SIGA O EM

Eros Biondini não consegue registrar sua candidatura a prefeito de Belo Horizonte

Por duas vezes, o CD com as informações e documentos exigidos pela Justiça Eleitoral teve problemas com a criptografia e o processamento dos dados não pode ser feito. O candidato deve voltar ainda hoje ao tribunal para concluir o processo.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[]

postado em 14/08/2016 15:05 / atualizado em 14/08/2016 15:10

Alessandra Mello

O candidato a prefeito de Belo Horizonte, Erons Biondini (PROS), não conseguiu ontem registrar sua candidatura no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-MG). Por duas vezes, o CD com as informações e documentos exigidos pela Justiça Eleitoral teve problemas com a criptografia e o processamento dos dados não pode ser feito. Amanhã vence o prazo final para o registo das candidaturas. O candidato deve voltar ainda hoje ao tribunal para concluir o processo. Biondini vai disputar a prefeitura com uma chapa pura. Não foi feita nenhuma coligação na disputa majoritária (prefeito) e nem na proporcional (vereadores). Seu candidato a vice é o empresário do PROS, Wallace Brandão.

Biondini disse que vai fazer uma campanha barata com gasto estimado de no máximo R$ 1,5 milhão. Segundo ele, esse valor será suficiente, pois a intenção é fazer uma campanha barata e diferente. “Eu historicamente sou o deputado que menos gastou em relação ao número de votos obtidos”, disse o parlamentar que se reelegeu para a Câmara em 2014 com 179 mil votos e gastos de R$ 776 mil.

Biondini disse estar confiante na disputa e estima que o partido vai conseguir eleger 4 vereadores para a Câmara Municipal. O partido atualmente tem dois representantes no legislativo municipal.
Biondini disse que discutiu uma composição com vários partidos, mas que não houve consenso em torno de possíveis alianças e garantiu que nunca cogitou desistir da campanha ou sair como vice na chapa de alguém. Especulações davam conta de sua desistência para uma composição com o também deputado federal Marcelo Álvaro Antônio (PR) que registrou sua candidatura ontem, tendo como candidata a vice a Professora Rosilene (PSDC).
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Full
Full - 14 de Agosto às 18:12
E um nó cego desse ainda quer ser prefeito de BH, é mole?