SIGA O EM

Nárcio Rodrigues volta a ser internado em hospital de BH

O ex-secretário e ex- presidente em Minas do PSDB, ex-deputado Nárcio Rodrigues, é internado pela segunda vez desde que foi preso no dia 30 de maio passado, acusado de desvio de verba pública, estimada em R$ 18 milhões

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
[{'id_foto': 1057388, 'arquivo_grande': '', 'credito': 'TV Alterosa/Reprodu\xe7\xe3o', 'link': '', 'legenda': 'N\xe1rcio Rodrigues no dia em que foi preso na Opera\xe7\xe3o Aequalis, que investiga desvio de recursos da Funda\xe7\xe3o Centro Internacional de Educa\xe7\xe3o, Capacita\xe7\xe3o e Pesquisa Aplicada em \xc1gua (Hidroex), localizada em Frutal, no Tri\xe2ngulo mineiro', 'arquivo': 'ns62/app/noticia_127983242361/2016/07/19/785166/20160719105145990695i.jpg', 'alinhamento': 'center', 'descricao': ''}]

postado em 19/07/2016 10:43 / atualizado em 19/07/2016 15:31

Iracema Amaral

TV Alterosa/Reprodução

Preso desde o dia 30 de maio passado, na Penitenciária Nelson Hungria, em Contagem, na Região Metropolitana, o ex-secretário de Ciência e Tecnologia e ex-presidente do PSDB em Minas, ex-deputado Nárcio Rodrigues, 57 anos, voltou a ser internado em um hospital de Belo Horizonte, dessa vez em uma das duas unidades do Hospital Mater Dei da capital. A assessoria de comunicação do hospital confirmou apenas a internação, sem, no entanto, informar desde quando nem qual seria o estado de saúde de Nárcio. O advogado do ex-deputado, Estévão Ferreira de Melo, informou que ele foi internado nessa segunda-feira (18) para fazer exames relativos a problemas cardíacos e também relacionados a diabetes, além de hipertensão.

No dia 21 de junho passado, o Hospital Life Center, na Região Centro-Sul da capital, também confirmou a internação de Nárcio sem mais informações sobre o assunto. O ex-dirigente tucano é investigado pela Polícia Civil de Minas Gerais por desvio de recursos públicos em obras da Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Água (Hidroex), localizada em Frutal, no Triângulo, cidade natal de Nárcio. Informações não oficiais apontam que a operação investiga desvio de recursos públicos que somam R$ 18 milhões.

Nárcio Rodrigues foi preso na Operação Aequalis, realizada em conjunto pela Polícia Militar e o Ministério Público do estado. Além do tucano, outras cinco pessoas foram detidas, entre elas o dono da Construtora Global Engenharia, Maurílio Reis Bretas. A operação foi deflagrada em função de desvio de recursos públicos em obras da Fundação Centro Internacional de Educação, Capacitação e Pesquisa Aplicada em Água (Hidroex, localizada em Frutal, no Triângulo, cidade natal de Nárcio.

Diabético


O advogado de Nárcio Rodrigues, Estévão Ferreira de Melo, conversou com o em.com.br  na manhã desta terça-feira. De acordo com ele, Nário emagreceu 14 quilos desde que foi preso. Segundo advogado, Nárcio era pré-diabético antes da prisão e, por causa da alimentação no présidio, tornou-se diabético, além de  desenvolver um quadro de aneroxia.

Conforme Melo, o ex-deputado foi avaliado na semana passada por um médico levado ao presídio com esta finalidade. "Ele apresentava fraqueza muscular", relatou o advogado, que contou ainda que Nárcio sofre de isquemia miocártica - uma doença que provoca diminuição do fluxo de sangue para o músculo cardíaco provocando danos normalmente reversíveis ao coração. "Não sabemos por quanto tempo ele ficará internado. Ele está fazendo exames ".

Prisão domiciliar


Melo Também informou que entrou com um pedido, na semana passada, de prisão domiciliar para Nárcio Rodrigues na Comarca de Frutal, onde corre o processo contra o ex-deputado. O pedido foi indeferido pela Justiça local. O dvogado disse que vai recorrer, no máximo até esta quarta-feira (20), com recurso ao Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG). Além disso, ele também contou que aguarda o julgamento do mérito pelo TJMG para um pedido de habeas corpus (HC) beneficiando Nárcio. O HC já foi indeferido liminarmente.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
PonchoSampedro
PonchoSampedro - 20 de Julho às 09:39
Pena ser só o pai em cana. O filho golpista também tinha que ir. É mais safado que o pai.
 
Voltaire
Voltaire - 20 de Julho às 06:40
Enquanto estava lá curtindo os 18 milhões não teve nada. E devolver o que roubou nada né???? Trabalhar que é bom, também nada né? Quem está com dó, que leve pra casa.
 
Full
Full - 19 de Julho às 18:20
Tadinho...
 
Marco
Marco - 19 de Julho às 14:04
Está tentando dar um jeitinho de ficar livre e em casa, porque o dinheiro que roubou foi para campanha do A-é-ssi e do Anestesia, já foi todo embora, coitadinho dele que irá pagar o pato sozinho, os dois já deram o veredito.......KKKKKKKK
 
Antônio
Antônio - 19 de Julho às 11:24
E O CONTRIBUINTE, LESADO PELA ROUBALHEIRA, PAGANDO DESPESAS DESSE BANDIDO!
 
Elias
Elias - 19 de Julho às 11:23
ta nua boa roubando e vivendo bem, não tem doença, e ir para cadeia pronto, fica doente, coitado to com muita pena dele, mas já deveria ter ido visitar seus parentes no inferno.