Outubro às 15:26
Não é desdenhar, é recusar, esse é pé frio de desarticulador de acordos. Ele tá tentando fugir da punição do viaduto, e sabe que errous feio. Saia fora dessa.
 
Antônio
Antônio - 10 de Outubro às 15:06
Mudança como deputado? VOCÊS FICARAM DEZESSEIS ANOS MANDANDO E DESMANDANDO NO ESTADO E NADA FIZERAM! A ÚNICA MUDANÇA QUE ESSA TURMA QUER E RETOMAR OS CARGOS E MORDOMIAS DA PREFEITURA QUE FORAM PEDIDOS PELA INCOMPETÊNCIA DESSE PSDB! DEZESSEIS ANOS SEM FAZER NADA! E QUEREM VOLTAR AO PODER PARA NÃO FAZER NADA!
 
Hudson
Hudson - 10 de Outubro às 14:08
Período eleitoral vale tudo: comer pastel, tomar caldo de cana, subir morros, carregar crianças, promessas e mais promessas! Passado tal período, se esquece do povo! Esse daí, jamais ganhará o meu voto ( João Leite, Aécio e Anastasia)....farinhas do mesmo saco!