SIGA O EM

PRB confirma aliança com PSDB e dá a João Leite maior tempo de TV na disputa pela PBH

O PRB, que é base de Marcio Lacerda, completa para os tucanos cerca de dois minutos e meio na TV. O PSDB já agrega o espaço de PPS, PP, DEM e PRTB na propaganda.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1063264, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'Beto Novaes / EM / D.A. Press', 'link': '', 'legenda': 'A conven\xe7\xe3o do PRB selou a alian\xe7a com o PSDB em torno de Jo\xe3o Leite (D)', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/08/05/791410/20160805151757154762o.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 05/08/2016 14:39 / atualizado em 05/08/2016 15:19

Juliana Cipriani /

Beto Novaes / EM / D.A. Press

O PRB confirmou, em convenção na manhã desta sexta-feira, a aliança com o PSDB do candidato à Prefeitura João Leite. O encontro teve a presença do candidato tucano e dos ex-governadores Antonio Anastasia e Alberto Pinto Coelho. A adesão, somada aos tempos dos partidos que já haviam fechado aliança com o PSDB, dá aos tucanos cerca de dois minutos e meio por programa eleitoral, o maior entre as alianças já consolidadas.

De acordo com o PSDB, junto com os outros partidos que já haviam fechado aliança – PPS, PP, DEM e PRTB – o PRB consolida o maior tempo de televisão para os tucanos. O deputado João Leite comemorou o apoio. “É a consagração de um entendimento e de uma história do nosso campo político. O PRB fez parte do nossos governos com os governadores Anastasia, Aécio e Alberto e nossos líderes conseguiram fazer essa construção”, afirmou o candidato.

Cargos na Prefeitura


Apesar de ter fechado a aliança, o PRB evita falar em rompimento com o prefeito Marcio Lacerda (PSB), que lançou o nome do engenheiro Paulo Brant para concorrer à sucessão do socialista, e não pretende entregar os cargos que ocupa na PBH.

O PRB apoiou a reeleição do prefeito Marcio Lacerda e tem hoje o comando da Secretaria de Administração Regional Norte, ocupada por Carlos Henrique, além de cargos comissionados. O presidente do PRB, deputado estadual Léo Portela, disse que o partido “não dará nenhuma instrução aos seus indicados para que peçam exoneração, fica pela vontade de cada um”.

Segundo Portela, se Lacerda optar por excluir os quadros do PRB da prefeitura, a responsabilidade será dele. O parlamentar afirmou que, apesar de ter escolhido uma candidatura que concorrerá com a de Paulo Brant, o partido será oposição.

Base de Lacerda


“Não entendemos que o PRB será oposição porque o governo do prefeito é nosso, fizemos parte dele. O candidato (João Leite) faz parte do eixo político que elegeu o atual governo. A opção dele (Lacerda) foi não caminhar com esse grupo político, continuamos unidos com o mesmo grupo que o levou à prefeitura em 2012”, disse.

O PRB também faz parte da base e compõe o primeiro escalão do governador Fernando Pimentel (PT), que lançou a candidatura do deputado federal Reginaldo Lopes. Segundo Léo Portela, a aliança municipal com os tucanos também não muda esse quadro. “Não houve nenhum direcionamento do governo para que o PRB ficasse com a ou b. O entendimento do partido diz respeito ao governo Minas e à atuação dos deputados na assembleia”, disse.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600